Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Willmott - Critical Science

description
by

Josué Alexandre Sander

on 23 October 2009

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Willmott - Critical Science

Organization Theory as a Critical Science? Willmott Paradigma (Burrel e Morgan) -> Radical Humanista Teoria crítica Framework heurístico para apreciar e acomodar a existência de conceitos que competem no conhecimento científico Habermans Dominaçaõ da recionalidade instrumental na sociedade moderna Importância da linguagem na análise social Teoria do interesse cognitivo Três importantes preocupações:
O desejo de conhecimento de administração de se tornar científico
A fragmentação metodológica dos estudos organizacionais
Identificar e justapor contribuições distintas de diferentes formas de conhecimento Temores epistemológicos Conhecimento científico inescapavelmente é produzido, transmitido e legitimado através de mecanismos de "poder-carrecado" de produção e controle
Disicplina que o processo de pesquisa é um 'conhecimento livre de valor' O coração da crítica é a objeção de que as verdadedes modernistas são 'conhecimento objetivo', 'análises rigorosas', 'exame detalhado independente' que aspira ser totalidado.
Resposta modernista foi o refinamento e purificação dos seus métodos de pesquisa.
Detectam e demonstram a redução da incerteza Alternativa Modernistas Críticos Compartilha o ceticismo em relação ao conhecimento livre de valor
Civilização moderna é hipnotizada por poder da razão instrumental
Mobilizam a razão reflexiva para espora a "irracionalidade" e distorcidas formas de razão Escola de Frankfurt
Combina ciência social e filosofia social
Missão: "questionar a reinvindicação de que a ciência social pode e deve produzir conhecimento objetivo e livre de valor da realidade social."
Identifica a si mesmo como:
Crítica
Intenção emancipatória
Expõe e reomeve formas de mistificaçãos e opreção produziada pela cultura moderna e científica. Diferentes tipos de interesse na geração de conhecimento Interesse técnico Melhorar a efeciência
O mundo é representado por elementos objetivicados e processos que o homem pode estabelecer e estender seu controle
Elementos são apreendidos como fenomeno independente que pode ser manipulado
Duas perspectivas:
Resolução de problemas
Ostensivamente investigativa e descritiva
Exemplos: Trabalhos de Taylor e Barnard
É a perspectiva mais ensinada e menos explícita
Novas formas organizacionais
Combinam modelos proativos e reativos
Framework co-evolucionário (combina intenção administrativa e efeitos do ambiente)
Características do ambiente percebido derivam de esquemas compartilhados pela alta gerência que criam estratégias de ação que colocam em funcionamento novas formas organizacionais
Mínima atenção é dada a como formas e ações estratégicas são criadas Interesse prático Facilita a comunicação e entendimento mútuo
Processo de construção de significado do mundo é entendido como precondição de qualquer forma de ação
Explora como o sensemaking é histórica e culturalmente imbrincado nas práticas sociais, normas e valores
Esquemas, conhecimentos, normas e 'é assim que as coisas são feitas' Interesse emancipatório Interesse emancipatório busca entender as consequencias das idéias e ações guiadas pelos outros dois interesses cognitivos (enquanto o interesse dos outros está focado na existência humana)
Ciência crítica se esforça para espor a iraccionalidade e base política
Revelar o comportamento e significado embutido em estruturas opresiva, visando a mudança
Mostrar as relações de poder e dominação
Interesse emancipatório
Como as hierarquização exclue e marginaliza a contribuição de atores subordinados no processo de decisão
Promove a difusão do poder e responsabilidade através da democratização economica, política e das instituições.
Nas redes de empresas as organizações buscam suportar e reproduzir a sua posição de dominação na rede
Tensões e contradições são domadas por um estrutura de governança apropriada
Uso de indicadores de performance
Habermans argumenta que a inclinação posmoderna de relativizar a racionalidade (moderna) desvalorisa e dissipa o potencial emancipatório da razão como um recurso para expor e remover formas de mistificação e opressão.
Potencial emancipatório contribui para diferentes formas de ciência
Full transcript