Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Evelise Gaio

on 13 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

DISCIPLINAS DOS ANOS FINAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL E ENSINO MÉDIO FUNDAMENTOS DA
EDUCAÇÃO CONCEPÇÕES PEDAGÓGICAS EDUCAÇÃO E SUAS RELAÇÕES SOCIOECONÔMICAS A Educação está diretamente relacionada com a sociedade. Diferentes perspectivas dessa relação são consideradas em três grandes grupos: REALISMO, IMOBILISMO E OTIMISMO PEDAGÓGICOS. TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS LIBERAIS Segundo LIBÂNEO (1990), a pedagogia liberal sustenta a ideia de que a escola tem por função preparar os indivíduos para o desempenho de papéis sociais, de acordo com as aptidões individuais.
* Não tem nada a ver com algo ABERTO. TENDÊNCIA LIBERAL TRADICIONAL * O professor é a figura central
e o aluno é um receptor passivo
dos conhecimentos considerados
como verdades absolutas.
* Há repetição de exercícios com exigência de memorização.
* Principal pioneiro: Johann Frederich Herbart
* Aula expositiva, enfase nos exercícios, cópias, repetição. Caracteriza-se por centralizar no aluno, considerado como ser ativo e curioso. Dispõe da ideia que ele “só irá aprender fazendo”, valorizam-se as tentativas experimentais, a pesquisa, a descoberta, o estudo do meio natural e social. Aprender se torna uma atividade de descoberta, é uma autoaprendizagem.O professor é um facilitador.
* Difundida por Anísio Teixeira. TENDÊNCIA LIBERAL
RENOVADORA PROGRESSIVISTA TENDÊNCIA LIBERAL
RENOVADA NÃO-DIRETIVA * ESCOLA NOVA ( JOHN DEWEY)

* Preocupação maior com os problemas psicológicos, formação de atitudes no aluno e não com os problemas pedagógicos.
* O professor dispensa os métodos usuais. É facilitador da aprendizagem, no sentido de aceitação e de estar convicto do autodesenvolvimento do aluno. TENDÊNCIA LIBERAL TECNICISTA * Burrhus Frederic Skinner foi o expoente principal dessa corrente; * Neste método o aluno é visto como depositário passivo de conhecimentos, que devem ser acumulados na mente através de associações.
* Busca-se a eficiência, a qualidade, a racionalidade, a produtividade e a neutralidade na escola, que deve funcionar como uma empresa.
* Articula-se diretamente com o sistema capitalista. TENDÊNCIAS PROGRESSISTAS * Partem de uma análise crítica das realidades sociais, sustentam implicitamente as finalidades sociopolíticas da educação e é uma tendência que condiz com as ideias implantadas pelo capitalismo.
* O desenvolvimento e popularização da análise marxista da sociedade possibilitou o desenvolvimento da tendência progressista, que se ramifica em três correntes: Tendência Progressista Libertadora * Conhecida como pedagogia de Paulo Freire, essa tendência vincula a educação à luta e organização de classe do oprimido. Em que para este, o saber mais relevante é ter consciência de que é oprimido, ou seja, da realidade em que vive.
•Centraliza-se na discussão de temas sociais e políticos;
•O professor coordena atividades e atua com os alunos. Tendência Progressista Libertária •Enfoca a livre expressão, o contexto cultural;
•Os conteúdos, apesar de disponibilizados, não são exigidos pelos alunos e o professor é tido como um conselheiro a disposição dos alunos.
•O método de ensino é a própria autogestão, tornando o interesse pedagógico dependente de suas necessidades ou do próprio grupo.
•Os libertários recebem a influência do pensamento de Celestin Freinet e suas técnicas nas quais os próprios alunos organizavam os seus plano de trabalho. Tendência Progressista “Critico social dos Conteúdos” ou “Histórico critico” * Acentua a prioridade de focar os conteúdos no seu confronto com as realidades sociais, é necessário enfatizar o conhecimento histórico.
*Prepara o aluno para o mundo adulto, com a participação organizada e ativa na democratização da sociedade, por meio da aquisição de conteúdos.* Valoriza a escola como um espaço social responsável pela apropriação do saber.* Pioneiro: Demerval Saviani Saviani (1983), destinguiu 4 concepções
de educação:
* CONCEPÇÃO HUMANISTA TRADICIONAL

* CONCEPÇÃO HUMANISTA MODERNA

* CONCEPÇÃO ANALÍTICA

* CONCEPÇÃO DIALÉTICA CONCEPÇÃO HUMANISTA TRADICIONAL •Se caracteriza por uma visão essencialista de homem, isto é, o homem é concebido como ser constituído por uma essência universal e imutável;
•O adulto representa um ser acabado, completo. Já a criança é um ser IMATURO e INCOMPLETO;
•O papel de destaque é do professor, ao aluno cabe: o esforço e a disciplina intelectual;
•O importante é aprender;
•A educação é centrada no educador, no intelecto e no conhecimento. CONCEPÇÃO HUMANISTA MODERNA •A visão do homem é na sua existência, o que precede a essência
•Conceito de homem: “um ser completo desde o nascimento e inacabado até a morte”;
•A ênfase está na criança, no educando e na vida;
•Descola-se o eixo do intelecto para o sentimento;
•Valoriza o interesse do aluno;
•O importante é aprender a aprender;
•Centra-se na experiência e na espontaneidade. CONCEPÇÃO ANALÍTICA * Exclui do processo educativo o contexto histórico e sustenta o caráter utilitário da educação e a neutralidade do conhecimento; CONCEPÇÃO DIALÉTICA •Vê o homem como síntese de múltiplas determinações, vê o homem concreto;
•Tem a tarefa de explicitar as questões educacionais, que só se explicam tendo como referencia o contexto histórico em que estão inseridas. Realismo Pedagógico * É o processo pedagógico que tem por objetivo a inserção do individuo mais ativamente na sociedade;
* A função da educação é fazer o trabalho mais avançado possível, apesar dos limites impostos pelo momento histórico; Imobilismo Pedagógico •A função da educação é a reprodução da sociedade Otimismo Pedagógico A função da educação é resolver todos os problemas sociais. Função Social da Escola * Garantir aos alunos a apropriação dos conhecimentos historicamente acumulados.
* Propiciar a formação de valores, entretanto, esses não podem ser ensinados, mas vivenciados. ESTRUTURA EDUCACIONAL BRASILEIRA NÍVEIS DE ENSINO De acordo com o art. 21 da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (Lei n.º 9.394/96), a educação escolar
compõe-se de:
• I. Educação básica, formada pela educação infantil, ensino fundamental e ensino médio;
• II. Educação superior. EDUCAÇÃO BÁSICA * Segundo a LDB 9394/96 a educação básica obrigatória e gratuita dos 4 (quatro) aos 17 (dezessete) anos de idade, sendo dever do Estado. (Art. 4)

* E tem por finalidade desenvolver o educando, assegurar-lhe a formação comum indispensável para o exercício da cidadania e fornecer-lhe meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores (art. 22). ENSINO FUNDAMENTAL
Art. 32. O ensino fundamental obrigatório, com duração de 9 (nove) anos, gratuito na escola pública, iniciando-se aos 6 (seis) anos de idade, terá por objetivo a formação básica do cidadão [...].

ENSINO MÉDIO
Art. 35. O ensino médio, etapa final da educação básica, com duração mínima de três anos [...].
Educação Profissional Técnica de Nível Médio: Art. 36-A. Sem prejuízo do disposto na Seção IV deste Capítulo, o ensino médio, atendida a formação geral do educando, poderá prepará-lo para o exercício de profissões técnicas. MODALIDADES DE ENSINO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS
EDUCAÇÃO ESPECIAL
EDUCAÇÃO INDÍGENA
EDUCAÇÃO À DISTÂNCIA
EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA* EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA Formação Inicial e Continuada ou Qualificação Profissional
Educação Profissional Técnica de Nível Médio

Educação Profissional Tecnológica LEGISLAÇÃO LDB 9394/96
Lei nº 8.069/90 (ECA)
Lei nº 10639/03 Estatudo da Criança e do Adolescente LEI 10.639/03 Art. 1o A Lei no 9.394, de 20 de dezembro de 1996, passa a vigorar acrescida dos seguintes arts. 26-A, 79-A e 79-B:
"Art. 26-A. Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira.
"Art. 79-A. (VETADO)"
"Art. 79-B. O calendário escolar incluirá o dia 20 de novembro como ‘Dia Nacional da Consciência Negra’." AS DIRETRIZES CURRICULARES NACIONAIS PARA A EDUCAÇÃO BÁSICA. •São normas obrigatórias para a Educação Básica que orientam o planejamento curricular das escolas e sistemas de ensino, fixadas pelo Conselho Nacional de Educação (CNE);
•Leis, que são metas e objetivos para a educação.
•A ideia das DCNs considera a questão da autonomia da escola e proposta pedagógica, incentivando as instituições a montar seu currículo, devendo a escola trabalhar determinados conteúdos nos contextos que lhe parecerem necessários; Diretrizes Curriculares da Educação Básica do Paraná As Diretrizes Curriculares da Educação Básica do Paraná chegam às escolas como um documento oficial que trás as marcas de sua construção, o chão da escola e traça estratégias que visam nortear o trabalho do professor e garantir apropriação do conhecimento pelos estudantes.
Os mesmos princípios democráticos que fundamentaram a construção dessas Diretrizes solicitam, dos professores, o engajamento na contínua reflexão sobre este documento, para que sua participação crítica, constante e transformadora efetive, nas escolas de todo Estado, um currículo dinâmico e democrático. PROJETO POLÍTICO-PEDAGÓGICO DA ESCOLA O PPP é instrumento através do qual a escola cumpre sua finalidade de educar os alunos, preparando-os para a vida;
O projeto abrange uma dimensão pedagógica e uma dimensão administrativa:
A pedagógica trata das competências e dos conhecimentos a serem construídos pelos alunos, assim como das estratégias didáticas a serem utilizadas para favorecer essa construção;
A administração apoia-se nas opções pedagógicas para viabilizar sua concretização;
A elaboração do PPP deve contar com a participação dos professores, de acordo com a LDB 9394/96:
Art. 13. Os docentes incumbir-se-ão de:
I - participar da elaboração da proposta pedagógica do estabelecimento de ensino; GESTÃO ESCOLAR De acordo do Libâneo (2001), existem duas principais concepções de gestão escolar, sendo elas, científico-racional e sociocrítica. CONCEPÇÃO CIENTÍFICO-RACIONAL Prevalece uma visão burocrática e tecnicista da escola;
Deve alcançar os melhores índices de eficácia;
Hierarquia de funções; direção centralizada;
É o modelo mais comum encontrado na realidade educacional brasileira. CONCEPÇÃO SOCIOCRÍTICA Um sistema que agrega pessoas;
Construído pela comunidade educativa envolvendo professores, alunos e pais;
Vigoram formas democráticas de tomadas de decisões.
Caracterizada como GESTÃO PARTICIPATIVA OU DEMOCRÁTICA. GESTÃO PARTICIPATIVA OU DEMOCRÁTICA Cabe a direção da escola, juntamente com a equipe pedagógica, discutir formas possíveis de se contar com a participação da comunidade, possibilitando a esta, o conhecimento a e avaliação dos serviços oferecidos pela escola, o que segundo Gadotti e Romão (1997, p.16, apud Libâneo, 2001), influi na democratização da gestão e na melhoria da qualidade de ensino. A participação, neste caso, tem como significado, a atuação dos profissionais da educação e dos usuários (pais e alunos) na gestão da escola. REFERÊNCIAS CASTRO, Rosa Maria. Apostila Decisão: concurso público professor; fundamentos da educação. (s/d)
LIBÂNEO, José Carlos. Democratização da Escola Pública. São Paulo : Loyola, 1990.
SAVIANI, Dermeval. "Tendências e correntes da educação brasileira". In:TRIGUEIRO, D.M. (org). Filosofia da educação brasileira. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1983.
Análise das tendências pedagógicas na educação. Disponível em: http://www2.mp.pr.gov.br/cpca/telas/ca_igualdade_39_4.php. Acesso em : 04 mai. 2013.
Estrutura Educacional Brasileira. Disponível em: http://centrodecursosamf.com.br/arquivos/m_338_estrutura_do_sistema_educacional.pdf. Acesso em 04 mai. 2013
Decreto nº 6.861, de 27 de maio de 2009. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Decreto/D6861.htm. Acesso em: 04 mai. 2013
Lei 10.639 de 09 de janeiro de 2003. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/2003/l10.639.htm. Acesso em: 06 mai. 2013
Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: ahttp://www.lacerdaavocacia.com.br/si/site/0404/p/Estatuto%20da%20crian%C3%A7a%20e%20do%20adolescente. http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf. Acesso em 06 mai. 2013
Principais tópicos do ECA. Disponível em : Acesso em: 06 mai. 2013 E A A B C B E C D C D E
Full transcript