Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Veith 07 - Laodiceia: Um Diagnóstico

Série Transformação Total - Walter Veith - Amazing Discoveries
by

Daniel Silveira

on 8 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Veith 07 - Laodiceia: Um Diagnóstico

Laodi eia - Um diagóstico
Romanos 12:2
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.
Laodiceia
Julgamento do Povo ou Povo do Juízo
- A 60 km a sudeste de Filadélfia
- Retiro de saúde
- Famoso pelo seus colírios
- Rica – destruída em 60 d.C. por um
terremoto
- Reconstruída com fundos próprios
As cartas às sete igrejas
contêm recomendações,
reprovações, conselhos,
promessas, mas:
Laodiceia não recebe nenhum elogio. As cartas se dirigem aos últimos luzeiros de Deus, Sua igreja; e nada lhe parece favorecer...
...A mensagem vem de Alguém que nos conhece melhor que nós mesmos, que conhecia Pedro melhor que ele se conhecia.
O caráter da repreensão é semelhante àquela contida em Isaías e serve de antítipo à censura de Israel.
A Mensagem causa a Sacudidura
“Perguntei qual o sentido da sacudidura que eu acabava de presenciar e foi-me mostrado que fora causada pelo positivo testemunho motivado pelo conselho da Testemunha fiel, aos laodiceanos. Esse testemunho terá o seu efeito sobre o coração do que o recebe, levando-a a exaltar a norma e declarar a positiva verdade. Alguns não suportarão esse claro testemunho...
...Opor-se-lhe-ão e isto causará uma sacudidura entre os filhos de Deus.

Vi que o testemunho da Testemunha verdadeira não teve a metade da atenção que deveria ter. O solene testemunho de que depende o destino da igreja tem sido apreciado de modo leviano, se não desatendido de todo. Tal testemunho deve operar profundo arrependimento; todos os que o recebem de verdade, obedecer-lhe-ão e serão purificados.”
É para os Adventistas do Sétimo Dia
“Deus está guiando a saída de um povo. Ele tem um povo, uma igreja na Terra, os quais Ele tornou os depositários de Sua lei. Confiou-lhes sagrado depósito e verdade eterna para ser dada ao mundo...
...Ele os reprovaria e corrigiria. A mensagem aos laodiceanos
aplica-se aos adventistas do sétimo dia
que têm tido grande esclarecimento e não têm andado na luz...
...São aqueles que têm feito grande profissão, mas não andado a par com seu Líder, que serão vomitados de Sua boca, a menos que se arrependam. A mensagem que declara a igreja adventista do sétimo dia Babilônia, e chama o povo de Deus a sair dela, não vem de nenhum mensageiro celeste, ou nenhum instrumento humano inspirado pelo Espírito de Deus.”
“É à igreja de hoje que esta mensagem é enviada. Eu apelo aos nossos membros de igreja a lerem todo o capítulo três de Apocalipse, e aplicá-lo.
A mensagem à igreja de Laodicéia se aplica especialmente ao povo de Deus hoje.
É uma mensagem aos professos cristãos que swe tornaram tão semelhantes ao mundo que não se pode ver nenhuma diferença [cita os vs. 14-18]”
Ellen G. White em RH Aug. 20, 1903 (inglês, ênfase acrescentada).
“O primeiro capítulo de Isaías é uma descrição de um povo que alega servir a Deus, mas que está andando por caminhos proibidos.”
Ellen G. White em MS 29, 1911 (inglês). Conferir em egwwritings.org
“O Espírito de Deus movia os corações da congregação a uma consciência que chegara o tempo mencionado no primeiro capítulo de Isaías: "Lavai-vos, purificai-vos, tirai a maldade de vossos atos de diante dos meus olhos; cessai de fazer mal, aprendei a fazer o bem." Muitos corações foram impressionados que estamos acelerando rumo ao julgamento, onde todo caso será decidido para a eternidade.”
Ellen G. White em Bible Echo, June 1, 1893 par. 9 (inglês).
Isaías 1:1
Visão de Isaías, filho de Amós, que ele teve a respeito de Judá e Jerusalém, nos dias de Uzias, Jotão, Acaz, e Ezequias, reis de Judá.

Isaías 1:2
Ouvi, ó céus, e dá ouvidos, tu, ó terra; porque o SENHOR tem falado: Criei filhos, e engrandecios; mas eles se rebelaram contra mim.

Isaías 1:3
O boi conhece o seu possuidor, e o jumento a manjedoura do seu dono; mas Israel não tem conhecimento, o meu povo não entende.
Isaías 1:4
Ai, nação pecadora, povo carregado de iniquidade, descendência de malfeitores, filhos corruptores; deixaram ao SENHOR, blasfemaram o Santo de Israel, voltaram para trás.

Isaías 1:5
Por que seríeis ainda castigados, se mais vos rebelaríeis? Toda a cabeça está enferma e todo o coração fraco.

Isaías 1:6
Desde a planta do pé até a cabeça não há nele coisa sã, senão feridas, e inchaços, e chagas podres não espremidas, nem ligadas, nem amolecidas com óleo.
Apocalipse 3:14
E ao anjo da igreja que está em Laodicéia escreve: Isto diz o Amém, a testemunha fiel e verdadeira, o princípio da criação de Deus:

Amen – assim seja; fiel – verdadeiro
Princípio da Criação
– Gr. ‘Arche’ assume um senso ativo implicando a iniciação de uma ação. Ele é o Criador – Sua onipotência, toda a plenitude da divindade, Sua lei, estão neste verso.

O princípio e o fim. Também pode significar ‘do Gênesis ao Apocalipse’.
Apocalipse 3:15
Conheço as
tuas obras, que nem és frio
nem quente; quem dera foras
frio ou quente!

Apocalipse 3:16
Assim, porque
és morno, e não és frio nem
quente, vomitar-te-ei da minha
boca.
Ellen G. White em Primeiros Escritos, 270.
Pumikali - Hierapolis

Gebere
Colhendo Remédios Naturais

Apocalipse 3:15
Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente; quem dera foras frio ou quente!    

Apocalipse 3:16
Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.

Apocalipse 3:17
Como dizes: Rico sou, e estou enriquecido, e de nada tenho falta; e não sabes que és um desgraçado, e miserável, e pobre, e cego, e nu;

De fato somos ricos. Criadores do sistema moderno de indústria alimentícia de desjejum, temos a maior rede protestante de escolas do mundo, estamos representados em mais de 200 países, temos centenas de editoras, agências impressionantes de ajuda humanitária, e um sólido sistema de crenças protestantes. Nossa igreja tem mais luz que qualquer outra igreja na história, mas aplicamos uma interpretação humana à nossa mornidão.
Nossa interpretação é sempre para longe de nós, aplicando o texto a outros.

O aplicamos àqueles que não fazem trabalho missionário, aos que não comem direito,
não aceitam esta ou aquela doutrina,
não entendem a justificação pela fé
ou a natureza de Cristo,
não aceitam os Espírito de Profecia,
não se esforçam para alcançar
a perfeição ou os que
alegam que a lei não pode
ser guardada.

A todos, exceto a mim.

O texto não diz que alguns são mornos – todos o são. Não é nossa correta compreensão que nos faz justos, mas é o aceitar nossa nudez, miséria e cegueira que leva à cura – Cristo, Justiça Nossa. Nossa justiça-própria causa ânsias a Deus. Só há uma coisa de que podemos estar certos – somos pecadores.

Romanos 3:10
Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer.

Romanos 7:24
Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte?

O padrão a justiça é a lei. Tanto os ímpios como os justos são julgados pela lei. O julgamento começa na casa de Deus e termina com os ímpios.

1 Pedro 4:17
Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus; e, se primeiro começa por nós, qual será o fim daqueles que são desobedientes ao evangelho de Deus?

Laodiceia esta sinceramente enganada pois não sabe que está cega, miserável e nú.

“Que maior engano pode sobrevir à mente humana do que a confiança de estar correto, quando se está totalmente errado! A mensagem da Testemunha Verdadeira encontra o povo de Deus em triste engano, todavia sincero nesse engano. Eles não sabem que sua condição é deplorável à vista de Deus. Enquanto aqueles que são abordados se lisonjeiam de achar-se em exaltada condição espiritual, a mensagem da Testemunha Verdadeira destrói sua segurança com a surpreendente denúncia de seu verdadeiro estado espiritual de cegueira, pobreza e miséria. Esse testemunho tão incisivo e severo não pode ser um engano, pois é a Testemunha Verdadeira quem fala, e Seu testemunho tem de ser correto.”

Ellen G. White em Testemunhos para a Igreja, vol. 3, p. 252.

Que outra pessoa se encontrava nesta condição? Não foram Adão e Eva, após a queda? Estavam na miséria, perderam tudo, foram cegados pela serpente e estavam nús.



Como lidaram com a nudez? Viram que estavam nús e por isso se cobriram com algo que eles mesmos fabricaram e se tornaram acusadores dos irmãos. Mas precisavam reconhecer seu pecado e afastar sua cegueira aplicando o colírio (somente Deus pode dá-lo, pois uma pessoa cega não enxerga) e ser cobertos com a justiça de Cristo.
1 Coríntios 6:9
Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?

1 Coríntios 6:10
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

1 Coríntios 6:11
E é o que alguns têm sido; mas haveis sido lavados, mas haveis sido santificados, mas haveis sido justificados em nome do Senhor Jesus, e pelo Espírito do nosso Deus.

1 Coríntios 6:12
Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.

1 Coríntios 6:13
Os alimentos são para o estômago e o estômago para os alimentos; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.

1 Coríntios 6:14
Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder.

1 Coríntios 6:15
Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo.

1 Coríntios 6:16
Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne.

1 Coríntios 6:17
Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito.

1 Coríntios 6:18
Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo.

1 Coríntios 6:19
Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?

1 Coríntios 6:20
Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.


Não basta aceitar a verdade intelectualmente, precisamos aceitá-la espiritualmente.

Uma mudança no comportamento não basta, precisamos de uma mudança de coração. Mate a raíz, não as folhas.
“Agora você pode começar a operar no plano de adição. Adicione à sua fé virtude, conhecimento, temperança, paciência e todas as graças cristãs. As demais coisas perecerão no grande dia da conflagração, porém o ouro do caráter santo perdurará. Ele não conhece a decadência. Suportará a prova do fogo no último dia. Minha querida filha, desejo que se lembre de que “Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau”.

Ellen G. White em Cartas a Jovens Namorados, 45.

“Como um povo temos de preparar o caminho do Senhor. Cada partícula da capacidade que Deus nos concedeu deve ser posta em uso para preparar as pessoas de acordo com a vontade de Deus, segundo Seu molde espiritual, a fim de que permaneçam firmes neste grande dia da preparação de Deus, e para que sejam suscitadas estas solenes perguntas nos corações amantes do mundo: ‘Que é a eternidade para nós? Como subsistirá o meu caso no juízo investigativo? Qual será minha sorte e meu destino?’ Muitos que supõem estarem indo para o Céu têm os olhos vendados pelo mundo.

Ellen G. White em Fundamentos a Educação Cristã, 311.

“Suas ideias acerca do que constitui uma educação e disciplina religiosa são vagas e só se apóiam em probabilidades; muitos há que não têm uma esperança bem compreendida, e correm grande risco ao praticar precisamente as coisas que Jesus ensinou que não deveriam fazer no comer, beber e vestir, atando-se assim ao mundo de diversas maneiras. Têm que aprender ainda as solenes lições tão essenciais para crescer em espiritualidade a fim de sair do mundo e separar-se dele. O coração está dividido, a mente carnal anela conformidade, semelhança com o mundo de tantas maneiras que o sinal distintivo no tocante ao mundo quase não é distinguível.”




Que é justificação pela fé?
É a atuação de Deus abatendo até ao pó a glória do homem, e fazendo por ele aquilo que não está em sua capacidade fazer por si mesmo. Quando o homem percebe sua completa desvalia, então está preparado para ser vestido com a justiça de Cristo. Aqueles a quem o Céu considera santos, são os últimos a alardear sua própria bondade. O apóstolo Pedro tornou-se um fiel servo de Cristo e foi grandemente honrado com luz e poder divinos; e tomou parte ativa na edificação da igreja de Cristo; entretanto, Pedro jamais se esqueceu da tremenda experiência de sua humilhação; seu pecado foi perdoado; contudo bem sabia que unicamente a graça de Cristo lhe podia valer naquela fraqueza de caráter que lhe ocasionou a queda. Em si mesmo nada achava de que se gloriar.”

Ellen G. White em A Fé pela qual Eu Vivo,
107 (ênfase acrescentada).


“Nenhum dos apóstolos e profetas jamais pretendeu estar isento de pecado. Homens que viveram mais achegados a Deus, homens que sacrificariam antes a vida a cometer conscientemente uma ação injusta, homens que Deus honrou com luz e poder divinos, confessaram a pecaminosidade de sua natureza. Nunca confiaram na carne, nunca pretenderam ser justos em si mesmos, mas confiaram inteiramente na justiça de Cristo. O mesmo se dará com todos os que contemplam a Cristo.”

Ellen G. White em A Fé pela qual Eu Vivo, 108.

“A justiça de Cristo — tão pura como a pérola branca —
não possui defeito algum, mancha alguma, culpa alguma.
Esta justiça pode ser nossa.
O pensamento de que a justiça de Cristo nos é imputada, não por algum mérito de nossa parte, mas como um dom
gratuito de Deus, é um precioso pensamento.
O inimigo de Deus e do homem não quer
que esta verdade seja claramente
apresentada; pois sabe que, se
o povo a aceitar plena-
mente, está despeda-
çado o seu poder.”



Ellen G. White em A Fé pela qual Eu Vivo, 108.


Vestido de Sua Justiça
 

Sua Justiça, obtida pela Fé

Romanos 4:4
Ora, àquele que faz qualquer obra não lhe é imputado o galardão segundo a graça, mas segundo a dívida.


Romanos 4:5
Mas, àquele que não pratica, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é imputada como justiça.
Isaías 61:10
Regozijar-me-ei muito no SENHOR, a minha alma se alegrará no meu Deus; porque me vestiu de roupas de salvação, cobriu-me com o manto de justiça, como um noivo se adorna com turbante sacerdotal, e como a noiva que se enfeita com as suas jóias.

“Somente as vestes que Cristo proveu, podem habilitar-nos a aparecer na presença de Deus. Estas vestes de Sua própria justiça, Cristo dará a todos os que se arrependerem e crerem. “Aconselho-te”, diz Ele, “que de Mim compres... vestes brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez.” Apocalipse 3:18. Este vestido fiado nos teares do Céu não tem um fio de origem humana. Em Sua humanidade, Cristo formou caráter perfeito, e oferece-nos esse caráter. “Todas as nossas justiças” são “como trapo da imundícia.” Isaías 64:6. Tudo que podemos fazer de nós mesmos está contaminado pelo pecado. Mas o Filho de Deus “Se manifestou para tirar os nossos pecados; e nEle não há pecado”. 1 João 3:5. O pecado é definido como “o quebrantamento da lei”. 1 João 3:4 (TT).
Mas Cristo foi obediente a todos os reclamos da lei.
Por Sua obediência perfeita tornou possível a todo homem obedecer aos mandamentos de Deus. Ao nos sujeitarmos a Cristo, nosso coração se une ao Seu, nossa vontade imerge em Sua vontade, nosso espírito torna-se um com Seu espírito, nossos pensamentos serão levados cativos a Ele; vivemos Sua vida. Isto é o que significa estar trajado com as vestes de Sua justiça. Quando então o Senhor nos contemplar, verá não o vestido de folhas de figueira, não a nudez e deformidade do pecado, mas Suas próprias vestes de justiça que são a obediência perfeita à lei de Jeová.”

Ellen G. White em A Fé pela Qual Eu Vivo, 109.







Justiça imputada e impartida (justificação e santificação) são presentes de Deus pelos méritos de Jesus Cristo. Obediência aos mandamentos é a consequência desta constante confiança nos méritos de Cristo. Nossa mensagem é o evangelho eterno – salvos pelo sangue do Cordeiro. Nosso caráter será moldado à semelhança divina da lei de Deus.

“A mensagem de Laodiceia se aplica a todos que professam guardar a lei de Deus, mas não a praticam. Não podemos ser egoístas em nada. Cada fase da vida cristã deve ser uma representação da vida de Cristo. Se não for, ouviremos as terríveis palavras, ‘não te conheço’.”

Ellen G. White no Comentário Bíblico Adventista, vol. 7, 962.

“Porventura não enviou o Senhor Jesus mensagem após mensagem de repreensão, de advertência, de súplica a esses satisfeitos consigo mesmos? Não têm sido desprezados e rejeitados os Seus conselhos? Não têm sido os mensageiros por Ele enviados tratados com desprezo, e suas palavras recebidas como fábulas ociosas? Cristo vê aquilo que o homem não vê. Ele vê os pecados que, se não houver arrependimento, esgotarão a paciência de um Deus longânimo. Cristo não pode defender os nomes dos que estão satisfeitos em sua presunção. Não pode intervir em favor de um povo que não sente necessidade de Seu auxílio, que alega saber e possuir tudo.”

Ellen G. White em Fé e Obras, 73.

O que que o diabo tanto odeia na igreja? Guardam os mandamentos, tem o testemunho, tem a fé de Jesus.
Esta é a fé que se apodera das promessas, não oscila, o caminho é o caminho da cruz. Esta é a fé que sobrevive quando provada pelo fogo. É isto que o incita a declarar guerra.
Os judeus guardavam os mandamentos, os cristãos modernos a fé em Jesus. Parecemos ser bons nos dois e ainda somos cegos e miseráveis.


Nossa Justiça tem que Superar a dos Fariseus

Mateus 5:20
Porque vos digo que, se a vossa justiça não exceder a dos escribas e fariseus, de modo nenhum entrareis no reino dos céus.

Mateus 5:21
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não matarás; mas qualquer que matar será réu de juízo.

Mateus 5:22
Eu, porém, vos digo que qualquer que, sem motivo, se encolerizar contra seu irmão, será réu de juízo; e qualquer que disser
a seu irmão: Raca, será réu do sinédrio; e qualquer que lhe disser: Louco, será réu do fogo do inferno.

Mateus 5:27
Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério.

Mateus 5:28
Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.

Mateus 5:29
Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.

Mateus 5:30
E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.



Mateus 23:23
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.


“Deus guia Seu povo passo a passo avante. A vida cristã é uma
contínua batalha, marcha contínua
. Não há descanso dessa luta. É por meio de constante, incessante esforço, que mantemos a vitória sobre as tentações de Satanás. Estamos, como um povo, triunfando na clareza e força da verdade. Somos plenamente apoiados em nossos pontos de fé por avassaladora quantidade de claros testemunhos escriturísticos. Carecemos muito, porém, da humildade, paciência, fé, amor e abnegação, vigilância e espírito de sacrifício bíblicos. …

“Precisamos cultivar a santidade da Bíblia. O pecado domina entre o povo de Deus. A positiva mensagem de repreensão aos laodiceanos não é acatada. Muitos se apegam a suas dúvidas e a seus pecados acariciados, enquanto se encontram em tão grande engano que dizem e sentem que não necessitam de nada. Pensam que não é necessário o testemunho do Espírito de Deus em reprovação, ou que não se refere a eles. Esses estão na maior necessidade da graça de Deus e de discernimento espiritual, para que descubram sua deficiência no conhecimento espiritual.”

Ellen G. White em Testemunhos para a Igreja, vol. 3, 253

“Diz a Testemunha Verdadeira, de uma igreja fria, sem vida e sem Cristo: “Conheço as tuas obras, que nem és frio nem quente. Quem dera fosses frio, ou quente! Assim, porque és morno, e nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da Minha boca.” Apocalipse 3:15, 16. Notai as palavras seguintes: “Pois dizes: Estou rico e abastado, e não preciso de coisa alguma, e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu.” Apocalipse 3:17. Aqui está representado um povo que se orgulha na posse de conhecimento e vantagens espirituais. Não corresponderam, porém, às imerecidas bênçãos que Deus lhes tem concedido.
Têm estado possuídos de rebelião, ingratidão e esquecimento de Deus, e todavia Ele os tem tratado como um pai amoroso e perdoador trata um filho ingrato e corrompido. Resistiram à Sua graça, abusaram de Seus privilégios, desprezaram Suas oportunidades, e têm-se satisfeito com descansar contentes, em lamentável ingratidão, vazio formalismo e hipócrita insinceridade. Com farisaico orgulho têm-se gloriado até que deles foi dito: ‘Dizes: Estou rico e abastado, e não preciso de coisa alguma.’ Apocalipse 3:17.”

Ellen G. White em Fé e Obras, 72.

“Cristãos de coração dividido são piores que infiéis; pois suas palavras enganosas e sua posição sem comprometimento poderá extraviar a muitos. O infiel mostra quem ele é. O cristão morno engana os dois lados. Ele nem é um bom mundano nem um bom cristão. Satanás o usa para fazer a obra que ningém mais pode fazer.”

Ellen G. White em SpM 260.2 (inglês).

A Batalha entre Fé e Obras

Lutero julgava que a epístola de Tiago era de palha, já que as obras não nos salvam.

A epístola de Tiago no entanto é o outro lado da moeda – Paulo expões obras sem fé, Tiago ataca a fé sem obras.

A citação de Lutero somente aparece no original do prefácio ao Novo Testamento de 1522. Depois deste
ano, todas as edições da Bíblia de Lutero removeram o comentário da ‘epístola de palha’, junto com
todo o parágrafo que acrescentava um julgamento
do valor de certos livros bíblicos em particular.

Foi o próprio Lutero que, editando, removeu estes comentários.

O biógrafo de Lutero, Roland Bainton, escreve, “Certa vez Lutero disse que daria o título de doutor a qualquer que conseguisse reconciliar Tiago e Paulo. Mas ele não se aventurou a rejeitar Tiago do cânon das Escrituras, e eventualmente conseguir seu próprio título de doutor efetuando esta reconciliação. ‘Fé,’ ele escreveu, ‘é algo vivo e ativo. Não pode ficar inoperante. Não somos salvos por obras; mas se não há obras, tem que ter alguma coisa errada com esta fé’” [Here I Stand, 259].
Na obra A Disputa sobre Justificação, Lutero respondeu à seguinte proposição espúria: Fé sem obras justifica, Fé sem obras está morta [Tiago 2:17, 26]. Assim, uma fé morta justifca. Lutero respondeu:

“O argumento é sofista e a refutação se resolve gramaticalmente. Na principal premissa, ‘fé’ deve ser associada com a palavra ‘justifica’ e a parte da frase que diz ‘sem fé justifica’ é colocada em uma perífrase predicada e tem que se referir à palavra ‘justifica’, não a ‘fé’. Na premissa menor, ‘sem obras’ está verdadeiramente na perífrase subjuntiva e se refere a fé.
Dizemos que justificação é efetiva sem obras, não que a fé é sem obras. Pois a fé que carece de frutos não é uma fé eficaz, mas uma fé fingida.
‘Sem obras’ portanto, é ambíguo. Por este motivo o argumento não decide nada. Uma coisa é o fato que a fé justifica sem obras; outra questão é se fé existe sem obras ou não.”

[LW 34: 175-176]

Para Lutero, portanto, boas obras nunca podem em qualquer sentido ser determinantes da relação de alguém com Deus.
Em um tratado chamado Freedom of a Christian (A liberdade de um cristão, 1520),
Lutero escreve:
“Sim, já que a fé somente é suficiente para a salvação, preciso de nada mais a não ser a fé exercitando o poder e domínio de sua própria liberdade. Eis o inestimável poder e liberdade dos cristãos”. “Em praticando estas obras … não devemos assumir que um homem seja justificado por elas perante Deus, porque a fé, que exclusivamente é justiça perante Deus, não pode suportar esta opinião errônea.”

"Boas obras seguem a fé assim como o dia segue a noite, assim como uma árvore boa dá bons frutos. ‘Boas obras não fazem um homem bom, mas um homem bom faz boas obras’. Se há fé, haverá obras, se não há obras, não há fé. Claramente, para Lutero todas as boas obras deveriam ser vistas procedendo, como um resultado, da justificação, mas não de qualquer forma contribuíndo para, ou uma condição para a justificação."

(Dillenberger, John, ed. Martin Luther: Selections From His Writings. Garden City, NY: Doubleday, 1961
Imperfeita, mas Ainda a Igreja de Deus

“Onde encontraremos a pureza, bondade e santidade na qual estaremos seguros? Onde está o aprisco no qual os lobos não entram? Digo-vos... que o Senhor tem um corpo organizado através do qual há de atuar. Poderá haver dezenas de Judas em seu meio; poderá haver um impetuoso Pedro, que sob circunstâncias difíceis negue a seu Senhor; poderá haver pessoas que correspondam a João, a quem Jesus amou, e que tenham um zelo que destrua vidas humanas, ao quererem fazer descer fogo do céu para vingar um insulto a Cristo e à verdade. Mas o grande Mestre procura dar lições contendo instruções para corrigir esses males existentes. Ele está fazendo o mesmo com Sua igreja hoje. Está indicando-lhes os seus perigos. Está apresentando perante eles a mensagem de Laodiceia.”

Ellen G. White em Refletindo a Cristo, 191.

Efésios 1:22
E sujeitou todas as coisas a seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja,

Efésios 1:23
Que é o seu corpo, a plenitude daquele que cumpre tudo em todos.

“Desde o princípio,
tem sido plano de Deus
que, através de Sua igreja, seja refletida para o mundo Sua plenitude e suficiência. Aos membros da igreja, a quem Ele chamou das trevas para Sua maravilhosa luz, compete manifestar Sua glória. A igreja é a depositária das riquezas da graça de Cristo; e
pela igreja
será, a seu tempo, manifesta, mesmo aos ‘principados e potestades nos Céus’ (Efésios 3:10), a final e ampla demonstração do amor de Deus.”

Ellen G. White em Atos dos Apóstolos, 6 (ênfase acrescentada).


Cristo nos considera Seu Galardão.
Tal é nossa Alta Vocação:

“Cristo olha a Seu povo em sua pureza e perfeição como a recompensa de todos os Seus sofrimentos, Sua humilhação, e Seu amor, e o suplemento de Sua glória — Cristo, o grande centro, do qual irradia toda a glória.”

Ellen G. White em Nossa Alta Vocação, 199.

“A igreja de Cristo, enfraquecida e defeituosa como pareça, é na Terra o único objeto a que Ele consagra em sentido especial o Seu amor e atenção. A igreja é o cenário de Sua graça, no qual Ele Se deleita em fazer experiências de misericórdia em corações humanos. O Espírito Santo é seu representante, e leva a efeito transformações tão maravilhosas que anjos as contemplam com assombro e alegria. O céu está cheio de alegria quando os membros da família humana se vêem cheios de compaixão um pelo outro, amando um ao outro como Cristo os amou.”

Ellen G. White em Nossa Alta Vocação, 167.
Texto completo em PH154 18.2 (inglês).

“A igreja sobre esta terra não é perfeita. A igreja militante não é a igreja triunfante, e a Terra não é o Céu. A igreja se compõe de homens e mulheres errantes e imperfeitos, que precisarão de esforço paciente e penoso, a fim de serem educados, adestrados, disciplinados, educados, por preceito e exemplo.”  

Ellen G. White em Eventos Finais, 61. Texto completo em 9MR 154.2 (inglês).

“Ao aproximar-se a tempestade, uma classe numerosa que tem professado fé na mensagem do terceiro anjo, mas não tem sido santificada pela obediência à verdade, abandona sua posição, passando para as fileiras do adversário.”

Ellen G. White em O Grande Conflito, 608.


Não haverá um uma explusão,
não haverá uma saída de Laodiceia.

Apocalipse 3:16
Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.

“Perguntei a significação da sacudidura que eu vira, e foi-me mostrado que era determinada pelo testemunho direto contido no conselho da Testemunha verdadeira à igreja de Laodicéia. Isto produzirá efeito no coração daquele que o receber, e o levará a empunhar o estandarte e propagar a verdade direta. Alguns não suportarão esse testemunho direto. Levantar-se-ão contra ele, e isto é o que determinará a sacudidura entre o povo de Deus.
Vi que o testemunho da Testemunha verdadeira não teve a metade da atenção que deveria ter. O solene testemunho de que depende o destino da igreja tem sido apreciado de modo leviano, se não desatendido de todo. Tal testemunho deve operar profundo arrependimento; todos os que o recebem de verdade, obedecer-lhe-ão e serão purificados.”

Ellen G. White em Primeiros Escritos, 270.


“Nenhum nome denominacional tem qualquer virtude em nos recomendar a Deus. Somos salvos individualmente como crentes em Jesus Cristo.”

Ellen G. White em RH, February 10, 1891 par. 5 (inglês).
Conferir em egwwritings.org

Joel 2
Joel 2:15

Tocai a trombeta em Sião, santificai um jejum, convocai uma assembleia solene.


Joel 2:16
Congregai o povo, santificai a congregação, ajuntai os anciãos, congregai as crianças, e os que mamam; saia o noivo da sua recâmara, e a noiva do seu aposento.

Joel 2:17

Chorem os sacerdotes, ministros do SENHOR, entre o alpendre e o altar, e digam: Poupa a teu povo, ó SENHOR, e não entregues a tua herança ao opróbrio, para que os gentios o dominem; porque diriam entre os povos: Onde está o seu Deus?

Joel 2:18

Então o SENHOR se mostrou zeloso da sua terra, e compadeceu-se do seu povo.

Joel 2:19

E o SENHOR, respondendo, disse ao seu povo: Eis que vos envio o trigo, e o mosto, e o azeite, e deles sereis fartos, e vos não entregarei mais ao opróbrio entre os gentios.


Joel 2:20

Mas removerei para longe de vós o exército do norte, e lançá-lo-ei em uma terra seca e deserta; a sua frente para o mar oriental, e a sua retaguarda para o mar ocidental; e subirá o seu mau cheiro, e subirá a sua podridão; porque fez grandes coisas.


Joel 2:21

Não temas, ó terra: regozija-te e alegra-te, porque o SENHOR fez grandes coisas.


Joel 2:22

Não temais, animais do campo, porque os pastos do deserto reverdecerão, porque o arvoredo dará o seu fruto, a vide e a figueira darão a sua força.


Joel 2:23
E vós, filhos de Sião, regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR vosso Deus, porque ele vos tem dado em justa medida a chuva temporã; fará descer a chuva no primeiro mês, a temporã e a serôdia.







Joel 2:26
E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado.

Joel 2:27
E vós sabereis que eu estou no meio de Israel, e que eu sou o SENHOR vosso Deus, e que não há outro; e o meu povo nunca mais será envergonhado.


Os Pontos
Altos de
1.
Um chamado à unidade, não à separação
2.
Um espírito de intercessão, não de condenação
3.
Um futuro de triunfo, não de derrota

É uma verdade que não deve ser esquecida que
somos salvos como crentes individuais em Cristo, não como corpo de crentes.

Justiça imputada e impartida (justificação e santificação) são presentes de Deus pelos méritos de Jesus Cristo. Obediência aos mandamentos é a consequência desta constante confiança nos méritos de Cristo. Nossa mensagem é o evangelho eterno – salvos pelo sangue do Cordeiro. Nosso caráter será moldados à semelhança divina da lei de Deus.

“A graça de Cristo tem de moldar o ser todo, e seu triunfo
não será completo antes que o universo celestial testemunhe
, no comportamento dos filhos de Deus, habitual ternura de sentimentos, amor semelhante ao de Cristo, e obras santas.”

Ellen G. White em A Maravilhosa Graça de Deus, 235.

Romanos 10:1
Irmãos, o bom desejo do meu coração e a oração a Deus por Israel é para sua salvação.

Romanos 10:2
Porque lhes dou testemunho de que têm zelo de Deus, mas não com entendimento.

Romanos 10:3
Porquanto, não conhecendo a justiça de Deus, e procurando estabelecer a sua própria justiça, não se sujeitaram à justiça de Deus.

Romanos 10:4
Porque o fim da lei é Cristo para justiça de todo aquele que crê.

Romanos 10:5
Ora Moisés descreve a justiça que é pela lei, dizendo: O homem que fizer estas coisas viverá por elas.

Romanos 10:6
Mas a justiça que é pela fé diz assim: Não digas em teu coração: Quem subirá ao céu? (isto é, a trazer do alto a Cristo.)

Romanos 10:7
Ou: Quem descerá ao abismo? (isto é, a tornar a trazer dentre os mortos a Cristo.)

Romanos 10:8
Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos,

Romanos 10:9
A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo.

Romanos 10:10
Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação.

Romanos 10:11
Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido.


Diagnóstico
– morno.

Consequência
– vomitado para fora,

Razão da mornidão
– ‘dizes: rico sou’, verdadeira condição – desgraçado, miserável, pobre, cego e nú.

c
Colossenses 2:1
Porque quero que saibais quão grande combate tenho por vós, e pelos que estão em Laodiceia, e por quantos não viram o meu rosto;

Colossenses 2:2
Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo,

Colossenses 2:3
Em quem estão escondidos
todos os tesouros da sabedoria e da ciência.

Colossenses 2:4
E digo isto, para que ninguém vos engane com palavras persuasivas.    

Colossenses 2:5
Porque, ainda que esteja ausente quanto ao corpo, contudo, em espírito estou convosco, regozijando-me e vendo a vossa ordem e a firmeza da vossa fé em Cristo.

Colossenses 4:12
Saúda-vos Epafras, que é dos vossos, servo de Cristo, combatendo sempre por vós em orações, para que vos conserveis firmes, perfeitos e consumados em toda a vontade de Deus.

Colossenses 4:13
Pois eu lhe dou testemunho de que tem grande zelo por vós, e pelos que estão
em Laodiceia
, e pelos que estão em Hierápolis.

“Este é o testemunho dado sobre a igreja de Laodiceia. Esta igreja foi fielmente instruída. …
Muito trabalho excelente foi atribuído à igreja de Laodicéia.
Foi a eles que foi dada a exortação, ‘sede perfeitos, como o vosso Pai que está no céu é perfeito.’ Mas a igreja não deu continuidade à obra iniciada pelos mensageiros de Deus. Escutaram, mas falharam em se apropriar da verdade por si mesmos, e em executar a instrução dada a eles. O resultado que se seguiu é o resultado que seguramente sempre segue à rejeição das advertências e súplicas de Deus”

Ellen G. White no Comentário Bíblico Adventista, vol. 7, 964.

Colossenses 2:6
Como, pois, recebestes o Senhor Jesus Cristo, assim também andai nele,

Colossenses 2:7
Arraigados e edificados nele, e confirmados na fé, assim como fostes ensinados,
nela abundando em ação de graças.

Colossenses 2:8
Tende cuidado, para que ninguém vos faça
presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo Cristo;


Colossenses 2:9
Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade;

Colossenses 2:10
E estais perfeitos nele, que é a cabeça de todo o principado e potestade;

Mateus 5:3

Bem-aventurados os pobres
(Gr. ptōchos)
de espírito, porque deles é o reino dos céus;

Mateus 5:4
Bem-aventurados os que choram
(Gr. pentheō)
, porque eles serão consolados;

Mateus 5:5
Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

Mateus 5:6
Bem-aventurados os que têm fome
(Gr.peinaō)
e sede
(Gr. dipsaō)
de justiça, porque eles serão fartos;

Mateus 5:7

Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;



Mateus 5:8
Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

Mateus 5:9
Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

Mateus 5:10
Bem-aventurados os que sofrem perseguição
por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus;

Mateus 5:11
Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.

Mateus 25:34
Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo;

Mateus 25:35
Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;

Mateus 25:36
Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.

Mateus 25:37
Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber?

Mateus 25:38
E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos?

Mateus 25:39
E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te?

Mateus 25:40
E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

Mateus 25:41
Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

Mateus 25:42
Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

Mateus 25:43
Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.    

Mateus 25:44
Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos?    

Mateus 25:45
Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.    

Mateus 25:46
E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.


Laodiceia tem um remédio – pode comprar ouro refinado no fogo.

Babilônia não tem remédio, não pode ser curada.
Jeremias 51:9
Queríamos curar Babilônia, porém ela não sarou; deixai-a, e vamo-nos cada um para a sua terra; porque o seu juízo chegou até ao céu, e se elevou até às mais altas nuvens.

“Apesar das trevas espirituais e afastamento de Deus prevalecentes nas igrejas que constituem Babilônia, a grande massa dos verdadeiros seguidores de Cristo encontra-se ainda em sua comunhão.”

Ellen G. White em O Grande Conflito, 390.

“Digo novamente: O Senhor não falou por nenhum mensageiro que chame a igreja que observa os mandamentos de Deus, Babilônia. É verdade que há joio com o trigo, mas Cristo disse que enviaria Seus anjos para juntar primeiro o joio e atá-lo em molhos para ser queimado, mas recolher o trigo no celeiro. Sei que o Senhor ama Sua igreja. Ela não deve ser desorganizada ou esfacelada em átomos independentes. Não há nisto a mínima coerência; não existe a mínima evidência de que tal coisa venha a se dar. Aqueles que derem ouvidos a essa falsa mensagem e procurarem fermentar outros, serão enganados e preparados para receber mais avançados enganos, e virão a nada.”

Ellen G. White em Mensagens Escolhidas, vol. 2, p. 68.

“O estudante da Palavra encontra-se curvado para uma fonte de água viva. A igreja necessita beber profundamente da espiritualidade da Palavra. Seu serviço a Deus necessita ser muito diverso da experiência religiosa fraca, sem vida e emoção que faz muitos crentes apenas um pouco diferentes dos que não crêem, com muito parecido ao dos inconversos.”

A Mensagem a Laodiceia deve ir ao Mundo


“A mensagem a Laodiceia tem soado.
Peguem esta mensagem em todas suas fases e soem-na ao povo sempre e quando a Providência abrir o caminho.
Justificação pela fé e justiça de Cristo são os temas a serem apresentados a um mundo a perecer.”

Ellen G. White em Nossa Alta Vocação, 364. Texto completo no Comentário Bíblico Adventista, vol. 7, 964.

Apocalipse 3:18
Aconselho-te que de mim compres ouro provado no fogo, para que te enriqueças; e roupas brancas, para que te vistas, e não apareça a vergonha da tua nudez; e que unjas os teus olhos com colírio, para que vejas.

Apocalipse 3:19
Eu repreendo e castigo a todos quantos amo; sê pois zeloso, e arrepende-te.

Apocalipse 3:20
Eis que estou à porta,
e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.

Apocalipse 3:21
Ao que vencer lhe concederei que se assente comigo no meu trono; assim como eu venci, e me assentei com meu Pai no seu trono.

“A porta do coração precisa ser aberta para o Espírito Santo, pois Ele é o santificador, e a verdade é o instrumento. Precisa haver aceitação da verdade tal e qual é em Jesus. Esta é a única genuína santificação: ‘A Tua palavra é a verdade.’ João 17:17. Oh, lede a oração de Cristo em favor da unidade: ‘Guarda em Teu nome aqueles que me deste, para que sejam um, assim como Nós.’ João 17:11. A oração de Cristo não é apenas por aqueles que agora são Seus discípulos, mas por todos os que hão de crer em Cristo através das palavras de Seus discípulos, até o fim do mundo.”

Ellen G. White em Refletindo a Cristo, 191.

Onde está Jesus? Ele está do lado de fora, não dentro.

Deus não se impressiona tanto com o que fazemos, muito mais com o porquê o fazemos.

“Muitos atos que passam por boas obras, mesmo atos de beneficência, se analisados rigorosamente, terão de ser considerados como induzidos por motivos errados. Muitos há que recebem aplausos por virtudes que não possuem. O Esquadrinhador dos corações inspeciona os motivos, e muitas vezes os próprios atos que são vivamente aplaudidos pelos homens são por Ele registrados como provindo de motivos egoístas e vil hipocrisia. Cada ato de nossa vida, quer excelente e digno de louvor, quer merecedor de censura, é julgado pelo Esquadrinhador dos corações de acordo com os motivos que o induziram. “

Ellen G. White em Testemunhos para a Igreja, vol. 2, 511-512.

Lucas 13:5
Não, vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis.

Precisamos Esquadrinhar
nossos Corações

Salmos 139:23

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.    

Salmos 139:24 E vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno.


Filipenses 3:3 Porque a circuncisão somos nós, que servimos a Deus em espírito, e nos gloriamos em Jesus Cristo, e não confiamos na carne.

Ouro – Fé e Amor

“A fé e o amor são as verdadeiras riquezas, o ouro puro que a Testemunha Verdadeira aconselha os mornos a comprar. Por mais ricos que sejamos em tesouros terrestres, toda a nossa riqueza não nos habilitará a comprar os preciosos remédios que curam a doença da alma chamada mornidão. A inteligência e as riquezas da Terra eram impotentes para remover os defeitos da igreja de Laodiceia, ou remediar-lhes a deplorável condição. Eram cegos, não obstante achavam que estavam bem. O Espírito de Deus não lhes iluminava a mente, e não percebiam sua pecaminosidade; não sentiam, portanto, necessidade de auxílio.”

Ellen G. White em Testemunhos para a Igreja, vol. 4, p. 88.

Caráter tipo patchwork é inaceitável
– “[cita 2 Coríntios 5:17.]
A religião patchwork não tem o menor valor para Deus. Ele requer um coração íntegro. Nenhuma parte da mesma deve ser posta de lado por razão do desenvolvimento de tendências herdadas ou cultivadas para o mal. Ser rude, severo, se achar, egoísta, buscar seus próprios interesses egoístas e mesmo assim ser zeloso paara que outros ajam desinteressadamente é uma abominação para Deus. Muito tem justo esta experiência, cada dia, mas é uma mal-representação do caráter de Cristo.”

Ellen G. White no Comentário Bíblico Adventista, vol. 6, 1101. Letter 31a, 1894 em inglês.

“Alguns há, que parece sempre buscarem a pérola celestial. Não renunciam, porém, completamente a seus maus hábitos. Não morrem para o próprio eu, para que Cristo viva neles. Por este motivo, não acham a pérola valiosa. Não venceram sua ambição profana e seu amor às atrações do mundo. Não tomam a cruz e não seguem a Cristo no caminho da abnegação e sacrifício. Quase cristãos mas não plenamente, parecem estar perto do reino do Céu, mas não podem ali entrar. Quase, mas não completamente salvos, significa estar não quase, porém completamente perdidos.”

Ellen G. White em Parábolas de Jesus, 57.

Somente uma transformação total será aceita.
Ellen White recebeu uma visão do julgamento que está escrita em Testemunhos para a Igreja, vol. 5, p. 384. Nela, ela viu o relato dos pecados por comissão e omissão sob o título geral egoísmo. Negligência de dever é tão egoísta quanto rebelião aberta.

Juízes 5:23

Amaldiçoai a Meroz, diz o anjo do SENHOR, acremente amaldiçoai aos seus moradores; porquanto não vieram ao socorro do SENHOR, ao socorro do SENHOR contra os valorosos.

Nem tampouco tenha que se dizer
Jeremias 8:20
Passou a sega, findou o verão, e nós não estamos salvos.

João 4:35
Não dizeis vós que ainda há quatro meses até que venha a ceifa? Eis que eu vos digo: Levantai os vossos olhos, e vede as terras, que já estão brancas para a ceifa.
Full transcript