Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

"The American Way of Life"

No description
by

Mariana Andrade

on 21 September 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of "The American Way of Life"

A Crise de 1929.
Após a Primeira
Guerra Mundial ...
Com os grandiosos efeitos da Revolução Indústrial (origem no Reino Unido) os EUA eram o país mais rico do mundo.
Além das fábricas de automóveis,
eram também os maiores produtores de aço, comida enlatada, máquinas, petróleo e carvão.
Nos 10 anos seguintes, a economia norte-americana continuava a crescer e provocando euforia entres empresários e criou-se, assim, uma sociedade de consumo.
Foi nesta época que surgiu a famosa expressão ...
Antes ...
"The American Way of Life"
(1918)
A década de 20 ficou conhecida como os "Loucos Anos 20"
Durante esta década, o consumo aumentou, a indústria criava, a todo o instante, bens de consumo. Os clubes e bares estavam sempre cheios de pessoas a divertirem-se e os cinemas tornaram-se uma grande diversão para todos.
Os anos 20 foram realmente anos de grande prosperidade (aparente). As ações das empresas estavam valorizadas devido á euforia económica - Grande Boom.
"Crash"
De 1920 a 1929, os americanos iludidos com essa prosperidade (aparente), transformaram, assim, as todas suas riquesas em ações de modo a aumenta-las.
Causas:
Superprodução agrícola
Diminuição do consumo
Livre mercado
Quebra da Bolsa de NY
24 de Outubro de 1929 - Quinta-feira Negra
É considerado popularmente como o inicio da grande Depressão, pois foi neste dia que na Bolsa de Valores de Nova Iorque - New York Stock Exchange - o valor das ações caíram dráticamente. Onde milhares de acionistas perderam, literalmente da noite para o dia, grandes somas de dinheiro, e muitos tudo o que tinham.
Formou-se um excedente de produção agrícola no EUA, principalmente de trigo, que não encontravam comprador, interna ou externamente.
A indústria americana cresceu muito; porém, o poder aquisitivo da população não acompanhava esse crescimento. Aumentava o número de indústria e diminuía o de compradores. em pouco tempo várias delas faliram.
Cada empresário fazia o queria, criava as suas próprias regras e não havia qualquer tipo de controle..
De '20 a '29, os americanos compraram ações de diversas empresas. De repente o valor dessas ações começaram a cair. Os investidores quiseram vender as ações, mas ninguém queria comprar.
Esse quadro desastroso culminou na famosa "quinta-feira Negra" - dia em que a bolsa de NY sofreu a maior baixa da história.
Consequências:
A quebra da bolsa trouxe medo, desemprego, e falência.
Milionários descobriram, de hora pra outra, que não tinha mais nada e por causa disso, alguns suicidaram-se.
O número de mendigos aumentou muito.
The "New Deal"
Em '30, a crise agravou-se.
Em '33, Roosevelt foi eleito presidente dos EUA e elaborou um plano chamado "New Deal". O Estado passou a vigiar o mercado, disciplinando os empresários, corrigindo os investimentos arriscados e fiscalizando as espéculações nas bolsas de valores.
Outras medidas foram ...
...
a criação de um programa de obras públicas. O governo americano criou empresas estatais e contrui estradas, praças, canais de irrigação, escolas, aeroportos, portos e casas populares.
Com esse programa, as fábricas voltaram a produzir e a vender as suas mercadorias, e, assim, o desemprego foi diminuindo.
Tendo sido criadas, também, leis que protegiam os trabalhadores e os desempregados.
Para acabar com superprodução, o governo aplicava medidas radicais, que não foram bem aceites por muitos, comprava e queimava stocks de cereias ou pagava aos agricultores para não produzirem.

O resto do mundo ...
A Grande Depressão causou recessão económica em diversoso outros países, além dos EUA. Em muitos desses países, os efeitos foram similares, como, a falência de várias empresas (de carater financeiro, comercial e industrial), aumento de desempregados
Trabalho elaborado por:
Mariana de Andrade, nº.8
Mundo Atual
Uma Nova Ordem Económica
Formadora: Claúdia Neves Sousa
Full transcript