Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Epicurismo e Estoicismo

No description
by

Letícia Alves

on 11 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Epicurismo e Estoicismo

Epicurismo e Estoicismo

Conceitos e Fundamentos
O estoicismo desenvolveu-se como um sistema integrado pela lógica, pela física e pela ética, articulados por princípios comuns. Para o estoicismo, os princípios éticos da harmonia e do equilíbrio, fundam-se nos princípios que ordenam o próprio cosmos. O homem enquanto parte desse cosmos deve orientar sua vida prática por tais princípios. A ataraxia, a imperturbabilidade, constituem sinal da sabedoria e da felicidade, pois representam o estado no qual o homem, impassível, não é afetado pelos males da vida. Pregam a resignação como atitude.
O estoicismo possui duas consequências éticas:
1. A pessoa deve viver conforme a natureza: Pelo fato da Natureza ser dirigida pela razão divina, tudo tem motivo pré-estabelecido e não podemos mudar isso.
2. O homem sábio torna-se livre e feliz quando não se deixa escravizar pelas paixões e pelas coisas externas: O desenvolvimento do autocontrole e da firmeza é um meio de superar emoções destrutivas. A indiferença das emoções pode ser alcançada pela prática da virtude.
Um aspecto fundamental do estoicismo envolve a melhoria da ética do indivíduo e de seu bem-estar moral. Por exemplo, um estoico de virtude, alteraria a sua vontade para se adequar ao mundo e permanecer, nas palavras de Epicteto, "doente e ainda feliz, em perigo e ainda assim feliz, morrendo e ainda assim feliz, no exílio e feliz, na desgraça e feliz", assim afirmando um desejo individual "completamente autónomo" e, ao mesmo tempo, um universo que é "um todo rigidamente determinista". Chegavam ao ponto de aceitar que uma situação poderia ser tão desagradavel que justificasse sté mesmo o suicídio, que em certas circuntâncias seria a coisa mais racional a ser feita, desde que de forma indolor.
Sobre o Epicurismo
Sobre o Estoicismo
Conceito e Fundamentos
A finalidade da filosofia de Epicuro não era teórica mas sim bastante prática. Buscava o maior bem, que é a procura de prazeres moderados, de forma a atingir um estado de tranquilidade e de libertação o medo. Este estado, chamado pelos epicuristas de ataraxia, era sinônimo da única e verdadeira felicidade possível para uma pessoa, e para atingir este estado de tranquilidade deve-se buscar basicamente:
a saúde da alma, eliminando e considerando sem sentido as angústias e temores em relação à morte, aos deuses e a preocupação com o destino;
a limitação de desejos, pois quando são exagerados podem ser fonte de pertubações constantes, dificultando o encontro do estado de tranquilidade;
o conhecimento do funcionamento do mundo.
As pessoas não podem viver de forma agradável se não forem prudentes, gentis com os outros e justas em suas atitudes e pensamentos. As virtudes então devem ser praticadas como garantia dos prazeres.
A amizade, outro valor defendido, traz uma grande felicidade para as pessoas segundo o epicurismo, já que a convivência ocasiona uma troca sempre saúdavel de pensamentos e opiniões, que enriquecem as relações.

Seu Surgimento
A doutrina epicurista surge no momento histórico em que vivia a Grécia da época helenística, onde o indivíduo se distancia da política. Há uma decadência sócio-política na Grécia e os filósofos da época tentam conseguir a melhora, o desenvolvimento interior do homem, saindo da normal preparação para a política.
Seus Seguidores
A filosofia epicurista conquistou grande número de seguidores, os
epicuristas
. Estes devem evitar a dor e as perturbações, levar uma vida longe das multidões porém não solitário, dos luxos excessivos, se colocando em harmonia com a natureza e desfrutando da paz.
Seu Fundador
O seu fundador, Epicuro, nasceu em Samos em 341 a.C. Tendo ensinado em Cólofon, MItilene e Lampsaco transferiu a sua escola para Atenas. A novidade revolucionária, que acompanhava o pensamento de Epicuro, começava pelo espaço dedicado à escola: um prédio com um jardim nos subúrbios de Atenas. Longe do barulho da cidade, o silêncio do campo se adequava melhor à mensagem do filósofo.
A doutrina estoica se constitui progressivamente pelas contribuições sucessivas dos três primeiros chefes da escola: Zenão de Cício (332 a.C. – 262 a.C..), nascido em Cítio, na ilha de Chipre é o fundador da escola, no fim do século IV a.C. em Atenas; Cleanto de Assos (312-232) e Crisipo (227-204 a.C.). O estoicismo médio é representado essencialmente por Panécio (180-110) e Possidônio (135-51), que introduziram o estoicismo em Roma. O novo estoicismo se desenvolveu em Roma sob o império e está ligado a três grandes nomes: Sêneca (4-65 d.C.), Epitecto, um escravo, (50-125 d.C.) e o imperador Marco Aurélio (121-180).
O estoicismo tira seu nome do Pórtico (Stoa), local de Atenas em que se reuniam seus adeptos. Conhecida como Estoá ou "Jardim", por ocupar um pórtico pois, Zenão não era ateniense e não podia portanto, ter propriedades em Atenas. Seus seguidores foram chamados de
"os da Estoá"
,
"os do Pórtico"
ou de
"Estoicos"
.
Based on Jim Harvey's speech structures
Perguntas
1. Quais são as principais diferenças e semelhanças entre epicurismo e estoicismo?
2. Os Epicuristas deveriam viver de qual forma e como deveriam tratar as pessoas?
3. O que pregam no estoicismo sobre como o homem deve orientar sua vida?
Conclusão
O epicurismo e o estoicismo são escolas filosóficas com diferentes pontos de vista e finalidades, sendo uma delas encontrar, do jeito de cada filosofia, a verdadeira sabedoria de vida.
O epicurismo prega a busca do prazer, como objetivo maior da vida, através da moderação. Já o estoicismo encara o sofrimento como inseparável da condição humana, e procura ignorar o sofrimento alheio, justamente por esse ser inevitável.
Para Zenão a filosofia era a "arte de viver", como para Epicuro. Fundamentava-se num universal materialismo e dispensava qualquer transcedência. Mas embora compartillhasse alguns conceitos com epicuro, não aceitava algumas soluções epicureias, por exemplo, a redução do mundo material, incluindo nele o homem, a um modelo acásico de concentração de matéria, nem a ideia da redução do bem ao prazer.O estoicismo, ao contrário do epicurismo, não considera os prazeres como a fonte de felicidade, mas sim as virtudes.
Apesar das diferenças, as duas escolas se moviam no mesmo plano de negação da transcendência e não em planos filosóficos diferentes.
Full transcript