Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA ESCOLA DA PONTE

Avaliação como prática de aprendizagem, Avaliação e projeto educativo e Progressão... continuada?
by

MONICA PAIVA

on 6 May 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA ESCOLA DA PONTE

A AVALIAÇÃO DA APRENDIZAGEM NA ESCOLA DA PONTE
Profª Ms. Regina Denigres

Alunas:
Elaine Dauzcuk
Laura Medeiros
Mônica Paiva
AVALIAÇÃO COMO PRÁTICA DE APRENDIZAGEM
SERÁ QUE EXISTE UM PROCESSO DE AVALIAÇÃO NAS ESCOLAS “TRADICIONAIS”?
Escola da Ponte: a avaliação acontece o tempo todo. Está sistematizada no plano de estudo.
“Cada passo que a criança dá é avaliado, a começar por ela mesma. E aqui está um ponto importantíssimo: a AUTOAVALIAÇÃO”.
“Existem alguns casos (poucos) em que os alunos se inscrevem no dispositivo ‘Eu já sei’ e que ainda não ‘sabem’ tudo o que seria importante. Normalmente, eles reconhecem com facilidade isso mesmo e continuam seu trabalho”.
A avaliação na Escola da Ponte é feita de várias formas:

1º lugar: OBSERVAÇÃO. Avaliar os alunos em termos de atitudes e valores. Avaliar os conhecimentos de acordo com o nível em que o aluno se encontra.
Nos anos iniciais, a observação é muito utilizada, pois os alunos ainda não sabem ler e escrever.

2º lugar: AUTOAVALIAÇÃO – AVALIAÇÃO FORMAL incluindo os objetivos alcançados anteriormente- PROCESSO CONTÍNUO

3º lugar: Comportamento na sala, participação das assembleias, debates e apresentação de trabalhos.
A AVALIAÇÃO É SIMULTANEAMENTE CONSEQUÊNCIA E CAUSA DA ALTERAÇÃO DO TIPO DE TRABALHO”.
CONSIDERAÇÕES IMPORTANTES
 
“PENSARMOS QUE TUDO SE MUDA DE UM DIA PARA O OUTRO É UMA FORMA DE NÃO MUDAR”.
 
“PARA MUDAR A AVALIAÇÃO, É NECESSÁRIO MUDAR TODO O TRABALHO ESCOLAR”.
“ENCONTRAR CONTEXTOS INTERESSANTES, PARA QUE ELES PERCEBEREM QUE TUDO ESTÁ RELACIONADO COM TUDO”.
Aprendizagem significativa?

“NÓS PRIVILEGIAMOS OS INTERESSES E GOSTOS DOS ALUNOS, MAS TEMOS, TAMBÉM, CONSCIÊNCIA DE QUE É NECESSÁRIO DESENVOLVER UM LEQUE ALARGADO DE COMPETÊNCIAS”.
“O TESTE SERVE SÓ PARA COSNEGUIR UMA PROVA FÍSICA DO ‘NÃO-CONHECIMENTO’ OU DO ‘CONHECIMENTO’ DO ALUNO”.
“TODOS OS ALUNOS TÊM O SEU RITMO”

“O QUE NÓS TENTAMOS NA ESCOLA DA PONTE É QUE CADA ALUNO VEJA RECONHECIDO SEU RITMO E QUE, PARALELAMENTE, A AVALIAÇÃO SEJA PARA CADA ALUNO UMA OPORTUNIDADE DE APRENDIZAGEM”.
AVALIAÇÃO E PROJETO EDUCATIVO
Álbum arquivo e consulta

Bibliografias apoio e consulta

Autoavaliação com o professor/autocorretiva

Teste de itens selecionados pelos alunos

Teste sociométrico e inventário de atitudes (sinais de conflito)

Ata redigida pelos alunos – compara opiniões e são fontes de informação

Comunicação comunica descobertas

Quadro de solicitações solicitar ajuda

Registro de disponibilidade ajudar colegas

Debate final análise do dia de trabalho
Alguns dispositivos de avaliação da Escola da Ponte
Alunos emitindo juízo sobre a própria avaliação
Avaliação de atitudes
Objetivos de desenvolvimento
Flexibilidade de papéis
Autoavaliação informal
Respeito pela individualidade implica metodologias específicas
A criança protagonista de seu processo histórico
Avaliação = participação = transformação do mundo
Dificuldades de aprendizagem
Linhas de ação fundadas em análises do trabalho do ano anterior.
Projetos educativos
Condições especiais de avaliação aos portadores de deficiência

- Avaliação particular e específica

- Aluno avaliado segundo suas características




formação desenvolvimento social
cognitivo e atitudinal
Normatividade X resistência e crítica
Dificuldade de aprendizagem e evasão escolar
Orientação para o que é importante ou interessante aprender, planejar e compreender a necessidade de “pedir ajuda”.
Bem em algumas áreas, não tão bem em outras
Método global


parte do desenho às primeiras escritas


Método natural


parte da expressão oral e escrita da
criança, de seu texto livre
Avaliação e alfabetização
Progressão... Continuada?
Escola da Ponte
Sequencia de estudos = ciclos
Núcleo de Iniciação
Núcleo de Consolidação
Núcleo de Aprofundamento
Avaliação – não tem objetivo de aprovar/reprovar
Criança – avança conforme autonomia e ritmo próprios
Repetência
Mesmo espaço
- convivem crianças estudando objetivos diferentes
- não percorrem o mesmo caminho
- atingir os objetivos no próximo ano sem “repetir” o que já foi visto

Não existe repetência na Escola da Ponte
Repetência
“progressão continuada” X “aprovação automática”

individualização da aprendizagem

avaliação contínua e formativa (centrada nos processos, participada)
- Avaliação “alinhada” com a aprendizagem = “o ato de avaliar é um ato de aprendizagem...”

incompatível com as práticas de seriação e tempos uniformes
Progressão continuada
Full transcript