Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

De país agroexportador a urbanoindustrial

No description
by

Raul Grossi

on 19 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of De país agroexportador a urbanoindustrial

Industrialização Brasileira
Industrialização
É O PROCESSO PELO QUAL A INDÚSTRIA, NUM GERAL, SE TORNA O SETOR MAIS DINÂMICO DA ECONOMIA; AQUELE QUE GERA MAIS VALORES AO ESTADO E/OU CRIA MAIOR NÚMERO DE EMPREGOS.
Proibição
Restrição às atividades industriais; somente para consumo interno
1844
Implantação
Revolução Industrial
De país agroexportador
a urbanoindustrial

A do Brasil começou somente no fim do século XIX
O seu processo é dividido em 4 períodos:
Proibição, Implantação, Revolução e Internacionalização
Política mercantilista portuguesa controlava toda a economia agrária e mineira do Brasil colônia
Alvará de 1785: Manufatura têxtil restringida a produzir somente tecidos rústicos de algodão, devido à possível concorrência com produtos da metrópole
1808 - Chegada da Família Real
Começo do período de implantação, afinal a Família Real e sua corte não passariam esse "exílio" dependentes somente de importações periódicas
Implantação - 1ª e 2ª Fase
Sudeste
Indústria petrolífera
Petrobrás
Indústria petroquímica
Petrobrás
Agrale
Gurgel
Lobini
MG: USIMINAS, ACESITA e Belgo-Mineira;
RJ: CSN (Companhia Siderúrgica Nacional);
SP: COSIPA (Companhia Siderúrgica Paulista);
ES: CST (Companhia Siderúrgica de Tubarão).
Sul
Indústria Automobilística
Indústria Vinícola
Indústria de Calçados
Indústria Petroquímica
Indústria Hidrelétrica
Indústria Têxtil
Indústria Agrícola
1500-1808
Abertura dos portos para comércio; Início da industrialização capitalista
1808-1930
1808-1850
1 ª Fase
D. João VI revogou o alvará, abriu os portos ao comércio exterior e fixou taxa de 24% para produtos importados, exceto para os portugueses que foram taxados em 16%.
Lei Alves Branco, que ampliava as taxas de importação para 20% sobre produtos sem similar nacional e 60% sobre aqueles com similar nacional.
1808
1850-1930
2ª Fase
Lei Eusébio de Queirós
Capitais aplicados no setor industrial;
Vinda de imigrantes com o cafeicultura em alta
1850
1º Surto Industrial
De 200 (81) a 600 (89)
Década de 1880
1ª Guerra Mundial
1914
Era Vargas em ação
1930-1956
Fim das oligarquias tradicionais
Mão de obra nacional
Forte investimento nas indústrias de base
CSN
C. Hidrelétrica do S. Francisco
CNP
Vale do Rio Doce
2ª Guerra Mundial
Importações
Exportações
Ao final da guerra já existiam indústrias com capital e tecnologia nacionais
Indústria automobilística
Indústria siderúrgica
Intercionalização
Instalando o Brasil no mundo
A partir de 1956
Início do governo JK
Petrobrás
Em 1950 alguns problemas de grande importância dificultaram o desenvolvimento industrial:
Falta de energia elétrica;
Baixa produção de petróleo;
Rede de transporte e comunicação deficientes.
Plano de Metas
Aumento das indústrias de bens de produção
Centro-Oeste
Indústria madeireira
Indústria pecuária
Indústria de celulose e papel
Indústria de geração de energia
Indústria farmacêutica
Nordeste
Patrick Müller
Raul Grossi
Ronaldo Almeida
Geografia 3 - T11
Norte
Extrativismo da borracha
Indústria eletroeletrônica
Indústria alimentícia
Extrativismo mineral
Indústria alimentícia
Obtenção do sal (NaCl)
Geração de energia eólica
O Brasil é o 15º país mais industrializado do mundo
Principais produtos
Importados
Petróleo bruto, produtos eletrônicos, medicamentos, automóveis, gás natural e óleos combustíveis.
Exportados
Minério de ferro, aço, soja e derivados, carnes (bovina, de frango), cana-de-açúcar, aviões.
Industrialização não homogênea
Indústria siderúrgica
Indústria química
Indústria de combustíveis - Etanol
Indústria têxtil
Full transcript