Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE BIBLIOTECAS: APLICABILIDADE DO

No description
by

Fernanda Mignot

on 3 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE BIBLIOTECAS: APLICABILIDADE DO

ESTUDO SOBRE USABILIDADE MÓDULO AQUISIÇÃO
Estudo
2011/2012
Identificar o software adotado pelas bibliotecas universitárias federais e a aplicabilidade do módulo aquisição.

Aplicação de questionário
56 bibliotecas das universidades federais
Regiões: Norte, Nordeste, Centro-oeste, Sudeste e Sul do Brasil.

Principais questionamentos:
• Qual software (atual) é utilizado na automação da biblioteca?
• O Módulo Aquisição do software é utilizado para gerenciamento da aquisição de material bibliográfico?
• O Módulo Aquisição do software atende as necessidades?


MÓDULO DE AQUISIÇÃO – ANÁLISE
Pergamum - 75% - não atende as necessidades (exigências da licitação, falta de relatórios, incompatibilidade com o software da universidade e complexibilidade na utilização do módulo);

PHL (Personal Home Library) – não atende, apenas registra sugestões de aquisição;

SIE (Sistemas de Informação para Ensino) – pouco utilizado por não atender as necessidades dos serviços no setor;

VIRTUA - nenhuma das bibliotecas adquiriu o módulo aquisição, não atende as exigências de licitação;

SOPHIA - algumas bibliotecas indicaram falhas em alguns processos, está em aperfeiçoamento apenas para aquisição de livros;

ALEPH - o módulo aquisição não está disponibilizado;

ARGONAUTA – o módulo aquisição não atende;

Outros softwares – não foram indicados pontos positivos ou negativos.
SISBI/UFU – AQUISIÇÃO DE MATERIAL INFORMACIONAL
SISBI: 8 bibliotecas;
Processo de seleção e aquisição: centralizado na Biblioteca Central Santa Mônica.
Virtua (1999): módulo aquisição não adquirido;
Formas de aquisição: compra, doação ou permuta;
Aquisição (compra): licitação, modalidade de pregão eletrônico, (Decreto Federal nº 3.555, de 8/8/2000);
Periódicos não se enquadram nesta modalidade.

SISBI/UFU – BASE AQUISIÇÃO
1996
Início da automação dos processos de aquisição de livros;
D’Base migrado posteriormente para Access 95 e permaneceu até 2010.

1999

Criação do “Pericon” (periódicos);
Controle de permutas e normas técnicas - planilhas em Excel.

SOFTWARE DE GERENCIAMENTO DE BIBLIOTECAS: APLICABILIDADE DO MÓDULO DE AQUISIÇÃO DE MATERIAL INFORMACIONAL
Kelma Patrícia de Souza
Gizele Couto
Maira Nani França

Propósito
Análise da eficácia do módulo aquisição oferecido pelos softwares adotados em bibliotecas universitárias federais brasileiras.

Finalidade
Justificar a decisão da direção do SISBI/UFU no desenvolvimento de um software para gerenciar os processos de aquisição dos materiais informacionais para suas bibliotecas.

SOFTWARES DE BIBLIOTECAS
HISTÓRICO
O início da automação de bibliotecas aconteceu nos anos 60, na Biblioteca do Congresso Norte Americano, com a geração de catálogos.

A partir da década de 90 foram desenvolvidos hardwares e softwares:


SOFTWARES DE BIBLIOTECAS
• tecnologia utilizada;
• arquitetura;
• gerenciamento do software;
• segurança;
• interface;
• emissão de relatórios;
• recuperação da informação;
• compatibilidade com formatos padronizados (ISO 2709, Z39.50, MARC21);
• condições/riscos na migração de dados.
Modalidades dos softwares para automação:
livres, gratuitos, comerciais, nacionais ou estrangeiros
Desenvolvidos pela própria universidade:
• Desiderata e RH: atendem as necessidades;

Soluções encontradas para suprir esta necessidade:
• planilhas do Excel;
• formulários em Access;
• desenvolver software próprio.

Para atender a demanda das bibliotecas, o SISBI adquire anualmente uma grande quantidade de material informacional.
SISBI/UFU – SIGAMI
Substituir a Base Aquisição (obsoleta, não integrada);

Atender o constante crescimento do número de aquisições;

Agilizar e tornar as atividades de aquisição mais eficientes.
CONSIDERAÇÕES FINAIS
O módulo aquisição, disponibilizado pelos softwares, em sua ampla maioria, não atende as necessidades reais das bibliotecas;

Para gerenciar as aquisições muitas bibliotecas utilizam planilhas em Excel, Access e ferramentas desenvolvidas institucionalmente;

O módulo aquisição do Virtua não atende as demandas das bibliotecas, justificando a decisão da administração do SISBI no desenvolvimento de um software, em parceria com o CTI;
CONTATOS
http://www.sigami.ufu.br/

dirbi@dirbi.ufu.br

• capazes de gerenciar acervos e serviços de bibliotecas;
• compatíveis ao intercâmbio de dados e de informações.
Requisitos básicos a serem observados na escolha de um software:
Propósitos
2009 - desenvolvimento do SIGAMI (SISBI/CTI);

nov./2010 - implantação do módulo: “Solicitação Online”;

ago./2011 - realização da primeira aquisição pelo software.
Histórico
integração entre os módulos/serviços;
segurança dos dados armazenados;
possibilidade de atualização das tecnologias utilizadas;
flexibilidade para execução de ajustes necessários.

CARACTERÍSTICAS
MÓDULOS

solicitação online;
análise;
aquisição (pedido e recebimento);
relatórios;
tombamento;
transferência entre bibliotecas;
baixa e periódicos, incluindo a permuta.
SIGAMI
Vantagens do desenvolvimento de um software próprio:
atendimento às especificidades, manutenção e atualização do mesmo.

Vantagens de automação do processo de aquisição:
Não duplicar pedidos para a mesma biblioteca;
Evitar: compra desenfreada, preços abusivos e aquisição de obras desatualizadas;
Racionalizar tempo serviço;
Flexibilizar consulta e recuperação das informações;
Possibilitar recuperação global das informações da obra;
Extinguir processos manuais, fechados, obsoletos e desintegrados.
Full transcript