Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Motivação de Professores

Motivação
by

Lúcia Monteiro

on 9 November 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Motivação de Professores

Teoria Motivacional de Maslow Frustração visível através
de vários comportamentos: Liderança ou gestão? Motivação de Professores Agressividade - tendência para se comportar agressivamente. Um líder a quem faltam competências de gestão jamais pode ser um bom líder.
Para que o líder tenha competências de gestão e capacidade de liderança é necessário que ele possua não só formação adequada mas também características pessoais. Definir motivação - é difícil estudar os
motivos, pois, estes não são
diretamente observáveis - um determinado comportamento pode ter por base, vários motivos;
- a necessidade pode ser satisfeita por vários comportamentos;
- existem motivos que não produzem comportamentos que visem a satisfação da sua necessidade. Fatores
Internos Fatores
Externos Desequilibrio Necessidade Impulso Comportamento Objeto Objetivo Satisfação Tipos de Motivos Impulsos Básicos Motivos Sociais Motivos para
Estimulação Sensorial Motivos de
Crescimento Ideias como
Motivos Frustração incapacidade de satisfazer uma
necessidade ou um desejo Racionalização - raciocinios lógicos para justificar a incompetência ou o fracasso. Projeção - projetar nos outros caraterísticas ou comportamentos que são seus, sem que admita. Regressão - recuar no tempo e ter comportamentos que tinha numa fase positiva da sua vida. Resignação - apesar da revolta, aceita a situação não demostrando o que sente realmente. Fuga - indivíduos fogem à situação e se isolam. Transferência - transposição para outras pessoas ou situações, da sua raiva consequente da frustração. Compensação - retira o máximo que pode de uma situação frustrante ou canaliza as suas energias para uma atividade em que tenha êxito. Integração - aceitação da situação, encontrando o que nela há de positivo . O papel dos líderes Três espécies de professores:

Os excelentes os medíocres



os médios Não se consegue substituir com facilidade Pessoas altamente motivadas Faltam muito; andam sempre cansados;
fogem ao trabalho e têm má relação com os alunos Regras a mais sufocam a criatividade e matam a autonomia.
Os melhores professores habituam-se a cumprir regras.
Os professores medíocres são mestres na dissimulação e tudo fazem para as tornear.
Os melhores professores podem perder a capacidade de iniciativa numa organização. Estabelecem metas moderadamente difíceis mas potencialmente atingíveis;
Estão mais preocupadas com a realização pessoal do que com a recompensa do sucesso;
Sentem maior alegria por obter uma vitória ou resolver um problema do que por qualquer dinheiro ou prémio;
Gostam de comparar as suas realizações com as das outras pessoas;
Preferem o feedback referente a tarefas do que o feedback social ou de atitudes;
Querem saber o resultado das suas actividades;
Confiam nos seus esforços e capacidades. A autonomia dos líderes informais É melhor elogiar do que criticar.
O uso moderado dos elogios ajuda a melhorar o clima moral da escola.
Os professores precisam de aprender a apreciar positivamente o trabalho dos colegas. Evite as críticas Ter uma visão de escola Toda a gente precisa de orientações.
Quando a direcção da escola fornece orientações, deve ter presente vários princípios: Todas as pessoas têm um papel a desempenhar;
Cada um pode dar um contributo pessoal
Todos devem sentir que o seu contributo foi apreciado. Condições psicológicas que conduzem a comportamentos desmotivantes Desvalorizar as suas capacidades para resolver problemas;
Dizer para si próprio: “ não vou conseguir”;
Olhar para uma situação já passada e que foi frustrante e acreditar que vai ser sempre assim;
Bloquear a atividade respiratória e acelerar o ritmo cardíaco;
Desligar-se da realidade presente;
Exagerar a dificuldade da situação;
Aumentar o poder dos outros, diminuindo o seu próprio poder e importância. Sólidos e empenhados Envolver toda a gente Existem três estratégias que melhoram o envolvimento do pessoal docente:

Dar a conhecer ao pessoal docente práticas eficazes e programas educativos que sejam bem sucedidos.
Fazer, periodicamente, uma avaliação de necessidades e dar a conhecer os resultados.
Fazer reuniões periódicas com os professores e criar focus groups. Fazer uma lista dos seus recursos e capacidades relevando os seus pontos fortes;
Procurar uma imagem ou situação onde teve sucesso e revê-la;
Dizer a si próprio palavras estimulantes motivadoras e tranquilizadoras;
Fazer uma coisa de cada vez. Confie nas suas capacidades. Deixe o passado; concentre-se no futuro;
Respirar devagar e prolongadamente. Descontrair-se;
Desdramatizar a situação e confiar em si;
Reapropriar-se do seu próprio poder. Não exagerar o poder dos outros;
Fixar um objetivo e visualizar o sucesso decorrente da sua consecução. Comportamentos mobilizadores da motivação Comunicação: conteúdo e forma A percepção é um aspeto crucial na liderança.
Cada pessoa possui um conjunto diferente de experiências prévias.

Ouvir atentamente

Uma maneira de nos tronarmos bons comunicadores é aprendermos a ouvir bem.
Ser bom ouvinte é sobretudo saber compreender aquilo que o outro diz. Comunicação não verbal Contacto visual, linguagem corporal adequada, gestão dos silêncios e controlo das interrupções são aspectos fundamentais.
É importante ter consciência do lugar que se ocupa e da distância que se está do interlocutor.
O contacto visual é muito importante, na medida, em que falar com alguém sem manter o contacto visual, prejudica a comunicação. Não é fácil criar uma visão partilhada na escola.
Os líderes da escola devem ter um sistema de crenças sólido e coerente.
Os professores devem ser estimulados a criar um sistema de crenças próprio que se encaixe bem no projeto educativo da escola. Fazer de cada dia um dia diferente As ações diárias do presidente do conselho executivo têm um papel crucial no moral dos professores.
Há uma relação grande entre o moral dos professores e o clima da escola. Supervisão, avaliação e desenvolvimento profissional Estar presente é mais do que estar disponível e acessível.
É ser pró – ativo face a todos os aspetos da liderança.
A visibilidade cria oportunidades para a troca de informações, o elogio, as sugestões e o apoio. Como tirar partido do processo de avaliação Reuniões e mais reuniões O processo de avaliação é uma boa oportunidade para aumentar o moral dos professores e melhorar a sua auto – estima.
Umas das tarefas mais difíceis do líder educativo, é conseguir o equilíbrio entre a crítica e o elogio. Desenvolver o moral dos professores Os líderes educativos passam grande parte do seu tempo a cuidar dos problemas dos outros.
Inclui a resolução de problemas, ouvir os outros e tomar decisões. Como o ambiente afeta o moral dos professores Quando as reuniões são eficazes, os professores costumam achá-las interessantes e raramente se queixam do seu número.
Fazer reuniões excitantes e produtivas é essencial para o moral dos professores. Uma escola com um bom clima caracteriza-se por uma atmosfera de ordem e tranquilidade.
Para que o moral dos professores seja elevado, torna-se necessário que os professores se sintam bem na escola. O papel dos coordenadores de departamento e dos directores de turma na motivação dos colegas 1. Não fale de coisas importantes nos corredores da escola.
2. Não fale mal dos colegas quando eles estão ausentes.
3. Não diga, oiça apenas.
4. Não manipule os colegas.
5. Não ande com pressa. Como promover a automotivação A motivação intrínseca, ou seja aquela que provém de causas internas, pode ser incentivada por um clima escolar favorável à inovação e ao desenvolvimento profissional. Síndrome do Desânimo Aprendido Por mais empenhado que seja o professor, devido à exposição de fracassos sucessivos atribuidos a fatores internos e estáveis "aprende" que faça o que fizer não consegue controlar os resultados. Expectativas de não contingência entre o seu comportamento e os resultados alcançados. Expetactiva de controle externo - resultados são dependante de outros fatores fora do controlo pessoal. Expectativa de incontrolabilidade dos resultados (quer se empenhe muito ou pouco os resultados são os mesmos). Base do mal estar profissional e menor empenhamento (postura rotineira e inibição), que leva a maior fracasso. As metas profissionais são fundamentais para o empenhamento do professor, mas geram mal estar se estas não são alcançadas. Inteligência
Motivação
Auto estima Motivação
de
professores Professor - Lider Enfoque nos professores mais motivados de forma a melhorar o clima moral da escola. O Ser Humano não vive isolado... e como tal os professores são influcienciados por fatores internos e externos que condicionam o seu grau de motivação.
Há formas de potenciar o empenhamento e a motivação da classe docente... Liderança Educativa Clima da Escola Moral dos Professores Empenhamento dos professores Resultados de aprendizagens Qualidade da Educação Pensamos que uma das formas de motivação dos jovens professores passa por: Ouvi-lo com atenção;
Mostrar que as suas palavras são importantes;
Evidenciar interesse genuíno pelos seus atos e atitudes;
Feedback imediato e contínuo do seu trabalho. Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti Mestrado em Educação Pré - Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico Unidade Curricular: Didática da Comunicação Interpessoal
Full transcript