Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DENTES de RATO

No description
by

Filipa Gomes

on 19 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DENTES de RATO

Biografia da autora
Agustina Bessa-Luís nasceu em Vila Meã, Amarante, em 1922. A família do seu pai era do Norte do país e a sua mãe era espanhola.
Casou em 1945 com Alberto de Oliveira Luís. Viveu durante a infância e adolescência na região de Entre-Douro e Minho e depois em Coimbra até 1948. A partir de 1948 fixou residência no Porto.
Começou a escrever aos 16 anos e em 1950 publicou o seu primeiro romance.
Capa do livro
A capa do livro mostra-nos uma rapariga com cabelo curto e com um vestido largo. Essa rapariga, se repararmos bem, parece que está a viver noutro mundo.
Apresentação
da obra
Escritora: Agustina Bessa-Luís
Ilustrador: Martim Lapa
Editora: Guimarães Editores
1º publicação: 1987
Excerto da obra:

página 16 ... 2º parágrafo
Aconselho a leitura do livro
Eu aconselho os meus colegas a lerem este livro, não só para passar o tempo, mas para se divertirem um bocadinho, como eu me diverti.
Minha opinião:
Este livro é muito interessante e também engraçado. Lourença passa por muitas coisas, mas tem sempre a sua piada. A personagem de que eu mais gostei foi Falco, que era muito cómico, no entanto também gostei muito da Lourença. É uma menina que sabe aquilo que quer, que tem uma imaginação fértil e é muito divertida.
DENTES de RATO
O Livro tem 6 capitulos:
1º. Lourença;
2º. O colégio velho;
3º. O casamento de Mimosa;
4º. O pai;
5º. Os condes de cavaleiros;
6º. A cividade.
Resumo: Lourença
Lourença era uma rapariga que não gostava de adultos, principalmente daqueles que se metessem entre ela e a sua imaginação. Deram-lhe a alcunha de "Dentes de Rato" porque tinha dentes pequenos e finos e tinha a mania de deixar os seus dentes marcados nas maças. Ela tinha três irmãos: Artur, que era o mais velho e tinha uma vida misteriosa; Falco, que na verdade é Francisco e fazia todo o tipo de asneiras; uma rapariga, Marta, mais velha do que Lourença, mas que parecia uma pessoa já adulta.
Resumo: O colégio velho
Resumo: O casamento de Mimosa
Resumo: O pai
Resumo: Os condes de cavaleiros
Ele não se parecia com um colégio, era uma casa muito antiga e muito escura, funcionava como um convento. Lourença sentia-se bem junto das freiras. Achava-as ignorantes e, talvez por isso, que se dessem bem com as crianças. Madre Figueiredo podia ser uma santa se não fosse tão baixinha e se não tivesse o nariz tão vermelho.
Resumo: A cividade
Mimosa, a noiva, tinha um nome muito engraçado, o que fazia com que todos fizessem troça dela. D. Inês foi buscar Dentes de Rato num carro alto onde vinha outra menina refilona vestida igual a Lourença. Mimosa entrou no carro e Dentes de Rato sentou-se aos seus pés, mas sentia-se desconfortável, pois a noiva estava sempre a chamar-lhe à atenção.
Lourença comeu muitas bananas, porque puseram um prato delas à sua frente. Divertiu-se muito na festa. De regresso a casa, soube que esta ia ser vendida e então lembrou-se das brincadeiras que fazia com os seus irmãos.
O pai de Lourença era uma pessoa amável, era tratado como um rei, trazia presentes para os seus filhos mas nunca se lembrava dos seus aniversários. Dentes de Rato era um espírito de destruição. O pai era uma pessoa diferente, não gostava que ninguém ocupasse o seu lugar, mas gostava de fazer negócios. Lourença não gostava de ser protegida, nem de chorar e achava os adultos pouco inteligentes.
Artaxerxes, filho da caseira, tinha um nome arrevesado que o punha doido. Ele era um rapaz mau, fazia gestos feios para as raparigas, porque gozavam com o nome dele, mas Lourença foi ter com ele e disse-lhe que também a tratavam como "Dentes de Rato". Ele empurrou-a e ela caiu no chão. Xerxes era uma má influencia, pois, como era muito amigo de Falco, ensinou-o a chamar nomes feios às pessoas.
O monte da Cividade era um lugar muito antigo, onde já tinham habitado os Romanos. Falco tinha combinado com Xerxes subir o monte, mas Lourença também queria ir, então Xerxes empurrou-a, ela caiu ao chão e alejou-se. Falco foi atingido com um tiro na cara disparado por Xerxes. O pai dele prendeu-o, mas Lourença encotrou-o e, assim, Xerxes contou-lhe o que aconteceu. De seguida, Xerxes fugiu de casa.
Por fim, Dentes de Rato já não era Dentes de Rato, pois os seus dentes tinham caído e Lourença mudou muito: já não era aquela menina que todos conheciam.
Algumas obras da autora
Full transcript