Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Projecto

Projecto de tese
by

Ana Torres

on 22 June 2010

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Projecto

Utilização de ferramentas da
Web 2.0 na construção e
publicação de páginas de
internet no ensino superior Ana Torres
2010 Experiência pedagógica desenvolvida no âmbito da disciplina de TIC
3 turmas dos cursos de “Animação Cultural”, “Educação Social” e “Artes Plásticas e Multimédia” da Escola Superior de Educação de Santarém”.
Exploração de 3 ferramentas de construção de páginas de internet da Web 2.0 (Google Sites; Webnode; e Wix)

Os objectivos da unidade curricular a que este estudo pretende responder são:
Pesquisar sistemática e consistentemente informação na Internet
Reconhecer os benefícios e utilizar consistentemente as TIC e as novas ferramentas de comunicação da Web 2.0 no exercício do seu papel social e profissional.

Os alunos preencheram um questionário que pretendia avaliar a experiência vivenciada e as futuras aplicações das competências adquiridas.
O estudo A partir do questionário realizado, a 64 alunos, e do tratamento dos dados podemos caracterizar a população da seguinte forma: 42% frequentavam o curso de Educação Social; 31% o de Animação Cultural e Educação Comunitária e 27% o de Artes Plásticas e Multimédia.

As respostas foram maioritariamente femininas, 77%, o que corresponde ao género predominante dos alunos da ESES. Apenas 23% das respostas foram dadas por alunos do género masculino.

Das ferramentas trabalhadas a preferência dos alunos foi para o Wix que obteve 29 respostas precedido pelo Webnode com 26 e em último lugar com apenas 9 ficou o Google Sites
Resultados Escolha da Ferramenta Quais as potencialidades da ferramenta Esta nova “versão” da Web pode promover a autonomia dos alunos, as suas capacidades para trabalharem de forma colaborativa e a eficácia pedagógica do processo de ensino-aprendizagem mas as práticas educativas devem acompanhar esta evolução e potenciar as novas ferramentas criando novas dinâmicas colaborativas e sociais.

Para que o ensino superior consiga responder às exigências dos novos tempos é essencial que se associem às novas ferramentas estratégias inovadoras no processo de ensino aprendizagem.
no aprendizagem. Conclusões Os alunos privilegiam as ferramentas que são intuitivas, de fácil funcionamento e aprendizagem, com potencialidades ao nível das animações e efeitos flash.

Os alunos não só demonstram ter adquirido as competências necessárias para atingirem os objectivos da unidade curricular mas que têm consciência das mesmas e das possíveis aplicações na sua vida desenvolvendo actividades que envolvam as comunidades, incluindo as digitais.
Ferramenta direccionada para uma área específica Aplicações Futuras Competências Adquiridas Na Web 2.0 as pessoas deixaram de ir à internet apenas procurar informação, passam a fornecê-la, fazendo emergir conceitos como o da inteligência colectiva e o da aprendizagem colaborativa. Esta nova vertente da Web implica novas competências pois cada elemento da comunidade é um potencial contribuinte de conhecimento, responsável pela sua aprendizagem e pela dos outros.
Novas Competências
As ferramentas de Web Social, como as websites permitem aos estudantes ser autores criativos de conteúdos. Deste modo, a rede, em vez de um repositório acessível de informação, passa a ser um meio que permite a imersão e a construção colaborativa de sentido (Dias,2008).

“Os estudantes passam de receptores passivos a receptores-produtores activos de informação, opinião e conhecimento. Eles podem não só dar voz às suas ideias, como receber feedback. Consequentemente, contribuir para a Internet acarreta a necessidade de maior rigor e cuidado no conteúdo e na apresentação dos trabalhos. Nasce, espontaneamente, um grande sentido de responsabilidade e um extremo empenho e orgulho em publicar algo que esteja “impecável”, (Eça, 1998: 42).
O aluno 2.0 Salvat (2003), refere que a conectividade apresenta novas formas de acesso à informação e às redes sociais, concluindo que: “… esta nueva generación tiende a pensar de forma diferente cuando se enfrenta um problema y las formas de acceso, búsqueda de información y comunicación se realizan a partir del uso de las TIC” .
Full transcript