Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Revolução Francesa

Trabalho de História/Informática sobre a Revolução Francesa, 7ªA 2011, Colégio Apoio
by

Mateus Beltrão

on 9 May 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Revolução Francesa

O que é uma revolução? Motivos: Por que na França/Influência: Em diversas ocasiões, você provavelmente já ouviu falar em revolução. Mas o que será que define um fato, um acontecimento, como uma revolução?
Existem algumas características que podem nos ajudar a definir essa palavra, e devem ser sempre lembradas quando falarmos sobre revolução, seja qual for o tipo. Uma revolução sempre procura mudanças, inovação, romper com o passado, pois os revolucionários sempre acreditam que o futuro será melhor.
Também é importante destacar os conflitos que sempre estão presentes nas revolução. Além disso, os revolucionários sempre tem como foco principal algum sonho, alguma utopia. E claro, como você já deve ter percebido, uma revolução marca, de uma forma ou de outra, a história da humanidade. Alguns vídeos interessantes: OBS: esses vídeos são as 3 primeiras partes de uma matéria do History Channel. Se você se quiser ver o resto da matéria, poderá acessá-la no site: www.youtube.com SOCIAIS: 1º ESTADO: 2º ESTADO: 3º ESTADO: O primeiro estado era constituido pelo alto clero. Esse estado era o menor de todos, e não queria reformas constitucionais, porque ele já era muito benificiado, então não queria reformas na sociedade da França. O segundo estado era composto pelo baixo clero, e também pela nobreza. Era um pouco maior que o primeiro estado, e ficava meio indesivo em relação as reformas na sociedade, pois não tinha tanto privilégios em relação ao primeiro estado. O terceiro, e MAIOR estado da sociedade francesa, era ao mesmo tempo o mais desvaforecido. Ele era constituido pela burguesia, pelos trabalhadores rurais, e os operários. Revolta: O terceiro estado era o mais insatisfeiro com a ordem social da França, pois além de não ter nenhum privilégio, sempre saia perdendo nas votações para reformas socias, uma vez que o voto era por estado (como um todo, e não por cabeça), e que o segundo estado sempre apoiava o primeiro (o que resultava num "2 contra 1"). O que foi a Revolução Francesa? ECONÔMICO: 80% da população da França, na época, vivia nas zonas rurais. Consequentemente, a economia predominante era a agrária.
Alguns pensadores do liberalismo propunham reformas e investimentos no campo, apesar de nunca serem ouvidos. Mas quando as finanças entraram em colapso, houve uma grande crise economica no país (o principal motivo econômico da revolução). Porque será que essa grande revolução aconteceu na França? Por acaso teve alguma razão para isso?
Sim, muitas! A França possuia uma sociedade estamental, ou seja, era dividida em 3 estados. Possuia uma economia principalmente agrária (o que gerou uma crise econômica,e a mesma foi tida como importante fato para o início da revolução). Uma monarquia absolutista, onde o rei era o centro, e além do mas, a França foi o "berço" do Iluminismo, onde tudo começou, então o país tinha um grande número de Iluministas, o que também influenciou, pois muitos ideais do Iluminismo foram usados pelos revolucionários. Revolução Francesa Principais acontecimentos: A queda da Bastilha: Assembléia Nacional: Declaração dos Direitos Humanos: Bastilha, foi uma grande fortaleza, uma verdadeira prisão. Foi construída no começo do século XVII, e foi tomada no final do século XVIII, no dia 14 de julho de 1789 pelos revolucionários, que somavam mais de 30 mil.
A fortaleza era uma verdadeira prisão política, e além do mais, um grande símbolo do absolutismo na França. Sendo assim, a sua queda foi um fato muito importante, um marco na revolução, porque mostrou "o poder" dos revolucionários. A revolta tomou outras dimensões. O terceiro estado, como falei, era o mais insatisfeito com a divisão social, e é possível perceber isso sabendo um pouco mais sobre a formação da Assembléia Nacional:
Querendo que o voto fosse individual, e não por estado, o 3 estado convocou todos os deputados para formarem uma assembléia autônoma, a Assembléia Nacional, pois sabia que podia contar com alguns deles, que simpatizavam com as idéias revolucionárias. Então, no dia 9 de julho de 1789, essa Assembléia se autodenominou Constituinte, e eliminou os privilégios dados a nobreza e ao clero. Além disso, ainda impôs limites ao rei. Consequencias
da Revolução: A Revolução Francesa foi, sem duvida, um dos mais importantes fatos na história da humanidade, pois além de ter abolido a monarquia absolutista da França, criando uma república, proporcionou uma grande mudança na sociedade francesa: garantiu direitos iguais a todos, graças aos Direitos Humanos (que foi traduzido para muitos países), e influenciou até mesmo a independência de algumas colônias, tendo sido assim importante para todo o mundo, e não só para a França. No dia 26 de Agosto de 1789, foi aprovada pela Assembléia Nacional Constituinte da França, a elaboração da Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão, com base na Revolução Americana.
Essa constituição pretendia dar direitos iguais a todos, e conseguiu reunir em 17 artigos e um preâmbulo, todo o pensamento liberal do Iluminismo, até agora já foi traduzida para cerca de 370 línguas, atingindo países ao redor de todo o mundo, com seus ideiais de "Liberdade, Fraternidade e Igualdade". O nome "Revolução Francesa", abrange todos os acontecimentos, que a entre 5 de maio de 1789 e 9 de novembro de 1799, modificaram drasticamente a sociedade e a política francesa, além de ter sido um importante marco na história da humanidade. Girondinos e Jacobinos: Quando os deputados elegeram uma Convenção Nacional, repleta de poderes, eles acabaram de vez com a monarquia na França. Mas mesmo entre os revolucionários, dois ideais distintos se concretizavam, dividindo a Convenção Nacional, em Girondinos e Jacobinos.
Os Girondinos, eram aqueles que visavam principalmente interesses comerciais, e ainda estavam em duvida: monarquia constitucional, ou república?
Já os Jacobinos, eram compostos pelos revolucionários e democratas mais radicais, que queriam a todo custo uma república. A Reacão Termidoriana: Terror Jacobino: Foi um período que se iniciou com a queda dos Girondinos (que podemos dizer, eram os rivais dos Jacobinos), no dia 31 de maio de 1793, e só teve fim quando o líder jacobino foi assasinado.
Primeiramente, foi uma perseguição radical contra os Girondinos, com muito sangue e mortes, mas depois expandiu-se, para todo e qualquer pessoa inimiga da Revolução. Esse período, como podemos perceber, faz jus ao nome que tem. Os Girondinos que sobreviveram ao Terror Jacobino, armaram um golpe contra os Jacobinos, e acabaram por derrubar Robespierre, ex-líder dos Jacobinos. Esse fato marcou o fim dos Jacobinos, e também fez com que os Girondinos (a alta burguesia) voltassem ao poder. Esse golpe ficou conhecido com 9 Termidor. Fim! MUITO OBRIGADO!
Full transcript