Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

No description
by

Kauan Lunardon

on 31 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Análise do Clima de Curitiba
Variações Climáticas
Profª Juliane Lunardon
Histórico da Urbanização de Curitiba
Crescimento Planejado
Os efeitos da urbanização no clima
Ilhas de Calor
O que pode ter mudado no clima de Curitiba?
Formação de microclimas e de corredores de ventos pelos "canyons" urbanos
Caracterização do Clima de Curitiba
Plano Agache- 1943
Plano Serete- 1964
Legislação de uso e ocupação do solo- 2000
Plano diretor de Curitiba- 2004
-> Década de 70- Criação da CIC
Crescimento
Vertical e horizontal
População: 2.300.000 habitantes dos quais 1.750.000 se concentram no município de Curitiba (IBGE- 2007)
Resultado:
A cidade, não escapou das mazelas de tão vertiginoso incremento populacional, mesmo possuindo o maior índice nacional de área verde por habitante.
Verticalização das Contruções = barreira para a circulação do ar
Frota de Veículos muito grande
Quanto ao aspecto termodinâmico:

As trocas de energia e umidade entre a superfície urbano-industrial e o ar que a recobre, ocorrem de maneiras diferentes de acordo com a intensidade de uso e ocupação do solo urbano e intensidade das atividades neles desenvolvidas, alterando a variação de temperatura e umidade.
De igual maneira, as estruturas e formas urbanas interagem do nível meso ao microclimático com os padrões locais de vento, e em consequência com a dissipação intra-urbana de energia e dos contaminantes do ar.

Quanto aos aspectos físico-químicos:

Está relacionado ao conceito de poluição do ar que envolve necessariamente a noção de contaminantes que ocorrem na atmosfera. Estes, atuam como modificadores das características físico-químicas do ar das cidades de acordo com os tipos de fontes, e na dependência das condições meteorológicas locais.
O grau de alteração da atmosfera urbana decorrente da presença de contaminantes, indicará a intensidade de atuação de dois de seus principais agentes promotores: as atividades industriais e os veículos automotores

Três sistemas atmosféricos principais
Maritimidade
Alta pluviosidade e umidade no ano inteiro
MTa – Massa Tropical Atlântica
MTc – Massa Tropical Pacífica
MEc – Massa Equatorial Continental
Mpa – Massa Polar Atlântica)
E é claro... as 4 estações do ano num só dia.
Temperaturas mais amenas que a região metropolitana
entrada dos dois principais sistemas atmosféricos da região como provenientes do quadrante Norte.


O uso e a ocupação do solo influenciam de maneira considerável a variação da temperatura, alterando o clima urbano.
Aumento progressivo da temperatura média e do total de precipitações anuais.
Alternação de ilhas de calor e ilhas de frescor na cidade
Aumento da parte impermeabilizada do solo, o que resulta na grande amplitude térmica em períodos relativametes curtos
Full transcript