Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Cínicos e Céticos

No description
by

Ingrid Kezawin

on 4 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Cínicos e Céticos

Cínicos e Céticos
Diógenes e Pirro

Diógenes
Diógenes (413 - 323 a.C.)
Discípulo de Antístenes
"Pode golpear, porque
não existe madeira dura
o bastante para me levar
a desistir de fazer com
que me digas algo, como
me parece que devas."
A determinação da vontade ultrapassa qualquer obstáculo.
Diógenes
Destaque e símbolo do cinismo

Vivia em um tonel

"Procuro o homem."

Sabedoria como recusa da vida comum:
- Ascetismo;
- Retorno à vida natural;
- Abandono de qualquer atividade intelectual;
- Desprezo pelas comodidades.

A resistência física como valor ético
A renúncia à vida social
A escolha absoluta da pobreza



Tentava demonstrar que as pessoas tem a seu dispor tudo aquilo que realmente precisam para ser feliz;

Prioridade da ação sobre o pensamento;

É nas necessidades básicas dos animais que o homem deve se espelhar para conduzir sua vida;

"Na vida necessitamos apenas da razão, ou então de uma corda para nos enforcarmos."

Contestava o matrimônio e a convivência em sociedade. Se declarava cidadão do mundo. Acreditavam que o homem deve ser autônomo ,pois a felicidade deve vir de dentro do homem e não do seu exterior.



Como se deve viver?
A cultura é importante?
Em que consiste a virtude?
Diógenes, O Cão
"O próprio bronze envelhece com o tempo, mas tua gloria, Diógenes, nem toda a eternidade destruirá; pois apenas tu ensinaste aos mortais a lição da auto-suficiência na vida e a maneira más fácil de viver”.
Pirro (365 -275 a.C.)
Pirro, O Cético
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Tocantins
Campus Palmas
Alunos:
Ewerton Braga
Gustavo Aires
Ingrid Kezawin
Maria Eduarda
Informática IV
O problema:
É possível conhecer a verdade?

São possíveis juízos objetivos?

Insustentabilidade de chegar-se a qualquer juízo inopinável, universal;

Nenhuma proposição pode ser afirmada sem que também seja possível encontrar provas da proposição contrária.
A Tese
Full transcript