Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

FUNÇÕES DA LINGUAGEM NA PROPAGANDA.

No description
by

Geórgia Jendiróba

on 7 June 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of FUNÇÕES DA LINGUAGEM NA PROPAGANDA.

FUNÇÕES DA LINGUAGEM NA PROPAGANDA



As funções da linguagem servem para emocionar, impressionar, manipular e ordenar. Essas funções usadas na Comunicação são as seguintes:

Função Referencial
Função Apelativa
Função Emotiva
Função Metalingüística
Função Fática
Função Poética
Função Emotiva
Função Conativa (Apelativa)
A função Conativa nada mais é que o apelo Publicitário, é o comercial te ordenar a fazer algo querendo o convencer de que o produto da propaganda é realmente bom.
Um exemplo desta função da linguagem na propaganda é a frase "COMPRE BATON COMPRE BATON COMPRE BATON!!!"
Neste caso vemos um caso claro de função Conativa onde a propaganda ordena o consumidor a ter uma ação de comprar o produto que está sendo divulgado.

Quando o emissor demonstra seus sentimentos ou emite suas opiniões ou sensações a respeito de algum assunto ou pessoa, acontece a função emotiva, também chamada de expressiva.
Uma das maiores propagandas e slogans mundias já criados é a do Mc Donald's "amo muito tudo isso" e ela claramente se enquadra na função de linguagem emotiva pois seu slogan chama o consumidor e o indus a amar o Mc Donald's.
Função Referencial
Quando o objetivo do emissor é informar, ocorre a função referencial, também chamada de denotativa ou de informativa.
Exibiremos o texto a seguir publicado na capa da revista Veja, o emissor procurou fornecer ao receptor informações da realidade atual em que se encontra o Haiti, sem a opinião pessoal, de forma objetiva, direta, denotativa.

OBS: A ênfase dada ao título "Do caos à esperança" foi usada de uma forma "emotiva".
Logo, em um mesmo contexto, duas ou mais funções podem ocorrer simultaneamente.
Função Poética
O referente da mensagem é ela própria, como é o caso das obras de arte. Neste sentido, o emissor procura Tornar o discurso agradável e inovador. Estas mensagens-objetos são portadoras da sua própria significação.
A seguir veja como a propaganda faz uso da função poética para construir os significados do texto. Você percebeu a brincadeira entre as palavras “Quasar” e “casar”? Pois é, novos sentidos foram construídos, o que permitiu que a propaganda rompesse com o modo tradicional com o qual estamos acostumados a ver as palavras. Assim é a função poética, ela nos faz ir além e enxergar nas palavras imagens e sons.
Função Metalinguística
A Função Metalinguítica visa à tradução ou à elaboração do discurso. É a função que ocorre quando o destaque é dado ao código, nesse caso, o código da lingua é utilizado para explicar a si mesmo.
A seguir exibiremos uma propagnda feita pelo banco do brasil que exemplifica a função mestalinguística.

Feito por:
Geórgia Jendiróba
Fernanda Pires

Full transcript