Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

4) Por que utilizar o SI?

No description
by

André Bueno

on 4 August 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 4) Por que utilizar o SI?

Os Papéis Fundamentais dos SI nos Negócios
Tendências em SI
Ciclo de Vida dos SI
O ciclo de vida de um sistema de informação é composto por criação, evolução, decadência e morte. Embora não existem medidores precisos para estabelecer em que ponto o sistema se encontra, é possível ter uma boa idéia se analisarmos alguns fatores a seguir:
Evolução
Mudanças nas organizações, no mercado ou ações governamentais forçam os sistemas a evoluírem para atender as novas necessidades das empresas.

A mudança no ciclo de vida dos sistemas de informação de criação para evolução ocorre quando os sistemas começam a receber recursos que não estavam previsto no projeto original.

Essas mudanças ou evoluções como alguns chamam são benéficas quando bem implementadas. São necessárias em muitos casos para dar um impulso no sistema a fim de adequá-lo a novas realidades que vão surgindo. Novas leis, práticas de consumo, posicionamento da concorrência, entre outros fatores geralmente forçam mudanças nos sistemas a fim de adequá-lo à nova realidade.

Decadência
Um sistema de informação nem sempre consegue acompanhar as evoluções tecnológicas, organizacionais ou exigências de governos. Há situações em que se torna muito oneroso realizar adaptações nos sistemas para atender tais necessidades.

Com o tempo o sistema começa entrar em decadência, isto pode ser observado quando as necessidades do mercado começam a distanciar-se dos sistemas de informação.

Morte
A morte de um sistema de informação nem sempre é declarada, mas ela ocorre quando o sistema já não atende mais as necessidades da empresa ou dos usuários. Há casos que a empresa mantém o sistema apenas para consulta de dados antigos ou para operações básicas que ainda sobrevivem.
Uso Estratégico dos SI
Boa noite!
Administração de
Sistemas de Informação
Suporte aos processos de Negócios.
Suporte da tomada de decisão pelos seus empregados
Suporte das suas estratégias para vantagem competitiva.

1970
1980
2000
1990
1960
PROCESSAMENTO DE DADOS
1950-1960
RELATÓRIO GERENCIAL
1960 - 1970
APOIO À DECISÃO
1970 - 1980
SUPORTE ESTRATÉGICO AO USUÁRIO FINAL (1980-1990)
COMÉRCIO E NEGÓCIOS ELETRÔNICOS
1990 - 2000
Processamento de transações

Registro de dados

Contabilidade

EDP
Eletronic data processing
MIS
Management Information
System
Sistema de Informação Gerencial
Objetivo
Fornecer aos gerentes informações necessárias à tomada de decisão.
Processamento eletrônico
de dados
DSS
Decision Support System
Sistema de Apoio à Decisão
Usuário Final
EIS - Executive Information Systems
Sistemas de Informação Executiva
Inteligência Artificial
AI - Artificial Intelligence
ES - Expert System
Sistemas Especialistas
Baseado no
conhecimento
Consultores
SI -Papel Estratégico
1980-1990
SIS - Strategic Information
System
Sistemas de Informação Estratégicos
ERP - Enterprise Resource Planning
Sistema de Gestão Empresarial
ERP
PLANEJAMENTO
PRODUÇÃO
VENDAS
RECURSOS
CLIENTES
Componentes de um SI
Fonte: O'Brian, Marakas (2010)
Estruturas Organizacionais e SI
Reestruturação da Organização
Novos Desafios
Crescimento do Negócio
Pequeno comércio
Proprietário
Produção
Vendas
Proprietário
Vendas
Produção
Compras
Padeiro
Caixa
Atendente
Confeiteiro
Estoques
Limpeza
DIRETOR
PADARIA
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA
DEPARTAMENTO DE FABRICAÇÃO
DEPARTAMENTO DE COMPRAS
GERÊNCIA DE PRODUÇÃO
GERÊNCIA DE MARKETING
GERÊNCIA FINANCEIRA
CONFEITARIA
DEPARTAMENTO DE PLANEJAMENTO E CONTROLE DE PRODUÇÃO
CONTROLE DE MATERIAIS
PROGRAMAÇÃO
ESPEDIÇÃO
ENGENHARIA INDUSTRIAL
MANUTENÇÃO
ENGENHARIA DE PRODUTOS E PROCESSOS
DEPARTAMENTO DE CONTROLE DE QUALIDADE
COMPRAS LOCAIS
IMPORTAÇÕES
Diversos Tipos de Estrutura
Estrutura Funcional
Estruturas Divisionadas
Vantagens
Desvantagens
Estruturas Matriciais
Descentralização
Dificuldade de Controle
+ Pessoas
+ Especialistas
Gerenciamento
de tempo
Requer maior Integração
Modelos de Sistemas de Informação
Fluxo de Sistemas x Estruturas das Organizações
DM - Data Mining

“Mineração” para real valor dos dados.

Relacionado com lógica, inteligência artificial,
redes neurais e banco de dados.

Com altíssimo grau de sofisticação tecnológica.

Dados históricos podem revelar padrões e
sugerir previsões.

Foco: geração de conhecimento por meio de regras
.

DW - Data Warehouse

Grande banco de dados (BD) que armazena dados e informações integradas a partir de BD
operacionais da organização.

Propõe a integração dos dados e a eliminação das redundâncias das informações.

Contempla dados de dentro e fora da organização.

Moldado por todos na organização,
incluindo os engenheiros e usuários
dos DSS (Decision Support System).

SE - Sistemas Especialistas

Tecnologia com recursos de Inteligência Artificial.

Agrupamento organizado de pessoas, procedimentos, banco de dados e em um domínio.

São como um profissional especializado (expert).


Composição:
- base de conhecimento;
- base de regras e respectivos algoritmos;
- “motor de inferência”.

SGBD – Sistema Gerenciador de Banco de Dados

O banco de dados é uma coleção de dados organizada (“chave” ou “índice”)

O SGBD possibilita a manipulação dos dados por diferentes recursos tecnológicos de interface (database management system)

Componentes: linguagem de definição de dados; linguagem de manipulação de dados;
e dicionário de dados.

SAD - Sistemas de Apoio à Decisões

Ferramenta de TI que utiliza o paradigma:
- diálogo ou "interface” (regra “e se”) ,
dados e modelos (D.D.M), controlados pelo usuário.


Composição:
- sistema gerenciador de banco de dados (SGBD);
- sistema gerenciador de banco de modelos (SGBM);
- gerenciador de interface.

Foco: variáveis para cenários e simulações.

EIS - Executive Information Systems

Ferramenta de consulta às bases de dados da
empresa toda “Enterprise”. (Origem:MIT)


Características:


simplicidade de uso;
orientação para gráficos (drill-down);
complementação em vez de substituição.


Opções de funcionamento:

digitação das informações necessárias;
alimentação através de software;
acesso direto as bases de dados.

ERP - Enterprise Resource Planning

Tecnologia (pacotes) para gestão organizacional
ou sistemas integrados.

Registra e processa fatos a partir de um único input e disponibiliza a informação para todos.

Propõe otimizar os processos cotidianos e gerenciais de toda a organização.

Conceito de Estratégia
Competitiva
Estratégia de Arquitetura
TPS - MIS - DSS...
VANTAGEM COMPETITIVA
5 FORÇAS COMPETITIVAS
5 Forças de Porter
Full transcript