Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

TCC Ditadura Militar

No description
by

Daniela Z Ribeiro

on 1 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of TCC Ditadura Militar

José Sarney
A abertura política de João Baptista Figueiredo
Por que houve a necessidade de uma nova Constituição?
E a promessa de redemocratização?
Uma breve análise do Brasil Ditadura
A Ditadura Militar
A antiga Constituição seguia ideais da Ditadura Militar;
A Constituição carregava "entulho autoritário";
Uma nova Carta Constitucional poderia ser um instrumento que resolveria problemas herdados pela Ditadura;
Precisava ter um caráter universal, para atender todo o povo brasileiro.
Lançada no governo de José Sarney e presidida por Ulysses Guimarães;
Principais Mudanças
Direito do voto para os analfabetos;
Direito à greve;
Liberdade Sindical;
Seguro desemprego;
Ampliação da licença-maternidade e criação da licença-paternidade.

A promessa de que esse governo duraria apenas dois anos não foi cumprida, bem como não traduziu os anseios do povo brasileiro, pois o crescimento da nação se deu em detrimento da população, ainda que aquela fosse, sumariamente, constituída por essa.

Descontente, a população conseguiu, após quinze meses de campanhas por eleições diretas, abalar a estrutura do regime militar brasileiro, à custa de muito esforço e dedicação.
Constituição de 1988
Considerações Finais
Assume em 1985
Promete seguir os passos de Tancredo
José Sarney tomando posse em 15 de março de 1985
< Retirado de: http://acervo.oglobo.globo.com/incoming/12999923-c41-328/materia/Sarney-toma-posse.jpg, acesso em 17 de outubro de 2015>
“Os nossos compromissos, meus e dos senhores, agora empossados, são os compromissos do nosso líder, do nosso comandante, do nosso grande estadista, e a bandeira que reúne neste instante o país e as nossas vontades, que é a bandeira que se chama Tancredo de Almeida Neves.”


(SARNEY, José, 1986,durante cerimônia de posse dos novos ministros)
Planos do governo Sarney
Bresser
Cruzado
Cruzado II
Cartaz em supermercado informa a falta de margarina: o desabastecimento foi uma das marcas do Plano Cruzado, lançado pelo governo Sarney
< Retirado de: http://acervo.oglobo.globo.com/incoming/9246181-074-df2/imagemHorizontalFotogaleria/2005-049171-_19860311.jpg.Acesso em 17 de outubro de 2015>
< Retirado de:http://memoria.ebc.com.br/agenciabrasil/sites/_agenciabrasil/files/gallery_assist/26/gallery_assist732139/ABr180908ABr180908Digitalizar0032.jpg. Acesso em: 17 de outubro de 2015>
Promulgação da Consituição de 1988
< Retirado de: http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/ex-presidentes/jose-sarney/foto.Acesso em 17 de outubro de 2015>
A DITADURA MILITAR
Daniela Zaramello
Lucas Pavret
Pedro Rost
Tassia de Paiva
Victor Alexandre
Prof.º Orientador: Liliane Prado Almeida
Jacareí, outubro de 2015
Introdução
Objetivo Geral
Objetivo especifico
Justificativa
< Retirado de : https://linhaslivres.files.wordpress.com/2014/05/ditadura-militar-no-brasil.gif. Acesso em: 17 de outubro de 2015
Política
Após tomarem o poder, os militares deram inicio as mudanças no modo de governo, começando a impor decretos e leis.
Charge do cartunista Latuff acerca dos pronunciamentos oficiais do governo
Aceitação Popular
Com a união da população, a ideia do direito, abolida pelo regime ditatorial, foi recuperada. Como a única forma de “oposição” permitida a este era o MDB, a solução encontrada foi a criação de novos grupos sociais de oposição.
< Retirado de: http://img.r7.com/images/2013/10/02/11_22_08_442_file?dimensions=460x305. cesso em 17 de outubro de 2015>
Repressão resultou em mortos, desaparecidos, torturados e exilado
A Reconquista dos Direitos
Clube das Mães
Movimento Custo de Vida
Movimentos estudantis

< Retirado de: http://memoriasdaditadura.org.br/wp-content/uploads/2014/11/5-1968-as-atrizes-eva-todor-tonia-carrero-eva-wilma-leila-diniz-odete-lara-e-norma-bengell-em-1968-durante-a-passeata-dos-cem-mil-em-protesto-contra-a-ditadura-militar-no-brasil-no-rio-de-janeiro-1381319233039_1252x776.jpg. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Passeata protestando contra a ditadura militar no Brasil, Rio de Janeiro em 1968
O presidente Geisel, iniciou o processo de “abertura”. Assim, aos poucos, a população recuperava seus direitos.
A Eleição de Tancredo Neves
Procurou “converter” os oposicionistas a sua causa;

Não vamos nos dispersar. Continuemos reunidos, como nas praças públicas, com a mesma emoção, a mesma dignidade e a mesma decisão. Se todos quisermos, dizia-nos, há quase duzentos anos, Tiradentes, aquele herói enlouquecido de esperança, poderemos fazer deste País uma grande Nação. Vamos fazê-la.



(Neves, Tancredo, 1985,após sua eleição à Presidência da República no Colégio Eleitoral, no plenário da Câmara dos Deputados.)
15 de Janeiro de 1985, dia da eleição;
Se deu após a rejeição da Emenda Dante de Oliveira;
Integrou a chapa Aliança Democrática;
<Retirado de: Frame do documentário "Tancredo Neves A Travessia" de Silvio Tendler. Acesso em 16 de outubro de 2015>
Povo cria “corrente humana” para escalar a cúpula do Senado do Congresso Nacional, após a divulgação da vitória de Tancredo Neves, em 1985.
Tancredo viajou até os Estados Unidos, com intuito de refirmar alianças políticas;

Democracia frágil, desgaste do presidente;

Passa por diversas cirurgias após dores abdominais;

Falece em 21 de março de 1985, devido à diverticulite
<Retirado de: http://infograficos.estadao.com.br/uploads/galerias/2937/28944.jpg. Acesso em: 17 de outubro de 2015.>
<Retirado de: Frame do documentário "Tancredo Neves A Travessia" de Silvio Tendler. Acesso em 16 de outubro de 2015>
“A pior das democracias é preferível a melhor das ditaduras”

Ruy Barbosa

“A revolução se distingue de outros movimentos armados pelo fato de que nela se traduz, não o interesse e a vontade de um grupo, mas o interesse e a vontade da Nação.

[...]em nome da revolução vitoriosa, e no intuito de consolidar a sua vitória, de maneira a assegurar a realização dos seus objetivos e garantir ao País um governo capaz de atender aos anseios do povo brasileiro...”

(Ato institucional nº 1 de 9 de abril de 1964, fragmento)
Povo reza nas imediações do INCOR (Instituto do Coração) pela saúde do presidente, em São Paulo.
Emenda Dante de Oliveira e Diretas Já
Votação da Emenda
Manifestantes dirigem-se ao Vale do Anhangabaú, no centro de São Paulo, para o comício que reuniu mais de 1,5 milhão de pessoas, em 16 de abril de 1984.
<Disponivel em:http://www.saopaulo.sp.gov.br/spnoticias/lenoticia2.php?id=236641&c=5342. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Histórico e Motivações
<Disponivel em:http://www12.senado.leg.br/noticias/galerias/diretas-ja. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Deputado Dante de Oliveira defende a emenda das Diretas Já na sessão do dia 25/26 de abril de 1984.
<Disponivel em:http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/ULTIMAS-NOTICIAS/466119-HA-30-ANOS,-A-CAMARA-ESTAVA-REUNIDA-PARA-VOTAR-A-EMENDA-DANTE-DE-OLIVEIRA.html. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Interior do Congresso durante a votação da emenda no dia 25.
<Disponivel em:http://memoria.oglobo.globo.com/erros-e-acusacoes-falsas/diretas-nos-palanques-no-congresso-9607326. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Brasília ocupada por forças de segurança no dia da votação da emenda Dante de Oliveira
<Disponivel em:http://memoria.oglobo.globo.com/erros-e-acusacoes-falsas/diretas-nos-palanques-no-congresso-9607326. Acesso em 17 de outubro de 2015>
Resultado da votação da emenda Dante de Oliveira, mesmo com a derrota a oposição comemora o “sucesso” das diretas.
Referências Bibliográficas
LIBERAL, Maurício; ASSIS, Ival; JUVENAL, José. A conquista dos direitos. Edições Loyola, São Paulo, 1997.

NAPOLITANO, Marcos. O Regime Militar brasileiro: 1964-1985. 4ª Edição: São Paulo. Saraiva S/A. 2008.

FILHO, João Roberto Martins. O Golpe: Militares e civis na trama de 1964. Revista de História da Biblioteca Nacional, ao 7, nº83, pp. 23 a 25. Rio de Janeiro/RJ, agosto de 2012.

BIBLIOTECA DA PRESIDENCIA DA REPÚBLICA. Biografia. Disponível em: <www.biblioteca.presidencia.gov.br/ex-presidentes/jb-figueiredo/biografia-periodo-presidencial>. Acesso em: 17 jun. 2015.

FUNDAÇÃO TANCREDO NEVES. São Paulo: 2010. Disponível em: <http://tancredo-neves.org.br/index.php?option=com_content&view=article&id=58&Itemid=104>. Acesso em: 07 jul. 2015.


(1)

<Retirado de http://www.biblioteca.presidencia.gov.br/ex-presidentes/jb-figueiredo/foto. Acesso em 17 de outubro de 2015>
“Reafirmo: é meu propósito inabalável — dentro daqueles princípios — fazer deste País uma democracia. As reformas do eminente Presidente Ernesto Geisel prosseguirão até que possam expressar-se as muitas facetas da opinião pública brasileira, purificado o processo das influências desfigurantes e comprometedoras de sua representatividade.”
Lei da Anistia
< Retirado de: http://opiniaoenoticia.com.br/brasil/lei-da-anistia-completa-34-anos-com-nova-discussao-sobre-sua-constitucionalidade/ Acesso em 17 de outubro de 2015 >
Promulgada em 1979, a Lei da Anistia libertava os presos políticos e mais de 5.000 exilados, além de perdoar crimes cometidos pelos militares, o que gerou indignação no povo que pedia por uma anistia mais irrestrita.
Fim do Bipartidarismo
< Retirado de: http://www.jornalomunicipio.com.br/o-fim-do-bipartidarismo-no-brasil-e-noticia-nesta-edicao-de-1979/ Acesso em 17 de outubro de 2015>
Com uma reforma partidária em 1979 que extinguia a ARENA e o MDB, surge no cenário político novos partidos que enfretaram grandes burocracias para se consolidarem.
(FIGUEIREDO, João, em seu discurso de posse no dia 15 de março de 1979.)
( Jornal "O município" com artigo de dezembro de 1979 que retrata o fim da Arena e MDB.)
Verão
Aprovada no dia 5 de outubro de 1988;
Metodologia
Full transcript