Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Untitled Prezi

Trabalho sobre a Bateria Fatorial da Personalidade das Alunas da PUC-GO.
by

amanda santana

on 22 May 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Untitled Prezi

Bateria Fatorial da Personalidade Introdução ao BFP DEFINIÇÕES DOS CINCO GRANDES FATORES EXTROVERSÃO: indica o quanto elas são comunicativas, falantes, ativas, assertivas, responsivas e gregárias.

SOCIALIZAÇÃO: descreve a qualidade das relações interpessoais que estende da compaixão e empatia ao antagonismo.

NEUROTICISMO: Refere-se ao nível crônico de ajustamento e instabilidade emocional dos indivíduos

REALIZAÇÃO: descreve características como o grau de organização, persistência, controle e motivação

ABERTURA A EXPERIÊNCIAS: se refere aos comportamentos exploratórios e ao reconhecimento da importância de ter novas experiências. Amanda Carolina
Andreia Silva
Cristiane Siqueira Bateria Fatorial da Personalidade 5 grandes fatores:
Extroversão,
Socialização,
Realização,
Neuroticismo e
Abertura a experiências.

É um teste projetivo estruturado Estudos indicam a utilidade do teste para:

1)Pesquisa,
2)Avaliações clínicas e psicológicas,
3)Avaliações nos contextos da psicologia do trabalho e organizacional,
4)Avaliações de triagem na área da saúde,
5)Orientação profissional,
6)Psicologia Forense,
7)Psicologia escolar e educacional, e
8)Avaliação neuropsicológica. Foram necessários 50 anos para que pesquisadores da personalidade dessem a devida atenção ao modelo,

Possíveis causas para o reconhecimento tardio:
1)A análise fatorial era muito difícil de ser realizada com precisão, pela falta de computadores, e com isso demandava muito tempo.
2)Alguns pioneiros da pesquisa não se voltaram para a área da personalidade, e sim para o campo da inteligência.
3)A concepção que os psicólogos tinham sobre o campo da personalidade era muito ligada ao campo teórico, com escassa fundamentação em pesquisas sistemáticas. Década de 50 --> construindo uma reputação sólida, baseado em dados empíricos

Fiske(1949), Tupes e Christal(1961; 1992), Borgatta(1964) , Norman(1963) e Norman e Goldberg(1966). tiveram resultados muito similares

Pesquisas na área das teorias fatoriais contribuiu sob o aspecto instrumental e metodológico e teorias de traços de personalidade com o desenvolvimento da sua base teórica POR QUE CINCO FATORES? A descoberta foi acidental

Não há uma explicação teórica a priori e satisfatória

Mac Adams(1992) observou que os cinco fatores se referem a informações fundamentais que geralmente queremos ter sobre pessoas que iremos interagir:

- Ativo e dominante, passivo e submisso;
- Socialmente agradável ou desagradável;
- Amigável ou frio;
- Responsável ou negligente;
- Louco, normal e estável;
- Aberto a novas experiências ou desinteressado... Levantamento de escores brutos Sistema informatizado para levantamento da BFP, disponibilizados pela Editora Casa do Psicólogo. AINDA NÃO TERMINEI! Material
Caderno de Aplicação - Instruções + 126 itens
Protocolo de respostas
Protocolo de apuração (correção manual)

Situação de aplicação
Individual ou em grupo
Não tem limite de tempo
Ambiente para aplicação - adequado Aplicação e levantamento Procedimento Lápis e protocolo de respostas

Preencher cabeçalho completo

Instruções: "Você está recebendo um caderno que contém frases que descrevem sentimentos, opiniões e atitudes. Por favor, leia atentamente cada uma das sentenças e pense o quanto você se identifica com elas. A seguir, marque no Protocolo de Respostas, no local apropriado, a sua resposta a cada item. Para tanto, siga as instruções abaixo:Para cada item, você tem a opção de marcar de "1" a "7". Se você acha que a sentença absolutamente não o descreve adequadamente, marque "1". Se você acha que a frase o descreve muito bem, marque "7" no Protocolo de Respostas. Se você considerar que a frase o descreve "mais ou menos", marque "4". Considere que quanto mais você achar que a frase é apropriada para descrevê-lo, maior será o valor a ser marcado na escala (respostas 5,6 e 7); quanto menos você se identificar com a descrição, menor será o valor a ser registrado na escala (respostas 1,2 e 3).
Note que todos os valores da escala podem ser marcados. (*)
Não existem respostas certar ou erradas. é importante que suas respostas sejam sinceras. Responda a todos os itens e, por favor, não risque ou escreva no caderno de aplicação." BFP Correção Do BFP Alguns cuidados são necessários para a correção do BFP, principalmente com as facetas que apresentam itens negativos e positivos. Itens positivos são indicadores diretos de um alto nível de um dado contruto. Para a Extroversão um item positivo seria "Costumo tomar iniciativa e conversar com os outros" e um negativo seria " Dificilmente falo de mim para os outros" apontando assim um baixo nivel desse construto. Nesses casos, é fundamental inverter os itens negativos. Esses itens são apresentados na cor PRETA no PROTOCOLO DE RESPOSTAS, e devem ter a pontuação invertida. Pontuações invertidas 1=7 ; 2=6 ; 3=5 ; 4=4 ; 5=3 ; 6=2 ; 7=1 O teste tem um total de 126 questões., observa-se que os itens marcados com "*" são invertidos, sendo que no Protocolo de Respostas e no Protocolo de Apuração estes aparecem em negrito. Neuroticismo Vulnerabilidade (N1): 55, 60, 73, 75, 79, 82, 89, 110, 118
Instabilidade Emocional (N2): 25, 51, 65, 77, 86, 102
Passividade/ Falta de energia (N3):13, 22, 35, 37, 95, 100
Depressão (N4): 16*, 29, 40, 48, 70, 106, 121, 124 Extroversão Comunicação (E1): 17*, 38*, 66*, 97, 105, 120
Altivez (E2): 3, 5, 14, 78, 93, 99, 111
Dinamismo (E3): 21, 26, 32, 108, 117
Interações sociais (E4): 8, 11, 47, 50, 52, 71, 90 Resultados N1- Vulnerabilidade: Pessoas que apresentam escores muito alto nesse fator tendem a apresentar baixa autoestima e relatam ter grande medo de seus amigos as deixem em decorrência de seus erros, tendendo a serem inseguras, dependentes.
Escores muito baixos nesse fator podem indicar mal adaptação, podendo essas pessoas serem frias e insenssiveis, extremamente dependente dos outros ( Trantorno de Personalidade Dependente e de Esquiva - DSM-IV).

N2- Instabilidade Emocional: escores altos indicam pessoas impulsivas quando sentem algum desconforto psicológico, além de apresentar grandes ocilações de humor sem motivo aparente, podendo ter dificuldade de controlar emoções negativas, possuindo baixa tolerância a frustração. Pessoas com escores baixos apresentam menor ocorrência de sentimentos negativos, mais otimistas em relação a qualidade de suas vidas, maior controle de impulsos, melhor tolerância a frustração.

N3- Passividade e Falta de Energia: falta de motivação, tendencia a apresentar um comportamento de procrastinação.
Por sua vez escores baixos incica uma pessoa mais proativa, sem precisar de auxilio externo para terminar seus afazeres

N4- Depressão: escorres altos indicam um atendencia maior a depressão, ao contrario de escores baixos. E2- Altivez: pessoas com escores altos relatam ter a necessidade de receber atenção das pessoas, crenças que os demais sentem inveja e apresentam predisposiçãopara falar sobre si.
Escores baisxos indicam pessoas mais humildes, com pouca necessidade de receber atenção

E3- Dinamismo: altos escores indicam pessoas dinamicas, e ativas; baixos escores indicam pessoas que fazem uma coisa por vez, podendo demorar mias para colocar suas ideias em pratica.

E4- Interações Sociais: escores altos nessa escala tendem a ser gregários e se esforçam para manter contato com seus conhecidos, preferindo atividade grupais; escores baixos indicam pessoas que preferem ficar sozinhas ou em grupos pequenos. Extroversão E1- Comunicação: pessoas com escores altos apresentam facilidade para falar em publico e conhecer novas pessoas.
Diferente de escores baixos onde a pessoa prefere não expor sua opinião, tendem a falar menos de si mesmas. Socialização Neuroticismo S1- Amabilidade: escores altos nesse fator indicam pessoas atenciosas e amáveis com os outros, demostrando Aplicação Professora: Débora Katiúcia prucupação com as necessidades alheias, tendem a ser proativas com os problemas dos outros.
Já pessoas com escor baixo apresentam pouca disponibilidade para com os demais, sendo autocentradas e indiferentes para com as necessidades alheias, podendo ser indicios de Transtorno de Personalidade Narcisista ou Antissocial.

S2- Pró- Sociabilidade: um alto escore desse requisito indica uma pessoa que "segue" normas sociais, evitando transgressões e situações de risco, diferente de pessoas que tem escores baixos que tendem a se envolver em situações de perigo, podendo ter maior problemas com uso de álcool, por exemplo.

S3- Confiança nas Pessoas: escor alto indica uma postura ingênua, podendo ser facilmente enganadas por outros. Por sua vez, pessoas com escore muito baixo constatemente relatam ser perseguidas, podendo ser extremamente ciumentas em suas relações amorozas, tendo grande dificuldade de desenvolver intimidade com os outros. Realização R1- Competência: escores altos indicam pessoas, que tendem a acreditar no seu potencial, tendo preferências por atividades desafiadoras, tendo clareza sobre seus objetivos; diferentes de pessoas com escores baixos, que tem pouca disposição para atngir seus objetivos.

R2- Ponderação/ Prudência: pessoas com escores altos tendem a ser mais ponderadas no que dizem e fazem, tentando controlar sua impulsividade.
Escores baixos indicam pessoas que tendem a falar antes de pensar, e agir antes de fazer qualquer planejamento e a serem impulsivas, de modo geral.

R3- Empenho/ Comprometimento: pessoas com escores altos tem tendência a se dedicarem ao máximo a atividades acadêmicas e ao trabalho, gostam de obter reconhecimento por seu esforço, e podem ser perfeccionistas; pessoas com baixo escore nesse requisito, não constumam se dedicar as atividade acadêmicas, sendo mais descuidadas. Abertura A1- Abertura a ideias: pessoas que tem escor alto tem abertura para novos conceitos ou novas ideias, já pessoas com baixo escor são mais conservadoras e pouco curiosas em relação a novos temas.

A2- Liberalismo: escore alto indica abertura para novos valores sociais e morais; escore baixo envolvem pouco interesse por questões referentes a revitalização de valores e conceitos.

A3- Busca por Novidades: pessoas que possuem altos escores nesse fator não gostam de rotina, tendo pouca energia para realizar tarefas repetitivas; pessoas com baixo escor age de forma contraria, não gostando de sair da rotina, bem como pouco interesse para fazer novas atividades e conhecer novos lugares. FIM... Os Percentis são encontrados entre as páginas 107 à 117.
Full transcript