Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Paralímpicos: o cybercorpo

No description
by

Gustavo Lima Isler

on 18 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Paralímpicos: o cybercorpo

Psicologia do Esporte, Novas Tecnologias e o Cybercorpo
Cada sociedade, cada cultura, em cada momento age sobre o corpo, determinando-o.
Neste contexto a sociedade contemporânea tem cada dia mais tentado retirar dos corpos os sinais do enfraquecimento e de debilidade
A manifestação desta interação corpo-máquina se expressa nas mais diversas ocasiões, dentre estas se destacam as que envolvem o
fitness
e o esporte de alto rendimento
Body-building
Máquinas de
Musculação
Diante deste cenário,
como pensar a prática esportiva contemporânea e
futura?
Esteróides Anabolizantes
e Fármacos
Silva e Goellner (2007)
Barbosa, Matos e Costa (2011)
REFERÊNCIAS:
BARBOSA, Maria Raquel; MATOS, Paula Mena; COSTA, Maria Emília. Um olhar sobre o corpo: o corpo ontem e hoje. v.23, n.1,
Psicologia & Sociedade
, 2011. p. 24-34. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/psoc/v23n1/a04v23n1>.

SILVA, André Luiz S.; GOELLNER, Silvana Vilodre. Universo biotecnológico e fronteiras partidas: esporte, gênero e novo eugenismo.
Revista Gênero
, v.7, n.2, 2007. p. 81-91. Disponível em: <http://www.revistagenero.uff.br/index.php/revistagenero/article/view/144/88>.

TRIVIÑO, José Luis Pérez. Cyborgsportpersons: between disability and enhancement. v. 57,
Physical Culture and Sport
. Studies and Research, 2013, p. 12-21. Disponível em: <http://www.academia.edu/3195098/Cyborgs_and_sport_Between_Disability_and_Enhancement>.
Quão distantes estão as fronteiras entre o humano e a tecnologia?
Será o cybercorpo a próxima revolução na evolução do desempenho atlético?
O cybercorpo se caracteriza por ser semelhante ao humano em aparência, mas se distancia deste quando comparado à seu rendimento.
Silva e Goellner (2007)
Para auxiliar em sua reflexão, é importante diferenciar entre os efeitos do uso terapêutico, de aprimoramento e o pós-humano da tecnologia.
Triviño (2013)
Efeito Terapêutico:
responsável por reparar o corpo, de um desgaste físico, doença ou lesão, para o próximo jogo.
Efeito de Aprimoramento:
responsável por aumentar do potencial natural humano.
Efeito "
Transhuman
":
responsável pela melhoria sobre-humana, ou seja, o aumento das capacidades de uma pessoa para além do alcance característico da espécie.
Triviño (2013)
Para Triviño (2013) quatro importantes objeções são feitas contra a intervenção tecnológica no esporte:
1. Desigualdade entre os atletas;
2. Causar problemas de saúde;
3. Desumanizar o esporte; e
4. Representar um problema estético.
Desigualdade entre os atletas
Esta primeira crítica contra implantes e próteses que melhoram os resultados nos desportos é semelhante àquela dirigida a dopagem convencional.
No entanto, em seu estado atual, a tecnologia não avançou ao ponto de criar atletas que são superiores aos "talentosos", que não fazem uso dos mesmos recursos.
Tecnologia causadora de problemas de saúde
Esta objeção sugere que a tecnologia implantada nos ciborgues afetaria a segurança e a saúde de um atleta devido à falta de conhecimento e as possíveis consequências das alterações ao corpo humano a longo prazo.
Há muita divergência entre os especialistas da área. Sendo esta preocupação mais justificada em casos de extremas alterações.
Desumanização do esporte
Segundo esta crítica o aprimoramento tecnológico pode tornar incapaz a identificação do ser original, conduzindo à uma crise identitária, confrontando a própria definição do termo: "humanidade".
Acredita-se que a pureza do esporte está em perigo: "o atleta com um dispositivo pode ser considerado uma personificação significativa da perda de sentido no espetáculo desportivo" (MARCELLINI, 2012 apud TRIVIÑO, 2013).
Problema estético
Com reduzido apoio teórico e ético, essa crítica não se refere ao desempenho atlético, mas à aceitação, pelo espectador, das modificações causadas ao corpo humano pela implantação de próteses e demais recursos tecnológicos.
Outro ponto que chama a atenção é quanto a diferença entre modificar e substituir. Neste sentido, "a modificação cirúrgica de um músculo, ou mesmo a modificação de uma córnea através de cirurgia a laser, não seria igual a implantação de fibras de carbono para substituir as pernas biológicas" (TRIVIÑO, 2013, p. 18).
Próteses
Chips
Roupas e Acessórios
Inteligentes
3ª Semana - Paralímpicos: o cybercorpo
Tutor: Prof. Dr. Marcelo Callegari Zanetti
Avaliador: Prof. Ms. Gustavo Lima Isler
Tenham todos
uma ótima semana!
Full transcript