Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

3s-l3-port-mod9

No description
by

Coord Acadêmica ENEM

on 26 August 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 3s-l3-port-mod9

A composição e
outros processos

A composição é o processo que une palavras ou radicais para formar novos vocábulos. Há a composição por justaposição e por aglutinação.
Além da derivação e da composição, outros processos também fazem parte da formação das palavras em língua portuguesa, a saber: hibridismo, abreviação, reduplicação, onomatopeia, siglonimização, neologismo, e empréstimo.
É a união de duas ou mais palavras sem que haja alteração fonêmica.

Exs.: passatempo, amor-perfeito, girassol, guarda-chuva, mal-me-quer.
Composição por justaposição
É a união de duas ou mais palavras com alteração fonêmica.

Exs.: Planalto (plano + alto), fidalgo (filho+de+algo), petróleo (petra + óleo), aguardente (água + ardente), pernalta (perna + alta), embora (em + boa + hora).
Composição por aglutinação
Observações
Obs. 1: Alguns radicais só são utilizados na composição, ou seja, não possuem autonomia na língua, ou não aparecem como palavra isolada. São formados por aglutinação os seguintes vocábulos: fruticultura, aurífero, horticultura, fotofobia, teologia.
Obs. 2: Deve-se sempre respeitar o critério dos constituintes imediatos na formação da palavra. Exs.: Planaltino: planalto + ino (derivação sufixal); paraquedista: paraquedas + ista (derivação sufixal)
Outros processos
Palavra formada com elementos de idiomas diferentes.

Exs.: automóvel (grego e latim), sociologia (latim e grego), alcoômetro (árabe e grego), caiporismo (tupi e grego), burocracia (francês e grego), abreugrafia (português e grego).
Hibridismo
Há quem não considere o Hibridismo como um processo, mas como o resultado de um processo.
Observação:
Eliminação de parte significativa da palavra, a fim de se obter uma forma mais curta.

Exs.: extra (extraordinário), pneu (pneumático), cinema (cinematógrafo), metrô (metropolitano), foto (fotografia).
Abreviação ou redução vocabular
Repetição de sílaba, quase sempre com alternância vocálica. (Este é o processo que normalmente se usa para formar onomatopeias.)

Exs.: Vovô, papai, reco-reco, pingue-pongue, tique-taque.
Reduplicação
É o vocábulo que procura reproduzir aproximadamente certos sons.

Exs.: Reco-reco, zunzunzum, fonfom, bem-te-vi, pumba, catapimba.
Onomatopeia
É a formação de siglas: ABL (Academia Brasileira de Letras); OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo); INSS (Instituto Nacional de Securidade Social); Petrobras (Petróleo brasileiro).
Siglonimização
Morfológico: criação de palavras por qualquer processo conhecido de formação: futsal; bioterrorismo; avigrama (Vinícius de Moraes); Teadoro (Manuel Bandeira).

Semântico: novo significado atribuído à palavra: navegar na rede; salas de bate-papo. “Conseguiu o emprego porque tinha pistolão”. “Curtia a vida em plena segunda-feira”!
Neologismo
É um estrangeirismo. Um neologismo proveniente de outra língua.

Exs.: deletar, mouse, site, estresse, xampu, “hall”, “show”, “shopping center”.
Empréstimo
Atividades
Questão 1:
Significado de alguns radicais gregos
Questão 2:
Questão 3:
Questão 4:
Questão 5:
TEXTO I

— Amarre este velho, e vamos com ele para a cadeia
do Pilar.
A tropa saiu com o Capitão Vitorino Carneiro da Cunha
todo amarrado de corda, montado na burra velha que os
soldados chicoteavam sem pena. Corria sangue da testa
ferida do capitão. A luz vermelha da madrugada banhava
o canavial que o vento brando tocava de leve. Marchava o
capitão na frente da tropa, como uma fera perigosa que
tivessem domado com tremendo esforço. Os moradores
vinham olhar e os homens se espantavam de ver o velho
que todos sabiam tão manso, amarrado daquele jeito.

(José Lins do Rego. Fogo Morto.)
TEXTO II
Compare o texto de José Lins do Rego com a ilustração
contida no livro de onde foi retirado. É correto afirmar que
o texto verbal
a) apresenta detalhes ausentes na cena ilustrada.
b) é retratado fielmente na cena da ilustração.
c) tem seu conteúdo distorcido pela cena ilustrada no livro.
d apresenta sentido contrário ao descrito na cena ilustrada.
e) não guarda relação com a ilustração apresentada.
Muitas vezes as “tirinhas” são instrumento de utilização do
humor como um “convite” à reflexão do público leitor. A
resposta dada ao professor pelo personagem do terceiro
quadrinho sugere que ele
a) apresenta uma precoce tendência à participação política,
fruto de seu desejo de bem servir à coletividade.
b) tem uma visão social incomum, para as pessoas da sua
idade, e crença efetiva nos representantes da classe política.
c) aproveitando a pergunta formulada, nivela os políticos,
em importância, aos grandes nomes da arte literária.
d) ironiza, pois considera que políticos que apregoam a
futura realização de projetos em benefício do povo não
farão as promessas virarem realidades.
e) não considera pertinentes como exemplos da sua primeira
fala aqueles apresentados pelo professor em suas
perguntas
A charge acima pode ser integralmente entendida como
uma posição crítica
a) que afirma que uma programação televisiva de pouca
qualidade provoca telespectadores pouco qualificados.
b) que afirma a responsabilidade dos telespectadores pela
qualidade deficiente apresentada nos programas da tevê.
c) que estabelece uma relação típica de um círculo vicioso
entre as posturas apresentadas pela tevê e os seus espectadores.
d) que estabelece responsabilidades unilaterais com relação
à possível deficiência da programação regular da tevê.
e) que satiriza o teleespectador que critica uma programação
de tevê porque não consegue entender o seu alcance.
Entre as competências fixadas em um estabelecimento de
ensino para os alunos de Educação Física, lê-se:

Ser capaz de atuar de forma solidária, respeitando e
valorizando a inclusão social, as diferenças individuais,
as regras estabelecidas, a elaboração e a adaptação das
manifestações corporais, evitando a competitividade
excessiva, favorecendo a participação de todos na escola,
em momentos extraescolares e de lazer.
De acordo com o texto, uma possível atitude a ser desenvolvida
por um professor na área de Educação Física é
a) deixar que os con"itos acaso existentes , gerados durante
as práticas esportivas, se resolvam segundo os valores
dos próprios participantes, já que vivemos mesmo em
sociedade competitiva.
b) enfocar prioritariamente os esportes de competição, fundamentando
sua prática na valorização das características
desta atividade, sem estímulo direto aos princípios do
respeito e do diálogo.
c) estabelecer sistema de mérito que selecione os mais
aptos à prática esportiva, segmentando o grupo de alunos
segundo tais características.
d) estimular o sentimento de solidariedade e autonomia,
antes, durante e depois da prática dos esportes e dos
jogos, tanto em relação aos companheiros de equipe
quanto aos “adversários”.
e) promover, realisticamente, o reconhecimento de que as
regras do esporte recreativo não podem ser adaptadas
para inclusão de todos, como, aliás, se percebe em outros
contextos sociais.
“Nada impede que a mulher grávida pratique esportes,
desde que moderadamente. Sem forçar o ritmo, a grávida
pode e deve praticar exercícios que a ajudem a viver melhor
a gestação ou a fortaleçam para o parto. A partir do quarto
mês, no entanto, ela deve evitar exercícios em posição deitada
de costas. Para descansar no intervalo dos exercícios,
sugere-se que se deite de lado.”
Viva em forma o ano todo: manual prático e saude e bem-
-estar. Associação Pro-teste Consumidores (com adaptações)
Segundo o texto, é acertado dizermos que
a) a mulher grávida pode praticar esportes e fazer exercícios,
de forma parcimoniosa.
b) é bem mais desejável que a mulher grávida apenas se
exercite até o quarto mês.
c) a partir do quarto mês, o ideal é que a mulher grávida
se exercite em decúbito dorsal.
d) os exercícios da mulher grávida, para serem efetivos,
devem ser feitos de lado.
e) a possibilidade de fazer exercícios, para as grávidas, não
se vincula a vantagens na gestação.
Comparando o texto de José Lins do Rego com a ilustração contida no livro de onde foi retirado, pode-se afirmar que o texto verbal apresenta detalhes ausentes na cena ilustrada (alternativa A).
A resposta dada ao professor pelo personagem do terceiro quadrinho revela certa ironia, pois percebe-se claramente que o aluno considera que políticos que apregoam a futura realização de projetos em benefício do povo, não farão as promessas virarem realidade (letra D).
A charge apresentada pode ser integralmente entendida como uma posição crítica que estabelece uma relação típica de um círculo vicioso entre as posturas apresentadas pela tevê e os seus espectadores, isso porque, na charge, o telespectador acha a televisão “burra” e a televisão por sua vez vê o telespectador como “idiota” – fato que caracteriza assim uma relação viciosa de mera acomodação tanto da TV como do telespectador.
De acordo com o texto, uma possível atitude a ser desenvolvida por um professor na área de Educação Física é estimular o sentimento de solidariedade e autonomia, antes, durante e depois da prática dos esportes e dos jogos, tanto em relação aos companheiros de equipe quanto aos “adversários” (letra D). Tal ideia é essencialmente percebida no texto na seguinte passagem: “Ser capaz de atuar de forma solidária, respeitando e valorizando a inclusão social, as diferenças individuais”.
Segundo o texto, é acertado dizermos que a mulher grávida pode praticar esportes e fazer exercícios, de forma parcimoniosa (opção A), isto é, à gestante é permitida a prática de atividade física, porém tal atividade deve ser realizada de maneira cautelosa.
Full transcript