Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

4 Perfis Comunicacionais

No description
by

Mariana R. Mendes

on 19 November 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of 4 Perfis Comunicacionais

4 Perfis Comunicacionais
Passivo
Conceito:
Conceito:
Conceito:
Conceito:
Agressivo
Assertivo
Manipulador
Comportamento objectivo e claro;
Controlo emocional;
Respeito pelo outro;
Disponível à negociação;
Honrar os compromissos;

Lema:

"Eu perco, tu ganhas."
"Eu ganho, tu perdes."
"Eu venço, tu vences"
"Eu venço, tu perdes."
Instrumentalizar o outro;


Linguagem vaga;


Muito teatrais;


Adaptação de discurso;


Desfiguração de informação.
Características
Verbais:
Não-Verbais:
Características
Características
Características
Verbais
:
Verbais
:
Verbais
:
Não-Verbais:
Não-Verbais:
Não-Verbais:
Comunicação clara;
Expressões positivas;
Voz moderada e calma;
Transparência na linguagem;
Resolução de problemas através da negociação.
Contacto visual com o outro, sem intimidá-lo;

Postura tranquila;

Gestos firmes, apropriados ao conteudo verbal;

Expressão facial: aberta e calma.
- Linguagem é usada como disfarce;




- Discurso vago


Comportamento disfarçado, logo há uma ausência de sinais ou gestos.

Dominância
Submissão
Confiança
Manipulação
Origens:
Origens:
Educação com base na confiança e respeito mútuo.
Educação tradicional:

- Comportamento manipulador dos pais perante os filhos, com o intuito de alcançar o poder total sobre os mesmos.
Expressões que decorre:
"Eu prefiro..."
"Sinto que..."
"Sou desta opinião..."
"Penso deste modo..."
"Sinto que isto tem de ser feito desta maneira."
Expressões que decorre:
- Utiliza o "nós" em substituição do "eu", com o intuito de comprometer o outro com as suas próprias atitudes;

- "Diz que disse..."
Consequências:
- Comunicação boa e eficaz;

- Relação de maior confiança;

- Responsabilidade por si próprio e pelas suas opiniões;

- Sentimento de controlo de vida;

- Diminuição de tensões.
Consequências:
- Cria uma péssima comunicação com o outro, pois difunde rumores;



- Quando "desmacarados", dificilmente irão voltar a ter a confiança do outro.
Origens:
Expressões que decorre:
Consequências:
Lema:

Lema:

Lema:

Origens
Expressões que decorre:
-> Atitude de evitamento perante as pessoas e os acontecimentos;

-> Não se afirma de forma clara;

->Afasta-se ou submete-se;

-> Não age porque tem medo das decepções;

->Torna-se frequentemente num explorado e vítima de tudo e de todos.
- Voz apagada e doce;

- Hesitações parando as palavras a meio do seu discurso;

- Sobrancelhas levantadas;

- Olhos abertos e a piscar rapidamente;

- Sorriso nervoso;

- Tem tendência a morder o lábio inferior, sem dar conta do que está a fazer;

- Cora facilmente com ar de culpado;

- Possuí uma postura contraída;

- Tem tendência a ter os ombros encolhidos;

- Queixo baixo;

- Mãos agitadas e sempre a fazer movimentos.
Sinais deste estilo:
- Roer as unhas;

- Mexe os músculos da cara;

- Range os dentes com frequência;

- Bate com os dedos na mesa;

- Possuí um riso nervoso;

- Mexe com frequência os pés;

- Apresenta-se ansioso;

- O seu discurso, muitas vezes, é um discurso "decorado";

- Sofre de insónias.
Teve uma educação severa e rígida;

Teve um ambiente familiar particularmente difícil e disfuncional;

A frustração é uma constante nos membros do agregado familiar;

Falsa representação da realidade;

Má apreciação e interpretação das relações de poder e de influência;

Imagina o outro com muito mais poder do que na realidade tem;

Desvorização das suas capacidades para resolver problemas;

Os modelos de imitação são quase sempre disfuncionais.

"É preciso deixar as pessoas à vontade!"

"Não sou o único a lamentar-me."

"Não quero dramatizar a situação."

"É preciso fazer concessões."

"Não sei bem..."

"Por mim qualquer coisa dá...decide tu"
É explorado e rebaixado pelos outros;

Sentimentos que os outros abusam;

Irritação;

Menos auto-estima;

Autocomiseração (ter pena de si próprio);

Sentimentos de desespero e de culpa.
-> Necessita de submeter os outros;

-> Observa-se através de comportamentos de ataque contra as pessoas e os acontecimentos;

-> É completamente cego no relacionamento com os outros;

-> Sente-se como se fosse o centro do Universo;

-> Vê os outros como planetas que gravitam à sua volta.
- Mãos e dentes cerrados;

- Movimentos bruscos;

- Movimentos com a cabeça rápidos;

- Tem uma postura direita e tensa;
- Fala alto;

- Interrompe os outros;

- Faz muito barulho, não permite que os outros exprimam a sua opinião;

- Faz ameaças, ataques pessoais, intimidações: é sarcástico e irónico;

- Impaciente;

- Manifesta desaprovação.
Uma elevada taxa de frustação no passado: Uma pessoa que tenha vivenciado numerosas situações de elevada violência e agressividade no passado, teme o Mundo que o cerca;

Os seus medos e receios levam a uma elevada generalização do medo;

Os seus mecanismos de defesa centram-se no ataque;

O agressivo vive constantemente numa postura de rivalidade.

Nunca se esquece de quando se sentiu humilhado.

Consequências:
Sinais deste estilo:
- Não controla o tempo enquanto está a falar;

- Olha fixamente o seu interlocutor;

- Sorri ironicamente;

- Manifesta por mímica o seu desprezo pelos outros;

- Recorre a imagens chocantes ou brutais, para provocar impacto.
"Faça isto..."

"Está errado..."

"Despache-se lá com isso!"

" Neste mundo é preciso um homem saber impor-se!"

" Estou cercado por idiotas e imbecis!"

" Só os fracos e os sensíveis é que se sentem ofendidos e maltratados por mim."
Não consegue estabelecer relações íntimas e de confiança;


Desperdício de energia, devido a um sentimento de alerta permanente;


Raiva e impaciência perante a "Natureza Humana";


Os outros sentem-se ameaçados.

- Queixo levantado ou para a frente;

- Ar tenso;

- Olhar fixo;

- Lábios apertados.
Trabalho Realizado por:
Mariana Mendes


Maurício Santos
Full transcript