Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Amplificador Classe A com acoplamento A transformador

Eletrônica Analógica
by

Victor Brandão

on 8 December 2012

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Amplificador Classe A com acoplamento A transformador

Trabalho de Analógica Amplificador Classe A
com acoplamento a
Transformador Camila Rodrigues Ramos
Ilacir Conceição dos Santos
Luciana Felipe Prata
Victor Gabriel Veríssimo Brandão Transformação de Tensão Transformação de corrente O transformador pode aumentar ou reduzir uma tensão, de acordo com o número de espiras. Se o número de espiras no lado secundário é maior do que no primário, a corrente no secundário será menor do que a corrente no primário. Transformação de Impedância Esta impedância é mudada quando vista pelo lado do primário (RL'). Podemos mostrar isto
da seguinte forma: Se definirmos alfa=N1/N2, onde alfa é a razão de
espiras do trasformador, a equação anterior se tornará: Podemos então, expressar a resistência da carga refletida para o lado primário por: Exercício 1 Exercício 2 Operação do Estágio Amplificador Reta de carga CC A resistência de um enrolamento de um transformador é geralmente próxima de zero.

Se não há queda de tensão através da resistência de carga de O ohm, a reta de carga é desenhada verticalmente do ponto de tensão, Vce. Ponto Quiescente de operação O ponto de operação de um transistor, pode ser obtido graficamente pelo ponto de interseção da reta de carga cc e a corrente de base indicada pelo circuito. O ponto de polarização é muito importante na determinção da operação de um amplificador classe A, pois se o sinal de entrada produz uma oscilação de tensão menor do que a máxima possível, a eficiência do circuito naquele instante será menor do que 25%. Reta de carga CA Oscilação do sinal e Potência de saída CA Exercício Eficiência Exercício Máxima eficiência Teórica Exercício Calcular a resistência de ca;

E então desenhar a reta de carga ca sobre a curva característica do coletor. Devemos desenhar a reta de carga ca de maneira que ela passe através do ponto de operação e tenha um coeficiente angular de -1/R’L(a resistência de carga refletida),o coeficiente angular da reta de carga sendo o negativo do inverso da resistência. A tensão desenvolvida através do primário do Trafo pode ser bastante grande. É necessário, então, após a obtenção da reta de carga ca, verificar se a oscilação de tensão não excede os valores nominais máximos do transistor. E a potência ca desenvolvida através do primário do transformador pode então ser calculada utilizando: No amplificador classe A o sinal de saída varia por um ciclo completo de 360º.E ele necessita de um ponto Q, para que seja polarizado em um nível tal que o sinal possa variar para cima e para baixo sem atingir um tensão suficientemente alta capaz de ser restringida pelo nível da fonte de tensão, ou descer a um ponto que possa atingir o nível inferior da fonte, ou 0V, para o exemplo mostrado na figura. Obrigado(a) Consideramos até agora o cálculo da potência ca liberada para a carga. Consideramos, em seguida, a potência de entrada fornecida pela fonte, as perdas de potência no amplificador e a eficiência global de potência do amplificador classe A acoplado a transformador.
A potência de entrada (cc) obtida da fonte é calculada a partir do valor da fonte de tensão cc e da potência média drenada da fonte:
Pi(cc)=Pi(cc)-Po(ca)
Potência dissipada pelo transistor:
PQ=Pi(cc)-Po(ca)

Onde:
PQ-Potência dissipada por calor;
Pi(cc)-Potência drenada da fonte;
Po(ca)-Potência liberada para a carga. Quando o sinal de entrada é grande e a potência liberada para a carga também é grande, menos potência dissipada pelo transistor. Ou seja, a dissipação de potência em um amplificador classe A atinge seu máximo quando a carga é desconectada do amplificador; e o transistor dissipa a mínima quantidade de potência quando a carga está drenando a máxima potência possível do circuito. Para um amplificador classe A acoplado a transformador, a máxima eficiência teórica atinge 50%. Com base nos sinais obtidos utilizando o amplificador, a eficiência pode ser escrita por: Quanto maior o valor de Vce máx, e menor o valor de Vce mín, mais próxima fica a eficiência do limite teórico de 50%.
Full transcript