Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Processamento Primário de Gás Natural

No description
by

Katherine Oliveira

on 7 September 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Processamento Primário de Gás Natural

Processamento Primário de Gás Natural Docente: Drª Vanja Maria de França Bezerra Discentes:
Adolfo Lopes de Figueredo
Jéssica Maria Damião de Arruda Câmara
Katherine Carrilho de Oliveira
Vanessa Farias Vieira Importância do Gás Natural Produção O gás recém produzido contém, principalmente: hidrocarbonetos, água, CO2, H2S. Por isso, o gás passa por processos compressão e de tratamento que visa a remoção dos gases ácidos e da água. Desidratação do gás natural Problemas causados pela umidade
- Formação de hidratos
- Corrosão dos dutos (CO2, H2S)
- Formação de gotas de líquidos (erosão)
- Congelamento do gás (plantas de absorção criogênica e refrigerada) - Absorção utilizando glicóis (em especial o trietileno glicol), sólidos higroscópicos como o cloreto de cálcio e mistura de outros sais com propriedades desidratantes;
- Adsorção utilizando peneiras moleculares, alumina ou sílica gel. Métodos de desidratação Desidratação utilizando TEG Vantagens do TEG:
Maior facilidade na regeneração, maior temperatura de decomposição, menor volatilidade e toxicidade, menor viscosidade em baixas temperaturas. Unidade de desidratação:
Absorvedor, uma válvula de despressurização com um tanque de flash, trocadores de calor, uma coluna regeneradora e bombas. Principais parâmetros de projeto:
Número de estágios nas colunas, taxa de recirculação e temperatura do solvente da regeneradora, temperatura do refervedor na regeneração do solvente, quantidade de gás de stripping usado, pressão de operação na etapa de regeneração. Unidade de Desidratação Objetivos - Analisar o processo de remoção de água da corrente de gás oriunda do campo de produção. - Utilizar especificamente uma coluna absorvedora com emprego de trietilenoglicol (TEG). - Incluir a etapa de regeneração desse solvente para reciclo. Metodologia - Estimar uma composição de entrada com características de uma mistura gasosa advinda de um poço de perfuração off-shore. - Elaborar o fluxograma de um processo de remoção de água da fase gás. - Em ambiente de simulação, inserir o fluxograma de processo, os equipamentos como compressores, bombas, tambores de separação, trocadores de calor e colunas de absorção e regeneração utilizando o TEG como solvente. Construção do Caso Base - Composição da corrente de entrada - Condições Fluxograma Desidratação Regeneração Simulação no Hysys Equação de estado: Peng-Robinson Avaliação Econômica Margem Bruta Os cálculos foram feitos para uma planta operando 320 dias por ano, 24 horas por dia. Os 45 dias restantes são para manutenção. Custos TEG Vapor saturado Água de resfriamento Receita total Investimento - Trocador de calor Equipamentos - Compressores de gás - Separadores - Coluna de absorção e regeneradora Conclui-se então que para o processamento off-shore de gás natural, uma alternativa viável seria a implantação de um pré-tratamento para a desidratação do gás para evitar o superdimensionamento tubos e gastos com manutenção dos gasodutos. Esta implantação apresentou uma taxa de retorno de 1,062 anos. Conclusão Custo total Lucro Bruto Lucro líquido antes do imposto de renda Lucro líquido depois do imposto de renda Lucro líquido descontado o retorno sobre o investimento alternativo Lucro do empreendimento Rentabilidade Tempo de retorno Obrigado!
Full transcript