Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O terceiro mundo e a emergência das semiperiferias

No description
by

bia sousa

on 19 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O terceiro mundo e a emergência das semiperiferias

O Terceiro Mundo e a Emergência das Semiperiferias
Geografia C
2013/2014
12ºD

Trabalho elaborado por:
Beatriz Sousa
Daniel Santos
Diogo Infante
Jessica Agostinho
Sara Lopes

Os principais obstáculos ao desenvolvimento do Terceiro Mundo
Características que refletem a situação de subdesenvolvimento a nível:
Económico;
Demográfico;
Social;
Político.
"O subdesenvolvimento em que se encontram os PED é consequência de um conjunto de factores muito diversos: "

Os naturais
Os históricos
Os demográficos
Os económicos
Comercial
Financeiro
Tecnológico
Os reflexos da colonização
Nos planos político e cultural:
Nos planos social e demográfico:
Nos planos económico e ambiental:
O frágil posicionamento do Terceiro Mundo no comercio internacional
"Os países em desenvolvimento continuam muito dependentes da antiga Divisão Internacional do trabalho"
A participação do Terceiro Mundo no comércio internacional
consistindo no seguinte processo:
importação de produtos de matérias primas a baixo preço por parte dos países desenvolvidos;

exportação de produtos manofacturados de alto preço para os países em desenvolvimento;
Criando-se assim uma desigualdade na balança comercial desses países que se irá refletir no desenvolvimento desses países.
Causas da dependência económica :
- deterioração dos termos de troca;
- aumento do défice da balança comercial;
- repatriamento dos lucros das ETN, que enviam para as suas sedes, localizadas nos países indústrializados;
- aumento da dívida externa.

Deteriorização/valorização dos termos de troca
Balança Comercial:
Importações > exportações ---> deteriorização dos termos de troca (balança deficitária)

Exportações < Importações ---> valorização dos termos de troca (balança superavitária)

Causas da progressiva deteriorização dos termos de troca nos países em desenvolvimento:
-Extrutura das exportações;
- O aumento da oferta de produtos brutos;
- Adiminuição da procura dos produtos exportados pelos países em desenvolvimento;
- A substituição de algumas matérias primas por produtos sintéticos;
- As restrições no acesso aos mercados dos países do Norte
A ajuda internacional aos países do Terceiro Mundo
Papel da ajuda internacional:

melhorar o nível de vida das populações, aumentado o acesso à educação e a uma melhor alimentação;

apoiar as populações afetadas por catástrofes naturais ou desastres causados pela ação do Homem, como a desertificação;

reduzir a pobreza, aumentado o rendimentodas populações mais pobres;

compensar as elevadas dívidas externas.
A ajuda ao desenvolvimento


Natureza da ajuda:
Bilateral
Multilateral

Qual a mais vantajosa para os PVD?

-bilaterais
-multilaterais
APD Alimentar:
- Humanitária;
- De Emergência;
Ajuda privada
Investimentos Directos
Empréstimos Bancários
Doações
Estas organizações independentes do Estado e sem fins lucrativos constituem uma das melhores formas de ajuda, pois normalmente têm uma grande proximidade com as populações.
As ONG
A falência da ajuda internacional;
Doadores: Receptores:
-A ajuda tem sido insuficiente
-A ajuda nem sempre é desinteressada
-A ajuda não tem sido isenta
-Tem sido mal canalizada
-Apropriação pelas elites do poder
-Desincentivo à produção interna
-Agravamento das desigualdades económico- sociais
O Endividamento do Terceiro Mundo
A elevada dívida externa é um dos principais problemas com que se debate a maioria dos países do Terceiro Mundo.
Os PED têm de recorrer a empréstimos estrangeiros para se desenvolver.

Factores que contribuíram para o endividamento:
 Subida das taxas de juro
 Valorização do dólar
 Redução do preço dos produtos primários e manufacturados
 Politicas Internas

foram obrigados a recorrer a empréstimos internacionais.
Aumento da divida externa
As consequências do endividamento externo fazem-se sentir ao nível:
Económico
Social

O endividamento originou-se na década de 60 e atingiu o ponto de rotura nos anos 80
Programas de ajustamento estrutural (PAE)


Estes programas correspondem a um processo de ajustamento das estruturas de produção e do emprego de uma economia nacional..
Concessão de empréstimos
Incentivar mudanças estruturais significativas nos países em desenvolvimento
"Depois da declaração de insolvência, foram tomadas várias medidas com a finalidade de combater o sobreendividamento dos países do Terceiro Mundo"
Atribuição de novos créditos aos países devedores
O reescalonamento da divida
A aplicação de programas de ajustamento estrutural
O perdão parcial da divida
Em 1996 o banco mundial e o fundo monetário internacional criaram um mecanismo para aligeirar a divida dos países mais pobres.
Iniciativa em prol dos Paises Pobres muito endividados


Em 2005 é lançada pelo G8 a iniciativa de redução da dívida multilateral (IADM), completar á iniciativa PPME.
Apesar de constituírem um conjunto cada vez mais heterogéneos, os países em desenvolvimento (PED) têm em comum um certo número de características que os distinguem dos países desenvolvidos (PD).
A colonização a que foram sujeitos os povos da América do Sul, África e Ásia, durante vários séculos, provocou a estagnação do processo de industrialização e de desenvolvimento destes continentes. As consequências foram diversas.
Os sucessos e insucessos do diálogo Norte-Sul
O sistema económico internacional foi construído à sua margem de acordo com os interesses dos países desenvolvidos.
Em 1964 o grupo dos 77, defenderam na primeira conferencia das Nações Unidas para o Comércio e o Desenvolvimento ( CNUCED).
Esta Conferência, estabeleceu os seguintes objectivos:
- Favorecer a cooperação internacional de forma a criar uma relação comercial mais equitativa entre o Norte e o Sul.
-estimular a cooperação Sul-Sul
- reestruturar o comércio internacional, atendendo às necessidades dos países do sul

Em 1974, , são aprovados na Assembleia-Geral da ONU, os seguintes objectivos:


Garantir uma justa remuneração dos preços das matérias-primas exportadas pelos países do Sul;

Estabilizar os preços das matérias- primas, de forma a evitar os prejuízos causados pelas constantes flutuações dos preços;

Facilitar o acesso dos produtos do terceiro Mundo aos mercados do Norte;

Reduzir o endividamento , através de mecanismos de renegociação da dívida e prolongamento dos prazos de pagamento, de forma a diminuir os efeitos económicos e sociais da dívida;

A emergência das semiperiferias
"A partir da década de 70 do século XX, iniciou-se um verdadeiro processo de descolagem de alguns países do Terceiro Mundo. "
O conceito NPI surgiu pela primeira vez em 1979, no relatório da OCDE destinado a identificar as chamadas Economias emergentes

- da Ásia Oriental e do Sudoeste Asiático;
- da América Latina;
-da região do Magrebe

São vários os fatores que explicam a afirmação destas economias, dos quais podemos destacar:

-a estratégia da industrialização adotada;
-a posição geoeconómica

Apesar do “sucesso” económico alcançado por estes países,, não os podemos considerar ainda países desenvolvidos.
SEMIPERIFERIAS
Trabalho Infantil
Degradação do ambiente
Full transcript