Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Poder do Par - Evolução da Monogamia

No description
by

Victória De Angelis

on 3 May 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Poder do Par - Evolução da Monogamia

Estrutura social do ancestral 'Pan-Homo'
Fase 1
Agrupamento
de OMUs
Evolução de
Fase 2
FRACO
+ poligamia
Fase 3
Evolução da monogamia,
a partir das restrições
da poligamia
+ monogamia
FRACO
Fase 4
RELAÇÕES
FORTES
{
Biological kinship
+
Affinal kinship
(mútua tolerância)
"Primitive tribes" -
1a estrutura social multigrupal estável
Fase 5
evolução de comunidades federadas
+
Evolução de grupos
fortemente ligados
Estrutura social humana atual
*
O PODER DO PAR
A Evolução da Monogamia
Sequência evolutiva da ESTRUTURA SOCIAL humana em 5 FASES
Evolução de
específicas
habilidades
cognitivas
*
*
coordenação entre um grupo (grupal) e entre grupos (multi-grupal), e níveis de organização supratribais
MONOGAMIA NO REINO ANIMAL
A
MONOGAMIA
E O SER HUMANO

CULTURA E
PÓS-SURGIMENTO
DA
MONOGAMIA

INTRODUÇÃO
A monogamia é o arranjo mais comum de acasalamento entre os seres humanos.

Myth busting: we all need love, but not necessarily sex, marriage, or monogamy
” - Augustín Fuentes

Monogamy, Strongly Bonded Groups, and the Evolution of Human Social Structure

- Bernard Chapais
TEXTOS BASE:
Desconstrução de mitos:
1.
A unidade social humana básica é a familiar
2.
Naturalidade da monogamia
3.
Há uma soul mate para cada um.
abordagem comparativa e dedutiva
Propõe
sequência evolutiva de
5 fases
para a
estrutura social humana
(federações de grupos multifamiliares)
1
2
MAS COMO É DEFINIDA A MONOGAMIA?
Viés BIOLÓGICO
Viés CULTURAL
"
ligação sexual exclusiva entre dois adultos ao longo de um ciclo reprodutivo
"

->
geralmente
+
procriação
"
uma associação social estável entre dois adultos, sancionada pelo casamento
"
ORIGEM EVOLUTIVA? VÁRIAS HIPÓTESES
MUDANÇAS MORFOFISIOLÓGICAS QUE ACOMPANHARAM A MONOGAMIA EM HOMINÍDEOS
Registros
fósseis
Comportamento
social
relação não-direta
e não-imediata
A reconstrução da história evolutiva da monogamia é limitada,
MAS
alguns
aspectos morfofisiológicos
facilitam a compreensão desse processo.
INVESTIMENTO PARENTAL
COMPETIÇÃO
ENTRE MACHOS
POR FÊMEAS
Bipedalismo


Aumento do tamanho cerebral

Padrão altricial de desenvolvimento
Redução de caninos em machos
Ocultação do
ciclo estral
+
Menor dimorfismo sexual
Em relação à história evolutiva dos hominídeos:
MONOGAMIA
COMO E POR QUE A MONOGAMIA FOI SELECIONADA?
TEORIA DAS "TROCAS
INTERROMPIDAS" (
Trade-off
)
Hipótese
1
Hipótese
2
Hipótese
3
Hipótese
4
TEORIA ECOLÓGICA ("Ecological)
Cooperação entre machos desfavorece a POLIgamia.
atividades em conjunto aumentam os custos de conflitos internos ao grupo
maior dependência gera responsabilidades sociais
Pressões ecológicas descartam poligamia.
fêmeas geograficamente espalhadas aumentam os custos para manter os relacionamentos
8 -

Hylobates lar

(gibão)
1-

Apis mellifera
(abelha europeia)
2 -

Nicrophorus defodiens
(besouro coveiro)
3 -

Hymenocera picta

(camarão arlequim)
4 -

Ptilonorhynchus violaceus

(pássaro cetim)
5 -

Microtus ochrogaster

(arganaz do campo)
6 -

Castor californicus

(castor europeu)
7 -
Phodopus surgorus

(hamster siberiano)

...
HOMINÍDEOS
...

ligações
poligâmicas


Divisão
Sexual
do
Trabalho
A EVOLUÇÃO DE GRUPOS FORTEMENTE LIGADOS
}
}
Entidades independentes
Multi-grupos
Processo de fissão de grupo e de associação
.
TEORIA DO INVESTIMENTO PARENTAL (
paternal load
)
seleção de machos que maximizam a sobrevivência da prole = + esforço parental
NÃO compatível com a alta distribuição da poligamia no mundo atual
custos na criação da prole
TEORIA DO NIVELAMENTO (
leveling
)
custos da grande discrepância de força física entre machos
invenção de armas
diminuição da capacidade de machos fortes em monopolizar vários outros machos
admite a coexistência da poli e da monogamia
Ligações em par em humanos:
natureza multifuncional
TRANSIÇÃO EM ESTÁGIOS (DEBATE):

Promiscuidade -> Monogamia
OU
Promiscuidade -> Poligamia -> Monogamia (!)
“Hear my soul speak: the very instant that I saw you, did my heart fly to your service. ”
(SHAKESPEARE, W. A Tempestade)
O QUE É O AMOR?
“Aquele a quem o amor toca não anda nas trevas”. - Platão
"O absoluto deleite pela perfeição de outra pessoa, a quem são dirigidas ações benevolentes." - Kant
Múltiplas ligações sexuais monogâmicas em par ao longo da vida
AMOR através das ligações
em par sociais
: marco evolutivo (W. Goldschmidt)
Monogamia BIO

x
Monogamia CULT
Casamento:

"
união de duas pessoas para a posse mútua, durante toda a vida, de suas faculdades sexuais.
"
- KANT
CASAMENTO
x
LIGAÇÃO SEXUAL EM PAR
AMOR
x
CASAMENTO
A monogamia via casamento é a norma cultural esperada em muitas sociedades.
Teriam todos os seres humanos casados tanto ligações em par sexuais quanto sociais?
NÃO
é da natureza humana buscar casamento ou uma relação romântica e sexual monogâmica específica.
É
da nossa
natureza
buscar a costrução de vínculos e é da nossa
cultura
buscar o casamento.

Na fase adulta, o mesmo aparato fisiológico e comportamental passa a regular interações afetivas, a partir das quais surge o vínculo de par.
"AFFECT HUNGER"
Bebês e pais com respostas fisiológicas mais positivas: selecionados por facilitar um desenvolvimento pós-natal extenso.
Walter Goldschmidt
CHAPAIS
Ligação em par
:
soma de várias adaptações que maximizaram o
kinship
e a disponibilidade de sexo
Monogamia
:
estratégia mais segura para o desenvolvimento do bebê e interações entre grupos maiores
Ligação em par
condiciona-se pela permanência da "fome de afeto", intrínseca na relação entre pais e bebê, na fase adulta
FUENTES
Monogamia

não apenas como fruto de adaptações específicas, mas em grande parte determinada pela cultura que a condiciona
X
Full transcript