Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Memorial do Convento: Capitulo IV

No description
by

Ruben Abrantes

on 6 January 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Memorial do Convento: Capitulo IV

"Era uma vez um rei que fez promessa de levantar um convento em Mafra. Era uma vez a gente que construiu esse convento. Era uma vez um soldado maneta e uma mulher que tinha poderes
.
(...)
Linha de Ação
Resumo do Capitulo
Estada em Evora, onde pede esmola para pagar um gancho de ferro e substituir a mão.
Percurso até Lisboa, onde vive muitas dificuldades.
Resumo do capitulo
Capitulo IV
Memorial do Convento
Apresentação de Baltasar Mateus: Sete-Sóis, 26 anos, natural de Mafra, maneta à esquerda, na sequência da Batalha de Jerez de los Caballeros (Espanha)
Resumo do Capitulo
Resumo do Capitulo
Indecisão de Baltasar: regressar a Mafra ou dirigir-se ao Terreiro do Paço e pedir dinheiro pela mutilação na guerra.
"Este que por desaforntada aparência, sacudir da espada e desparelhadas vestes, ainda que descalço, parece soldado, é Baltasar Mateus, o Sete-Sóis."
Citação
"Calaram-se os homens, indignados, das freiras não se ouvia agora um suspiro, e Sete-Sóis declarou, Na guerra há mais caridade (...)"
Full transcript