Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

O Manuelino

Corrente arquitectónico dos séculos XV e XVI, o Manuelino corresponde à emergência portuguesa sob o reinado de Manuel I.
by

Ribeiro Jessica

on 31 March 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of O Manuelino

O Estilo manuelino, por vezes também chamado de gótico português tardio ou flamejante, é um estilo arquitectónico que se desenvolveu no reinado de D. Manuel I

A transição dá-se a partir do último quartel do século XV, revelando novos estilos decorativos à estrutura gótica.

A arte manuelina afirma-se, principalmente, na decoração da arquitectura, decoração esta exuberante, e pelo ecletismo das temáticas desenvolvidas. Características da arquitectura Manuelina

* Dimensões exuberantes
* Arcos, abóbadas, pilares e colunas
* Paredes dos monumentos nuas
* Ornementações próprias à corrente :
Símbolos nacionais : – a esfera armilar, a Cruz de Cristo, o escudo
Elementos naturalistas : – frutas exóticas, alcachofras, árvores
Elementos maritimos : – cordas, naus, algas, corais, conchas Os notávais artistas do Manuelino são Francisco de Arruda, autor do Convento de Cristo, ou João de Castilho, autor do portal principal da Casa de Capítulo do Convento de Cristo. Algas Cruz de Cristo Escudo Esfera
armilar C
o
l
u
n
a

t
o
r
s
a
Portal da Capela da Universidade de Coimbra Torre de Belém O brasão de Portugal Figura com barba onde assenta a janela, envolvido em cordas.
Cruz de Cristo Esfera armilar • Edifício de arquitectura militar/torre;
• O arquitecto da obra foi Francisco de Arruda, que iniciou a construção em 1514 e a finalizou em 1520 ao que tudo indica sob a orientação de Boitaca;
• Construída em homenagem ao santo patrono de Lisboa, S. Vicente;
• Decoração de estilo Manuelino, que simboliza o poder do rei: cordas que envolvem o edifício, rematando-o com elegantes nós, esferas armilares, cruzes da Ordem Militar de Cristo e elementos naturalistas. Edifício de arquitectura militar/torre;
O arquitecto da obra foi Francisco de Arruda, que iniciou a construção em 1514 e a finalizou em 1520 ao que tudo indica sob a orientação de Boitaca;
Construída em homenagem ao santo patrono de Lisboa, S. Vicente;
Decoração de estilo Manuelino, que simboliza o poder do rei: cordas que envolvem o edifício, rematando-o com elegantes nós, esferas armilares, cruzes da Ordem Militar de Cristo e elementos naturalistas. Janela do Convento de Cristo
Full transcript