Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Copy of Aspectos

No description
by

maria conceição

on 4 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Copy of Aspectos

Aspectos socioculturais
envolvidos no consumo da carne:
Uma análise sobre seu processo histórico. Equipe: Ana Rosa Santana, Antonieta Adorno, Jairo Junior, Maria da Conceição Ferreira, Mizael Neto, Ramon Tudela e Robson Lima. IHAC - INSTITUTO DE HUMANIDADES, ARTES E CIÊNCIAS PROFESSOR MILTON SANTOS
BACHARELADO INTERDISIPLINAR EM SAÚDE
NUT A 31 - 2012.2
PROFª: Lívia Liberato Objetivos sumário Introdução Introdução Introdução Pré-História HISTÓRICO DO CONSUMO DA CARNE Antiguidade Idade Média Idade Moderna Idade
Contemporânea Pré-história Pré-história Pré-história Pré-história Pré-história PALEOLÍTICO SUPERIOR Pré-história Pré-história Pré-história Pré-história PALEOLÍTICO Temperatura na terra se estabilizou – temperatura parecidas com as da contemporaneidade
Desenvolvimento da agricultura e da criação de animais
Controle do próprio alimento Início da domesticação dos animais Antiguidade Antiguidade Antiguidade Idade Média Idade Média Idade Média Idade Média Idade Moderna Idade Moderna Idade Moderna Idade Moderna Idade Moderna Idade Moderna Idade Moderna Contemporaneidade Fast-Food Contemporaneidade Contemporaneidade Curiosidades Comida Vegana Comida Vegana Religiões Religiões Religiões Religiões Religiões Comida
Vegana A partir do século XII A partir do Século XIV Carne Marcador Social Conservação da carne Grandes Navegações e rotas marítimas comerciais A importância das especiarias Influência na Alimentação (VEGANA, 2008) "é uma forma de vida que exclui todas as formas de exploração e crueldade contra o reino animal. Inclui o respeito por todas as formas de vida. Isto se aplica no uso da prática de viver somente de produtos derivados do mundo vegetal." (VEGANA, 2008) Conclusão Antiguidade Distinções que permaneceram durante a Antiguidade "Os povos que não se dedicam à agricultura, que não comessem pão nem bebessem vinho, são, por conseguinte, selvagens e bárbaros, que tem como alimento a carne e como bebida, o leite." (FLANDRIN, 1998) (FLANDRIN, 1998, 2002) Antiguidade "o homem civilizado come não somente (e menos) por fome, para satisfazer uma necessidade elementar do corpo, mas, também (e, sobretudo) para transformar essa ocasião em um momento de sociabilidade". (ORNELLAS, 2000)) Referências BELTRAME, Ideraldo Luis, MORANDO, Marsal. O sagrado na cultura gastronômica do candomblé. Saúde Coletiva, janeiro-fevereiro, ano/vol.5, n.026. Editorial Bolina. São Paulo, 2008, p. 242-248. Disponível em: < http://redalyc.uaemex.mx/redalyc/pdf/842/84202605.pdf>. Acesso: 09MaR. 2013.
BLEIL, Susana Inez. O padrão alimentar Ocidental: considerações sobre a mudança de hábitos no Brasil. Revista Cadernos de Debate, Vol. VI, 1998, P.1-25. Disponível em: < http://www.uftm.edu.br/upload/ensino/AVIdiscednu090804095840.pdf>. Acesso: 21 MaR. 2013.
CARNEIRO, Henrique. Comida e Sociedade: uma história da alimentação. 4ª Ed. Rio de Janeiro: ElSEVIER, 2003.
FELÍCIO, Pedro Eduardo de. Valor nutritivo da carne. Serviço de informação da carne. FEA/UNICAMP, p. 1-6. Disponível em:< http://www.sic.org.br/PDF/Valornutritivo.pdf >. Acesso: 12 MaR. 2013.
FLANDRIN, Jean-Louis; MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. [tradução de Luciano Vieira Machado e Guilherme J. F. Teixeira] São Paulo, Estação Liberdade, 1998.
FRANCO, A. Gregos e Romanos - Os primórdios da arte da mesa. Em: De Caçador a Gourmet. São Paulo: Ed Senac, 2001.
FREIXA, D., CHAVES, G. Pré-história e história antiga. EM: Gastronomia no Brasil e no mundo. Rio de Janeiro: Ed Senac, 2009. GREIF, Sérgio. Sacrifício de animais. Revista de Direitos de Animais. Publicado em agosto de 2007. Disponível no site:< http://www.pensataanimal.net/index.php?option=com_content&view=article&id=135:sacrificio-de-animais&catid=43:sergiogreif&Itemid=1> Acesso em 18 de mARÇO de 2013.
CANDOMBLÉ, O mundo dos Orixás. Publicado em maio de 2008. Disponível no site: http://ocandomble.wordpress.com/2008/05/28/sacrificio/> Acesso em: 16 de março de 2013.
LIMA, Maria de Fátima EM; LIMA-FILHO, Dario O. Prática Alimentar e as Religiões: Comportamento Funcionalista versus Hedônico. Espacios. Espacios. Vol. 30 (4) 2009. Pág. 6.
MEZOMO, Iracema F. e Barros. Os serviços de alimentação: planejamento e administração. 1ª ed. Editora Manole Ltda. SP.
MONTANARI, Massimo. Comida como cultura. São Paulo: editora SENAC São Paulo, 2008. 207 p.
NUTRIÇÃO e alimentos. Disponível em: <http://www.vegetarianos.com.br/alimentos.html>. Acesso em: 20/05/2012
ORNELLAS, Lieselotte Hoeschi. A alimentação através dos tempos. 2ª Ed. – Florianópolis: Ed. Da UFSC, 2000. 307p.: Il. 
POLLAN, Michael. A refeição fast-food. Em: O dilema do onívoro. Editora Intrínseca. 2006.
RIERA-MELIS, Antoni. “Sociedade feudal e alimentação (séculos XII-XIII)”. In: FLANDRIN, Jean-Louis e MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 1998, p. 387-408. FLANDRIN, Jean-Louis e MONTANARI, Massimo. História da Alimentação. São Paulo: Estação Liberdade, 2002 p. 121-123.
SERVIÇO de informação da carne. Disponível em: < http://www.sic.org.br/index.php>. Acesso em: 20/05/2012.
SILVA, Ezequiel; SILVA, Weverton. O histórico do consumo de carne e suas preparações [Monografia]. Universidade Estadual de Goiás. Caldas Novas -Goiás. 2010. Disponível em: <http://www.cdn.ueg.br/arquivos/caldas_novas/conteudoN/530/monografia-carnes.pdf>. Acesso em: 20/05/2012.
SOUSA JUNIOR, VC. Na palma da minha mão: temas afro-brasileiros e questões contemporâneas. Salvador-BA: EDUFBA, 2011.
SPURLOCK, Morgan. Super Size Me – A dieta do palhaço. EUA. 2004. [Documentário – Vídeo] 98min. Color. Son.
VEGANA, Anja. Remédio gostoso. Salvador: Vento Leste, 2008. 244 p.: Il. Hábitos, costumes, predileções alimentares (LIMA, et al, 2009) ( GREIF, 2007) Importante para a formação da identidade cultural de cada sociedade Essas práticas devem ser entendidas como fruto de um processo de construção social Sacrifício
Sociedade Ocidental Religiões Igreja católica exerceu forte influência no consumo de alimentos. Não somente regulava o que  se comia ou não - já que participava ativamente do processo de classificação da comida -  como também  quando se comia e a quantidade que se comia.  (SOUSA JUNIOR, 2011; CASCUDO, 2004). (GREIF, 2007) Proibições
Consumo de Carne Está entre os produtos com certificação de
Indicação Geográfica. “Se pegarmos como exemplo o boi que se aproveita tudo, (...), desde a carne, couro, ossos, vísceras, gorduras”. (SILVA, et al, 2001) (CARNEIRO, 2003; FLANDRIN, 1998) (BRAUNE, 2007) Aspecto Socioculturais Homem começou a se fixar
Transformações das relações sociais - Divisão das tarefas NEOLÍTICO Pré-história MESOLÍTICO A carne era vista como um bem precioso. "moderação" "Alimentos produzidos em grande escala e o mais padronizado possível". (FERNANDEZ, 2004). O processo histórico envolvido no consumo da carne.
A escolha do comer reflete a que grupo social, étnico ou cultural se pertence.
A carne como indicativo de distinção sociocultural.
A importância da informação como ferramenta indispensável para o conhecimento Contemporaneidade Poder publicitário que influencia diretamente o comportamento alimentar. Ato de comer uma prática lúdica, divertida, quando na verdade esconde o perfil de uma alimentação desnutrida e prejudicial. Alimentos Industrializados Comensalidades Influência das transformações globais decisivas para a modificação dos padrões de alimentação da população. (FERNANDEZ, 2004) Contemporaneidade "O prazer de comer na rua" - Novo tipo de comensalidade.
(OLIVEIRA, 2008) Segurança Alimentar X Informação "JUNK FOOD" "O ato de comer e o alimento é uma representação social que carrega consigo sua história, sua identidade. E a cada dia vem perdendo espaço para a modernidade que envolve novas escolhas alimentares e a ruptura com os rituais tradicionais da comensalidade." “Mudança na comensalidade que foi estruturada durante séculos”. (OLIVEIRA, 2008) Referências Referências Referências "busca pela qualidade" "crise dos recursos naturais"
Full transcript