Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Concordancia verbal e nominal

No description
by

Marina Medeiros

on 19 May 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Concordancia verbal e nominal

O que é concordância?
O nome "concordância" se dá a harmonia que os termos da oração se apresentam em niveis sintático. Assim, algumas palavras, orações, expressões ou orações, no momento que estabelecem um relação de dependência entre si, irão demonstar com quais elementos estao ligadas. E isso pode ser visto através das flexões de número e gênero. Na lingua portuguesa há dois tipo de concordância: a concordância nominal e concordância verbal.
Concordância nominal
Casos especias
Concordancia verbal
Príncipio sintático de acordo com o qual o verbo deve se flexionar para se ajustar so sujeito da oração.
Casos especiais- Sujeito Composto
1. Quando o sujeito composto esta depois do verbo;
2. "Cada", "nenhum (a)";
3. Pronome indefinido;
4. "Ou".
Casos especiais- Sujeito Simples
Exemplo
Concordancia verbal e nominal
Principio sintático de acordo com o qual toda
palavra variável
referente ao substantivo deve se flexionar (alterar a forma) para se adaptar a ele. Ou seja; toda palavra variável que se refere ao substantivo concorda com ele em gênero (masculino/feminino) e número (singular/plural).
Exemplo
numeral masc./pl.
subst.masc./pl.
1.
Adjetivo posposto do substantivo;
2
. Adjetivo antecessor do substantivo;
3
. Adjetivo como predicativo do sujeito;
4. Dois adjetivos precedidos de um substantivo;
5. "Próprio"
,
"obrigado"
,
"incluso"
e
"anexo";
6. "Só";
7. "Mesmo"
,
"muito"
e
"bastante";
8. "Caro"
e
"barato";
9. "Meio"
e
"meia";
10. "É bom"
,
"é proibido"
e
"é necessário".
Apenas
dois

barcos

antigos
abastecem
todas as

comunidades
ribeirinhas.

pronome fem./pl.
adjetivo mas./pl.
artigo fem./pl.
subst.fem./pl.
adjetivo fem./pl.
Exitem 10 tipos de casos especiais na concordância nominal
Caso 1
Quando o adjetivo vier depois dos substantivos de gêneros diferentes, deverá ser empregado no masculino plural ou concordar com a palavra mais próxima . Exemplo:

Esperaram que a luz e o botão vermelho se apagassem
subst.fem./sing.
subst.masc./sing.
adj.masc./sing.
Caso 2
Quando o adjetivo estiver como antecessor de substantivos de gêneros diferentes, irá concordar com o substantivo mais próximo
Exemplo:
Comi
delicioso almoço
e sobremesa
Caso 2
Caso 3
Se o adjetivo funcionar como predicativo do sujeito, ele irá concordar com o sujeito.
Exemplo:
O pijama era listrado
sujeito-núcleo:pijama
subst.masc./sing.
predicativo do sujeito
adj.masc./sing.
Caso 4
Se dois adjetivos se referirem a um único substantivo que esta precedido de artigo, a concordância poderá ser feita de dois modos.
Exemplo:
Falava fluentemente a lingua inglesa e espanhola

Falava fluentemente as linguas inglesa e espanhola
Caso 5
As palavras
"
próprio", "obrigado", "incluso"
e
"anexo
"
devem concordar em número e gênero com os nomes aos quais se referem.
Exemplo:
As cartas estão anexas
As bebidas estão inclusas
Ele próprio fez o trabalho
Obrigado, disse o rapaz agradecendo a ajuda
Caso 6
A palavra
"

",
quando significa
"
sozinho
",
é adjetivo e vai concordar com o substantivo.
Exemplo:
Eu estive só por anos
Não devemos deixa-las a sós

Caso 7
As palavras
"
mesmo", "muito
" e "
bastante
"
indicam quantidade, são pronomes e concordam com o nome a qual se referem.
Exemplo:
Eles mesmos instalaram o computador na sala
Eu precisei de muita ajuda para fazer o almoço
Caso 8
As palavras
"
caro
" e "
barato
"
devem concordar em número e gênero com o substantivo ao qual se refere.
Exemplo:
As roupas naquela loja estavam caras.

Caso 9
Se a palavra
"
meio
"
estiver expressando
"
metade
",
ele é numeral e deve concordar com o substantivo quando ele é precedido por artigo ou pronome.
Exemplo:
Estou meio insegura
Comi meia bandeija de doce na festa

Caso 10
"É bom", "é proibido", "é necessário"
,
são expressões que concordam com o substantivo se este estiver precedido por artigo ou pronome.
Exemplo:
A entrada é proibida
É necessária a sua presença
Nós gostamos de comer sushi
Na concordância verbal, existem casos especiais com o
sujeito simples
, o
composto
e com o
verbo ser.
1. "A maior parte de", "grande múmero de", "a maioria de"
e
"uma porção de"
;
2
. Pronome relativo "
que
";
3.
Pronome relativo "
quem
";
4
. "
Mais de", "menos de", "cerca de"
e "
perto de
";
5
. Expressões indicativas de porcentagem.

Caso 1
Se o sujeito for constituído pelas expressões
"
maior parte de
", "grande número de", "
uma porção de
",
o verbo

poderá ficar no singular ou no plural.
Exemplo
:
A maior parte das crianças gosta de doce.
A maior parte das crianças gostam de doce.
Caso 2
Com o sujeito constituido pelo pronome relativo
"
que
",
o verbo concorda em número e pessoa com o seu antecedente.
Exemplo:
Foram eles que me levaram lá.
Caso 3
Com o sujeito constituido pelo pronome relativo
"
quem
",
o verbo fica na 3º pessoa do singular ou concordar com o seu antecedente.
Exemplo:
Fomos nós quem mandamos eles embora.
Fui eu quem mandou eles embora.
Caso 4
Com o sujeito constituido por expressões como
"
mais de
"
,
"
menos de"
,
"cerca de"
,
"perto de
"
,

seguidas de numeral, o verbo concorda com o numeral.
Exemplo:
Cerca de 40 pessoas foram demitidas.
Mais de um aluno reprovou no teste.
Caso 5
Com o sujeito constituído de expressões que indicam
porcentagem
, a concordancia pode ser feita de duas maneiras diferentes:
A.
Se a expressão não for acompanhada por outra palavra, o verbo concorda com o numeral.
Exemplo:
Mesmo com a chuva, apenas 1% faltou à aula
B.
Se a expressão for acompanhada por outra palavra , o verbo concorda com a palavra.
Exemplo:

Mais de 40% dos alimentos são jogados fora pela população.
Caso 1
Quando o sujeito composto está depois do verbo, este pode ficar no plural ou concordar com o núcleo do sujeito mais próximo.
Exemplo:
Dançarei eu e meu pai na minha festa.
Caso 2
Quando cada núcleo do sujeito composto está acompanhado das palavras
"
cada
"
ou
"
nenhum (a)
"
como adjunto adnominal, o verbo fica no singular.
Exemplo:
Cada criança, cada homem, cada mulher tem direito à educação e saúde.
Caso 3
Quando o sujeito composto vem resumido por um pronome indefinido, o verbo fica no singular.
Exemplo:
O sofrimento, a tristeza, nada realmente nos separa de quem amamos de verdade.
Caso 4
Quando os núcleos do sujeito composto são ligados por
"
ou
"
, indicando ideia de exclusão, o verbo fica no singular.
Exemplo:
O atleta 1 ou o atleta 2 irá ganhar o prêmio.
Casos especiais- Verbo "ser"
1.
Sujeito ou predicativo do sujeito for nome;
2.
Pronomes pessoais;
3.
Numeral.
4
.
"É muito", "é pouco", "é demais", "é bastante", "é tudo",
etc.

Caso 1
Se o sujeito ou o predicativo do sujeito for um nome que indique pessoa, o verbo
"
ser
"
deverá obrigatoriamente concordar com esse nome.
Exemplo:
As crianças são a maior riqueza do país.
Caso 2
O verbo
"
ser
"
deve sempre concordar com os pronomes pessoais.
Exemplo:
O culpado pela falha no projeto não éramos nós, eram eles.
Caso 3
O verbo
"
ser
"
concorda com o numeral quando ele esta indicando hora, distância e data.
Exemplo:
Faltam 9 dias pro meu aniversário.
Hoje são 15 de outubro.
A distancia do restaurante até o shopping é de um quilômetro.
Caso 4
Quando há expressões que indicam quantidades, o verbo
"
ser
"
sempre será empregado no singular, por exemplo;
"
é muito
", "
é pouco", "é demais", "é bastante", "é tudo
",
etc.
Exemplo:
Cinco reais e alguns centavos é tudo que eu tenho.
Comprar cem balas para uma classe com trinta alunos é muito.

Fontes
Livro Diálogo
Livro Gramática
Site InfoEscola
Full transcript