Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

ABRIGO EMERGENCIAL

No description
by

Carine Martanetto

on 14 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of ABRIGO EMERGENCIAL

CONTEXTO
ESCOPO
PREMISSAS
ABRIGO EMERGENCIAL
Rio Grande do Sul
FOMENTADORES
REQUISITOS
Captar e reutilizar água pluvial
Captar e utilizar energia solar
Utilizar materiais provenientes da região para a produção do módulo
Reutilizar e reciclar materiais para ciclo de vida do módulo.
Aproveitar a iluminação e ventilação natural existente
ABRIGO EMERGENCIAL
ANA PAULA PEU ° CARINE MARTANETTO ° LUIZ CECÍLIO ° RAQUEL BERLOFA ° NATHALIA PORTELA
PRODUÇÃO
REGIÃO SUL DO BRASIL
GEADAS
DESASTRES AMBIENTAIS
AGRICULTURA
INTEGRAÇÃO SOCIAL
DESEMPREGO
ENCHENTES
URBANIZAÇÃO
SEM TETO
SUSTENTABILIDADE
POLÍTICAS PÚBLICAS
ÁREAS DE RISCO
BÓIA FRIA
DESLIZAMENTOS
DESABRIGADOS
IDENTIFICAÇÃO DO PROBLEMA
ESCOPO
DEFINIÇÃO DO PROJETO
RESULTADO
Otimizar o serviço e o atendimento aos desabrigados pelas prefeituras;

Abrigar os afetados e possibilitar auxílio médico e educacional;

Capacitação profissional;

Apropriação da tecnologia;

Integração social

Enchentes
Tempestades Tropicais
Expansão Agrícola / Desmatamento
Impermeabilização das Cidades
cidades mais afastadas e carentes
problema:
“ (...) as populações afetadas por desastres naturais, em sua maioria, sofre algum tipo de perda de identidade, e o desabrigado fica desorientado devido ao fato de ter perdido sua residência e todos seus pertences. A restauração dessa identidade pode ser atingida ao se proporcionar um abrigo que possa ser chamado de lar (...)"

Fonte: http://www.fau.usp.br/disciplinas/tfg/tfg_online/tr/112/a019.html
Defesa Civil: Verão 2014 / 2015:
130 mil pessoas foram atingidas pela chuva no Rio Grande do Sul:
2,3 mil famílias desalojadas e 1,4 mil desabrigadas
em 95 municípios
13 de outubro de 2015
Devido a esses acontecimentos, o governador José Ivo Sartori assinou um decreto de emergência coletivo com a intenção de
obter recursos do governo federal
para 26 municípios afetados pelas chuvas
sustentável de baixo impacto ambiental
reaplicável
montável in loco e de fácil manutenção
modulado
baixo custo de produção
adaptável
produção cíclica
COMPREENDER
AS CARACTERÍSTICAS DO AMBIENTE E CLIMA LOCAIS
RESTAURAR A IDENTIDADE
DESSES INDIVÍDUOS, RESPEITANDO SEUS ASPECTOS CULTURAIS, SOCIAIS E ECONÔMICOS
MULTIFUNCIONALIDADE
PARA RECEBER DESALOJADOS E DESABRIGADOS, FORNECER ORIENTAÇÃO, AUXÍLIO MÉDICO, DISTRIBUIÇÃO DE INSUMOS E EDUCAÇÃO
SANTA MARIA
LINHA DO TEMPO
1. Fomento e captação de investimentos: indústrias (voltadas a novas tecnologias de baixo impacto ambiental) e empresas (voltadas a projetos sociais e ambientais)
2. Parceria com as prefeituras e subprefeituras
3. Parceria com as empresas ou ONGs para a produção
4. Criação do produto (protótipo)
5. Produção do produto

6. Defesa civil: entra em contato com o exército para a distribuir dos módulos
7. Logística: exército brasileiro
8. Entrega
9. Montagem (in-loco e auto-gestão)
10. Manutenção
11. Reciclagem dos kits
12. Produção (reaproveitamento dos materiais)

PARA O PROJETO SER DE BAIXO IMPACTO AMBIENTAL
LOGÍSTICA
maior frequência de desastres naturais
falta de infra estrutura social e urbana
escolas e estádios superlotados prejudicando mais ainda a cidade
Exército Brasileiro
UNIDADES TIPO FLAT-PACK
Engenheiros ambientais, sociólogos, jornalistas, economistas, marketing e gestão de projeto.
Prefeituras e subprefeituras dos municípios
Órgão público: defesa civil.
Exército brasileiro
ONGs (organizações não governamentais) e voluntariados
parcerias
relacionamento externo

2 u n i d a d e s
por container
2 unidades
por VUC
Pesquisa de campo
Projeto
Produção do protótipo:
Compras dos materiais

Salário dos profissionais envolvidos
1.Concepção: arquiteto, designer, engenheiro (materiais, civil, ambiental);
2.Utilização: sociólogo, psicólogo, educadores, terapeutas, auxiliares de enfermagem e médicos.

Capacitação de pessoas;
Auxílio para viagens e diárias dos profissionais envolvidos na capacitação treinamento para a utilização e manuseio no protótipo.
Produção do kit;
Armazenamento
em armazéns;
Entrega / Logística
;
Manutenção dos equipamentos;
Despesas administrativas;
Divulgação;
ORÇAMENTO
planta
vista
possíveis disposições
Full transcript