Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Os Maias

No description
by

Ana Vasconcelos

on 28 March 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Os Maias

Pequeno excerto da série
"Os Maias"- A Toca
Personagens
Linguagem
Ega informa Carlos de que Dâmaso anda a difamá-lo e a Maria Eduarda
Carlos prepara a mudança de Maria Eduarda para a Quinta dos Olivais- "A Toca"
Aniversário de Afonso da Maia
Fim do relacionamento entre Carlos e a Condessa de Gouvarinho
Capítulo XIII
Os Maias

No capítulo anterior....
Contextualização do capítulo
Ega regressa ao Ramalhete
Ega e Carlos vão jantar a casa dos Gouvarinho
Reconcilição de Carlos com a Condessa de Gouvarinho
Carlos declara-se a Maria Eduarda e aluga a Quinta dos Olivais (para instalar Maria Eduarda)
"A felicidade é ler Os Maias"
História de três gerações da família Maia (Afonso, Pedro e Carlos) que tem como pano de fundo a sociedade lisboeta do século XIX.
Eça de Queirós faz uma crítica à sociedade desta época, caracterizada pela ostentação e pela atitude excessivamente "romântica" perante a vida.
Capítulo XIII
Carlos da Maia
João da Ega
Alencar
Dâmaso
Cohen
Maria Eduarda
Afonso da Maia
Condessa de Gouvarinho
"A Toca"
Recursos estilísticos
"A noite estava tépida, estrelada e sereníssima."
Adjetivação
Comparação
"Finda como todas as coisas grandes, como o Império Romano, e como o Reno, por dispersão, insensivelmente."
Paradoxo
" E exalando a indefinida tristeza de um luxo morto."
Metáfora
" (...) e de coração sou uma fera!"
Propriedade de Craft arrendada por Carlos
Representa, simbolicamente, o “território” de Carlos e Maria Eduarda.
A decoração permite-nos antever o desfecho desta relação:
Tapeçarias do quarto que “desmaiavam, na trama de lã, os amores de Vénus e Marte”
“(...) a alcova resplandecia como o interior de um tabernáculo profano(...)”
"(...) uma enorme coruja empalhada fixava no leito de amor, com um ar de meditação sinistra, os seus dois olhos redondos e agoirentos"
Um arbusto de ”madeira dura, quase imputrescível, de terríveis espinhos e flores cor de leite e sangue”
A linguagem do romance ilustra o quanto a linguagem literária de Eça foi profundamente inovadora para a literatura portuguesa, tanto pelo impressionismo das descrições, como pelo realismo dos diálogos.
Eça, através da narração, da descrição, do diálogo e do monólogo, apropria-se à linguagem de forma inovadora, atribuindo-lhe novos valores estéticos e literários.
Full transcript