Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA RECURSOS INFORMACIONAIS:

No description
by

Felipe Arakaki

on 6 March 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA RECURSOS INFORMACIONAIS:

Plácida L. V. A. da Costa Santos
Livre-docente em Catalogação pela UNESP (2010).
Docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da FFC/UNESP, na linha de pesquisa Informação e Tecnologia.
Vice-Lider do Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação (GP-NTI) e Coordenadora da Biblioteca de Estudos e Aplicação de Metadados (BEAM).
Temas de pesquisa:
Metadados, Catalogação e Tecnologias, Intersemiose Digital, Redes de Informação, Mapa do conhecimento humano.
Sobre os autores
Causas e problema:
Quantidade de recursos informacionais no ambiente da
Web
Introdução
DATAONE (2012, p. 3)
Ciclo de vidas dos dados
Camada de metadados
Metadados
de Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa Santos; Ana Carolina Simionato e Felipe Augusto Arakaki
Métodos de definição de metadados
Definição de metadados
Ciclo PDCA
DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA RECURSOS INFORMACIONAIS:
APRESENTAÇÃO DA METODOLOGIA BEAM
Ana Carolina Simionato
Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação (PPGCI UNESP/FFC-Marília).
Professora Assistente do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Estadual de Londrina (CIN/UEL).
Vice-Lider do Grupo de Pesquisa Organização Representação da Informação e do Conhecimento de Recursos Imagéticos (ORICRI), integrante do Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação (GPNTI) e ex-integrante da Biblioteca de Estudos e Aplicação de Metadados (BEAM).
Temas de pesquisa:
Catalogação, FRBR, FRAD e FRSAD, RDA, Requisitos Funcionais para Dados Imagéticos Digitais (RFDID) e o recursos imagéticos digitais.
Felipe Augusto Arakaki
Graduando do Curso de Biblioteconomia da Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - Campus de Marília.
Bolsista pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), integrante do Grupo de Pesquisa Novas Tecnologias em Informação (GPNTI) e Líder da Biblioteca de Estudos e Aplicação de Metadados (BEAM).
Temas de pesquisa:
Informação e Tecnologia, Representação da Informação, Catalogação, Metadados, Padrões de Metadados e Dublin Core.

APRESENTAÇÃO DO TEXTO:
Por Felipe Augusto Arakaki
5W1H
SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014, p. 158
Metodologia BEAM
Recurso informacional:
"[...] atributos que representam uma entidade (objeto do mundo real) em um sistema de informação. Em outras palavras, são elementos descritivos ou atributos referenciais codificados que representam características próprias ou atribuídas às entidades; são ainda dados que descrevem outros dados em um sistema de informação, com o intuito de identificar de forma única uma entidade (recurso informacional) para posterior recuperação." (ALVES, 2010, p. 47).
Metadados
"[...] estruturas de descrição constituídas por um conjunto predeterminado de metadados (atributos codificados ou identificadores de uma entidade) metodologicamente construídos e padronizados. O objetivo do padrão de metadados é descrever uma entidade gerando uma representação unívoca e padronizada que possa ser utilizada para recuperação da mesma." (ALVES, 2010, p. 47-48).
Padrão de metadados:
No momento da escolha do padrão de metadados, os catalogadores devem considerar:

Necessidades da instituição
Necessidades informacionais dos usuários
Domínio representacional
Argumentos:
Administrativos (gerenciamento e administração dos recursos informacionais),
Descritivos (descrição e identificação de informações sobre recursos),
Conservação (conservação do recurso),
Técnicos (funcionamento do sistema e comportamento dos metadados)
Uso (nível e tipo de uso do recurso).
Tratamento descritivo da informação (TDI)
Apresentação dos atributos de um recurso
Gestora na modelagem dos catálogos e de bancos de dados focados nas tarefas do usuário
E os metadados são elementos integrantes dos serviços e produtos gerados no processo de catalogação
Fonte: FUSCO, 2011, p. 18.
FUSCO, Elvis. Tecnologia Digital e Registros Informacionais: Novos Conceitos e Padrões de Entrada de Dados e suas perspectivas para o tratamento e acesso à Informação. In: Fórum Permanente de Ciência e Tecnologia, 2011, Unicamp. Campinas, Unicamp, 2011. Disponível em: <http://pt.slideshare.net/elvisfusco/modelagem-de-dados-e-representao-da-informao?ref=http://elvisfusco.com.br/2011/09/09/palestra-modelagem-de-dados-e-representacao-da-informacao/>. Acesso em: 01 jul. 2014.
Referências
Fonte: SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014 p.
Algumas definições
Adaptação de SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014, p. 156
APRESENTAÇÃO DA METODOLOGIA BEAM
DEFINIÇÃO DE METADADOS PARA RECURSOS INFORMACIONAIS:
Metodologia
Tipos de metadados
Método de Chuttur (2011)
Ciclo de vida dos dados do DataONE (2012)
Ciclo PDCA
Ferramenta 5W1H
Propósito do artigo


Explicitar a importância da modelagem dos padrões de metadados na configuração dos sistemas automatizados
Apresentar uma metodologia de definição de metadados
Catalogação está relaciona com:
“A definição dos metadados para catalogação de recursos informacionais, visa
à escolha dos elementos necessários para descrever os diferentes tipos de
recursos.
Essa atividade tem como objetivo definir os elementos descritivos que farão parte do registro [...]” (SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014. p. 152)
Evita:
Ambiguidade na descrição
Equívocos na escolha do software para a gestão de bibliotecas

Planejar:
elaboração do plano de ação traçando estratégias e ações para
resolver o problema ou atingir metas;

Fazer:
execução do plano de ação;

Avaliar:
verificação dos resultados esperados;

Agir:
correção e padronização dos processos avaliados.

[...] a definição de metadados para a catalogação de recursos informacionais apresenta-se como um importante instrumento para o planejamento de catálogos e bancos de dados, no processo de catalogação em uma biblioteca que se propõe à construção de registros com um alto nível de descrição para a representação qualificada de seus recursos e que tem seus objetivos voltados para as tarefas do usuário. (SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014, p. 160).
ALVES, RACHEL CRISTINA VESÚ. Metadados como elementos do processo de catalogação. 2010. 132 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação)– Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, Marília, 2010. Disponível em: <http://www.marilia.unesp.br/Home/Pos-Graduacao/CienciadaInformacao/Dissertacoes/alves_rcv_do_mar.pdf>. Acesso em:
01 jul. 2014.
Obrigado!
e-mail: fe.arakaki@marilia.unesp.br
SANTOS, P. L. V. A. da C.; SIMIONATO, A. C.; ARAKAKI, F. A. Definição de metadados para recursos informacionais: apresentação da metodologia BEAM. Informação & Informação, Londrina, v. 19, n. 1, p. 146–163, fev. 2014. ISSN 1981-8920. Disponível em: <http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/15251>. Acesso em: 30 jun. 2014. doi:10.5433/1981-8920.2014v19n1p146.
"O termo recurso informacional refere-se a informação objetivada no contexto de um campo do conhecimento podendo ser apresentado em uma estrutura analógica e/ou digital, com valor informacional que caracteriza a sua concepção intelectual expressa na corporificação de manifestações estruturadas na forma de itens. O recurso informacional também é nominado de: ‘item informacional’, ‘informação registrada’, [documento,] ‘coisa física, ou uma coisa não-física’ e ‘artefato’." (SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014, p. 148).
"[...] elementos descritivos [que] representam as características de um recurso [...]" (SANTOS; SIMIONATO; ARAKAKI, 2014, p. 148).
Site: https://sites.google.com/site/gpntibeam/
Lattes: http://lattes.cnpq.br/7408791408049766
Lattes: http://lattes.cnpq.br/9896600626524397
Lattes: http://lattes.cnpq.br/5324289839207169
Full transcript