Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Vida Religiosa Consagrada em Processo de Transformação

No description
by

Denis Castro

on 29 December 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Vida Religiosa Consagrada em Processo de Transformação

Vida Religiosa Consagrada em Processo de Transformação
Orar sem cessas: Mística e Mistagogia da vida Religiosa
A VOLTA AS FONTES
O movimento bíblico, o movimento liturgico, o movimento patristico que se consagraram no Concílio Vaticano II ajudaram a voltar as fontes da mística e à mistagogia.
MEMÓRIAS PARA UM NOVO PARADIGMA: UMA PEQUENA HISTÓRIA DA ORAÇÃO NA VRC CRISTÃ
Vigia, que há de novo?
O QUE É MÍSTICA?
A LUZ E A SOMBRA
Sabemos que a mística foi e é funda para nutrir a Vida Religiosa Connsagrada em todos os tempos, e isso nos assegura que será tambem no futuro.
"A MÍSTICA FAZ TODA PALAVRA SE INCLINAR PARA O SILÊNCIO, TODO PENSAMENTO PUSAR EM PURO AFETO E FERVOR. É LÁ ONDE, CONFORME A ETIMOLOGIA DO RADICAL MU SÂSCRITO, DO VERBO 'FECHAR', OS OLHOS SE FECHAM PARA VER MELHOR, A BOCA SE FECHA PARA DIZER MELHOR, OS OUVIDOS SE FECHAM PARA ESCUTAR MELHOR: A MÍSTICA REQUER A QUIETUDE DO DESERTO O APAGAR DA REPRESENTAÇÃO, O SIMPLES BALBUCIAR DA LINGUAGEM, 'A NUVEM DO DESCONHECIMENTO', O MAIS QUIETO E ELOQUENTE SILÊNCIO" SUSIM,P. 290
A ORAÇÃO BIBLICA JESUÂNICA
O que os judeus rezavam era o
Shemá Israel
e os Salmos . O uqe ha de novo em Jesus é o que ele fez profeticament por causa da sua participação na fonte da mística, e como Ele tornou sua intimidade orante um caminho mistagógico: seu ensinamento e sua missão pelo Reino de Deus, que é a substância do que se pede na oração.

A MISTAGOGIA HESICASTA
Nascida no oriente foi difundida no Ocidente, significa "aquietamento", a imagem central consiste em abaixar da cabeça para o coração, repousar na tranquilidade de um coração centrado em Deus. Para isso ela tem algumas exigencias ascéticas: despojamento exterior e interior.
MÍSTICA
A ASCESE COMO CAMINHO PARA A MÍSTICA
MÍSTICA
E
PROFECIA
A PALAVRA MÍSTICA É NECESSARIAMENTE INDETERMINADA COMO A PALAVRA MISTÉRIO. O QUE É CERTO É QUE A MÍSTICA É O CORAÇÃO MAIS PROFINDO E A ELEVAÇÃO MAIS EXELSA DA VIDA RELIGIOSA CONSAGRADA.

AINDA QUE A MISTICA SEJA ENERGIA E INSPIRAÇÃO PARA O DIA A DIA DE CARNE E OSSO, PARA A ENCARNAÇÃO NOSSA DE CADA DIA, ELA SE DESCIDE COM REALISMO NA ORAÇÃO: SE NÃO REZAMOS NÃO HÁ MÍSTICA QUE RESISTA.
ViVEMOS EM TEMPOS DIFÍCEIS
"tempos de monstro", alguns traços ditos pós-modernos com certo brilho, perguidos com uma dose de facínio e com ansiedade, prometendo substância firme e bela, logo se desfazem em formas estranhas e constrangedoras, abandonando-nos à orfandade de toda imagem.
É UM TEMPO DE CRISE MAS TAMBÉM UM TEMPO DE BUSCA DE SALVAÇÃO. POR QUE SÓ QUEM SABE DE SALVAÇÃO QUEM CORRE PERIGOS. E SO ENCARA OS MONSTROS E OS PERIGOS QUEM CONFIA NA SALVAÇÃO
EMERGEM ENTÃO AS DISPOSIÇÕES, AS COMPENSAÇÕES QUE SUBISTITUEM A MÍSTICA E A MISTAGOGIA: O ATIVISMO E O INDIVIDUALISMO
EL CID: É A IMAGEM DA INSISTÊNCI EM LEVAR ADIANTE A ADMINISTRAÇÃO DE PROJETOS QUE JA NÃO TEM ALMA NEM MÍSTICA.
A OUTRA METÁFORA DESTA SITUAÇÃO É A DE NARCISO, BUSCANDO SEUS TRAÇOS CONFUSOS NO FUNDO DO LAGO, NA EMINÊNCIA DE SE AFOGAR A MEDIDA QUE AS ÁGUAS FICAM TURVAS PELO TOQUE ANSIOSO EM BUSCA DE SÍ MESMO.
PARA ATINGIR A MISTICA DESEJADA DENTRO DESTE MUNDO DE POUCAS POSSIBILIDADES PARA. É NECESSARIO O RETORNO A PERGUNTA E A BUSCA FUNDAMENTALDO PRIMEIRO AMOR: ONDE, COMO, POR QUE - TUDO COMEÇOU.
Exige portanto o desejo disperso em ambições terrenas egôcentricas, que abstenha e paixões e exageros de toda sorte
Neste caminho e despojamento, o ultimo bastião é derrubado pela misericórdia e pela postura de perdão até prévio diante de outros, significa liberdade de filhos de Deus.
Quando a kénosis, inclusive nas relações humanas e nos pensamentos e juízos, se aprofundar num esvaziamento de si, então o caminho se tornará mais leve e o caminhante, livre.
A MARCA MONASTICA DO OFICIO DIVINO:
ORA ET LABORA
LITURGIA DAS HORAS
COSMOLOGICAMENTE
ANTROPOLOGICAMENTE
ECLESIALMENTE
TEOLOGICAMENTE
É A SANTIFICAÇÃO DO TEMPO, A LITURGIA DAS HORAS ENTRA NO MISTÉRIO DO TEMPO, EM MOMENTOS CRUCIAIS, QUANDO DESPERTAMOS, O MEIO DIA E AO FIM DO DIA.
ESTA É A FORÇA CÓSMICA DA LITURGIA DAS HORAS, CONHECIDA DE MUITAS CULTURAS PRÉ-MODERNAS, E QUE PODEM SE TORNAR UM GESTO PROFÉTICO DE RECUPERAÇÃO DA SENSIBILIDADE PELA CONDIÇÃO ECOLÓGICA EXTRAVIADA NA VIDA FEBRILE TACNOFOGICA DOS TEMPOS QUE VIVEMOS.
Trata-se de uma obra que dá dignidade ao humano, é uma exaltação do espirito humano, ou seja, é santificar a vida no tempo que passa, provém do próprio Deus e retorna a Deus carregando o humano em sua palma:
Opus Dei
- Obra de Deus.
Assim a liturgia não é uma pausa nos trabalhos para se dedicar a oração. É o contrário: o trabalho é uma pausa na oração. É assim que se relaciona hierarquicamente o lema monástico
Ora et labora
.
É uma oração da comunidade, em comunhão com toda a igreja na comunidade dos santos. A oração rompe, assim, com o risco de uma queda no cultivo de um narcisismo espiritual.
Obriga afinal o coração e a voz com o coro da comunidade, com o ritimo e a sinfonia de muitas vozes. Cada orante se torna a boca da Igreja e a boca da criação.
A sua mistagogia recolhe a Palavra no Novo Tesntamento, os salmos biblícos, os hinos da Igreja, a leitura dos padres da Tradição, e reúne o seu cíclico em torno da Eucaristia.
É a mistagogia da recepção da Revelação da Experiência da Salvação.
A FORMALIDADE LITURGICA, O FORMALISMO ELITIZADO E A RESISTÊNCIA CRIATIVA
Tais preciosismos formais, rituais, leigos são proprios de iniciados e não do povo que luta diariamente com as questões básica da VRC se tornaram a elite aparentemente privilegiada, mas ao mesmo tempo mais atingida pelo sufoco da carga de formalidades que a igrja deu a sim mesma no distanciamento das fontes.
São João XXIII, considerou que, com o Concílio Vaticano II, ao abrir uma janela sobre a Igreja para entrar ar mais oxigenado, iria reflorecer uma nova primavera.
No ano da vida consagrada, o Papa Francisnco convida a olhar para o passado com GRATIDÃO, viver o presente com paixão e abraçar o futuro com esperança.
O tempo da crise é tempo de criatividade e de salvação
A FONTE PERENE DA PALAVRA DE DEUS
Há muitas de abordar a essência do hmano. A nossa abordagem de fé consiste: que a palavra de Deus se fez carne e habitou entre nós
A ORAÇÃO EM COMUNIDADE
Quem se reconhece no interior do Povo de Deus sabe que não vai em primeiro lugar, levar Deus ao povo mas encontra-lo entre os pequeninos e pobres. Sentir-se Povo de Deus entre os pequeninos. A Mistagogia inclui a mística de pertencer a um povo, a uma comunidade, e uma missão. É o que o Papa Francisco nomeou como "prazer espiritual de ser povo"
O caminho da Mistagogia é um caminho em grupo, com momentos de solidão onde ressoam os passos do caminho .
A MOLDURA TRINITÁRIA DA MISTAGOGIA CRISTÃ

A mistagogia introduz e experiencia totalizante do Espírito. O proprio conhecimento de Jesus, da condição escandalosa frágil na carne do Filho de Deus e Senhor da criação, é dado no Espírito.
MISTAGOGIA DO CICLO LITÚRGICO
Os tempos litúrgicos são um recurso natural da espiritualidade como tempos do repouso, da ação e da alimentação. Uma liturgia viva que se desdobra no cotidiano.
IR PARA TRÁS PARA IR MAIS PARA FRENTE
É preciso ir para as raízes para assim avançar na espiritualidade e na mística, ir até os primeiros
homo religiosus
o que significa cominhão ancestral
.
Full transcript