Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Funções Psiquícas e suas Alterações

No description
by

Silvana Escario

on 17 July 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Funções Psiquícas e suas Alterações

Funções Psíquicas e suas Alterações
Funções Psiquícas
Funções mentais, são também funções abstratas, originadas na mente.
O conhecimento das funções psíquicas dos indivíduos/e suas alterações, podem ser um instrumento valioso na avaliação do comportamento do cliente.
Funções Psiquícas são integradas.....mas pedagogicamente são estudadas de forma separadas
Vários autores abordam as funções psíquicas como: Dalgalarrondo(2008), Jaspers(1979), Miranda-Sá(2001)..etc
Atenção
E a capacidade de concentrar a atividade psíquica sobre um objeto ou sobe determinada situação, com a finalidade de capta-los.
A Atenção prepara e orienta o indivíduo para uma percepção mais aguçada de tudo que o rodeia.
As funções abrangem:
Atenção, memória, sensopercepção, imaginação, pensamento ou ideação, orientação, inteligência, consciencia, afetividade, instinto, vontade, atividade, linguagem, julgamento, raciocínio, senso ético, ...

UNC - Concórdia /SC
Pós Técnico - Saúde Mental
FUNÇÕES PSIQUÍCAS
Profª. Ms. Silvana Escario
Funções Psiquícas são integradas.....mas pedagogicamente são estudadas de forma separadas
Vários autores abordam as funções psiquicas como: Dalgalarrondo(2008), Jaspers(1979), Miranda-Sá(2001)..etc
a) Espntânea ou passiva:
Ocorre a todo o momento, naturalmente, de modo instintivo, sem que o indivíduo esteja preocupado com ela.....
b) Voluntária ou ativa:
Depende do indivíduo e de suas motivações, ou seja, e disciplinada e forçada.
c) Externa:
Dirigida ao meio externo.
d) Introspectiva:
Voltada para o interior do indivíduo
A Função Psíquica de ATENÇÂO = a cola/aderência da memória


A Atenção pode ser:
a) Aprosexia:
*Ausência de atenção
b) Disprosexia:
Lentidão e debilidade de atenção
c) Hiperprosexia
hiperatividade da atenção, em que o indivíduo capta as mais variadas impressões, sem todavia, conseguir fixar num determinado objeto
d) Hipoprosexia:
diminuição global da atenção devido à fadiga, estados tóxicos e lesões orgânicas.
e) Paraprosexia:
diminuição da intensidade e clareza das demais percepções...

A Atenção esta dirigida para um só objeto, graças a um esforço especial da vontade.....EX: Distração dos sábios
AS ALTERAÇÕES DA ATENÇÃO
SENSOPERCEPÇÃO
E a capacidade de tomar consciencia dos objetos que se apresentam aos órgãos dos sentidos, que nos informa sobre as sensações experimentadas.
A Sensopercção deve ser percebida e experimentada por todas as pessoas da mesma forma.
Disturbios da sensopercção:
a) Quantitativa: aumento do número/intensidade dos sons e cores;

b) Qualitativa: diminuição da intensidade/tudo escuro, sem cor, sem gosto.
Perturbações Qualitativas
a) Ilusão: percepção deformada do objeto; o objeto é real mas o indivíduo o iterpreta erroneamente

Todavia, na ilusão o indivíduo projeta errado a imagem, mas consegue corrigir rapidamente.
b) A Alucinação: percepção falsa na ausência de um objeto externo real.

Não é passível de correção pela lógica.
MEMÓRIA
Capacidade de retenção de experiências vividas. Pode ser evocada e reintegrada na consciência do indivíduo, no momento presente.


Funções
Fixação:
quando cata, fixa e conserva os fatos percebidos;
Evocação:
retém os fatos acontecidos e quando evocados, são relembrados;
Cronologia:
que localiza os fatos na ordem dos tempos.

DISTURBIOS QUANTITATIVOS:
a) Hipermnésia: aumento da memória;
b) Hipomnésia: diminuição da memória;
c) Amnésia: perda da memória.
DISTURBIOS
QUALITATIVOS:(paramnésia/falsos reconhecimentos

Podem estar associadas a uma perturbação da orientação:
a) Fenômeno "Já visto": impressão de ja ter vivenciado determinada situação;
b) Fenômeno do "Nunca visto": apesar de ja ter vivenciado o fato;
c) Ilusão de memória; detalhes imaginarios;
d) Alucinação de memória: lembrança de fatos que não ocorreram
CONSCIÊNCIA

Permitem o conhecimento do próprio eu, do mundo exterior, nossa existência, personalidade e do ambiente que nos circunda.

Escala de Glasgow = avaliação neurológica de 0 a 10
Distúrbios
a
) Obnubilação: dificuldade de perceber, responder, recordar e pensar claramente;
b) Confusão: não consegue formar frases, reconhcer pessoas e lugares;
c) Estupor e pré-coma: ocorre a perda de consciência;
d) Coma: abolição completa daconsciência;
e) Hiperconsciência: estado de vigília aumentado
ORIENTAÇÃO
O indivíduo ter consciência de si;
a): Autopsiquíca: mundo interno/personalidade;
b) Alopsiquíca: mundo externo/tempo/espaço;

DISTURBIOS: Autopsiquica/Alopsiquíca
PENSAMENTO
Aspecto funcional da vida psicológica, elaboração de ideias, criticas, síntese e juízos.(Funções: Ideação/associação de ideias/Juízo)
Distúrbios: da produção de pensamento, curso do pensamento e conteúdo do pensamento.
IMAGINAÇÃO
Capacidade do indivíduo criar, representar, evocar e associar essas imagens/ e livre na infância;

DISTURBIOS: quantitativos=abolição, diminuição, exaltação
qualitativos: fabulação e mitomania
INSTINTO
Pulsão inata, herdada, instintos básicos de sobrevivência: autopreservação/sexual/associação.
INTELIGENCIA
Capacidade para pensar e agir racionalmente;
Disturbios: oligofrenia/demência.
Afetividade
Esfera psiquíca de sentimentos, emoções = estado afetivo da pessoa
Estado afetivo:
Positivos: alegria, amor, solidariedade/positivos;
Negativos: raiva, ódio, inveja.
VONTADE
Disposição do indivíduo de ralizar uma ação, podem ser controlados pelo indivíduo;

DISTÚRBIOS: ambivalência, catatonia, ecolalia, maneirismo, impulsão, tiques, estereotipia motora, dromomania, pica compulsão.
ATIVIDADE
Conjunto de atos do indivíduo. Ato motor que objetiva uma finalidade
SENSO ÉTICO
Capacidade de usar adequadamente o conjunto de normas e padrões que orientam o indivíduo e grupo social ao qual pertence/desenvolvido pela cultura
LINGUAGEM
Instrumento de comunicação e elaboração e expressão de pensamento;
As alterações de linguagem são em decorrencia de distubios neurais: afasia, alexia, dislexia, disartia, dislalia, etc
Full transcript