Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Leitura e Produção de Textos Acadêmicos

No description
by

Wilka Soares

on 3 April 2017

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Leitura e Produção de Textos Acadêmicos

Os gêneros acadêmicos
fichamento
resenha
resumo
relatório
artigo
TCC, monografia, tese
memorial
A Leitura para aprender
Linguagem
A produção escrita na academia
objetivos da escrita
organização textual
coesão e coerência
escrita formal
adequação ao gênero
Ética
Leitura e produção de resumo: facilita a reflexão e memorização do conteúdo estudado.
Organização textual
Recuo do parágrafo
espaçamento entre linhas
Tipo e tamanho da fonte
Tamanho do papel
Margem
Alinhamento
Gêneros Acadêmicos
Leitura e produção de fichamento: facilita memorização e uso posterior do conteúdo escrito.
Leitura e produção de resenha: facilita a reflexão, memorização e futura divulgação das suas impressões acerca do texto estudado.
Normas ABNT (Site da UnP)
Domínio das ferramentas digitais
Em escrita acadêmica, convém observar o tom da argumentação, lembrando que verdades absolutas não perduram. A construção de um argumento acadêmico é geralmente feita com tom assertivo, não imperativo ou determinista. Isso fortalece o argumento apresentado e demonstra respeito por parte do(a) autor(a), além de garantir espaço para contra-argumentações que outros(as) acadêmicos(as) ou leitores(as) queiram/possam fazer.

Eis algumas expressões para abrandar seu discurso:

É possível observar que . . .
Pode-se perceber/dizer/argumentar que . . .
Nota-se, nos dados coletados, que . . .
É provável que tal fato se deva . . .

Modos e tom de argumentação

A argumentação é expressa de modos diferentes em diferentes tipos de texto. Pode ser agressiva, passiva, ou assertiva, entre outros. Vejamos alguns exemplos:

Agressiva: “É óbvio que a oração nas escolas públicas não deve ser encorajada. Somente os ingênuos podem pensar que prece organizada é bom para todos.”

Passiva: “Talvez eu esteja enganado, mas creio que organizar orações não deveria ser algo encorajado em escolas públicas.”

Assertiva: “A oração organizada deveria ser desencorajada nas escolas públicas porque ela viola a liberdade religiosa garantida pela Constituição.”
clara, formal;
cuidado
:
excesso de citações;
parágrafos ou frases muito longos
não apropriar-se indevidamente de pensamentos de outros (plágio).
não adulterar informações das fontes teóricas / coleta de dados.
não menosprezar ou ridicularizar
informar sempre, de modo correto e completo, todas as fontes da pesquisa
informar possíveis conflitos de interesse do autor, caso o mesmo tenha qualquer relação de ordem financeira (ou outras) com o objeto (entidade) estudado na pesquisa;
assumir honestamente os papeis de cada autor na pesquisa, sem apresentar como autor um pesquisador que não participou do trabalho;
Visitar Manual de gêneros acadêmicos postado no Blackboard
Full transcript