Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Gênero Textual Roteiro

No description
by

Adriana Oliveira

on 4 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Gênero Textual Roteiro

Roteiro é um gênero textual descritivo que serve como base para os textos dramáticos. Diferentemente dos gêneros narrativos, em um roteiro predomina a
DESCRIÇÃO
e, portanto, apresenta marcas textuais específicas deste gênero.

São 4 os elementos fundamentais de um roteiro:

* Enredo (história)
* Personagens (características físicas e psicológicas)
* Espaço (lugar)
* Tempo (cronológico - linear / psicológico - não-linear)
O que é roteiro?
O Auto da Compadecida
Ariano Suassuna
"O Auto da Compadecida" é uma peça de teatro, em forma de auto, em três atos escrita e em 1955 por Ariano Suassuna. Sua primeira encenação foi em 1956, em Recife, Pernambuco.

É uma comédia de tipo sacramental que põe em relevo problemas e situações peculiares da cultura do Nordeste do Brasil. Insere elementos da tradição da literatura de cordel, apresenta traços do barroco católico brasileiro, mistura cultura popular e tradição religiosa.

O Auto da Compadecida
Esta peça projetou Suassuna em todo o país e foi considerada, em 1962, por Sábato Magaldi "o texto mais popular do moderno teatro brasileiro".

Na adaptação feita para o cinema, aparecem alguns personagens como o Cabo Setenta, Rosinha e Vicentão. Na verdade e eles não fazem parte da peça original, e sim de A Incoveniência de Ter Coragem, também de Ariano Suassuna.Foi apresentada na Rede Globo de televisão como minissérie, em 1998, foi feito o filme com 100 minutos reduzidos, em 2000
Como fazer um roteiro?
Assista ao vídeo:

"NÃO TEM SEGREDO - ROTEIRO"
Gênero Textual Roteiro
Profª Adriana
Full transcript