Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Brasil Colonial

Aulas 03 e 04
by

Renan Fernandes

on 2 April 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Brasil Colonial

Brasil Colonial: início da colonização e cana-de-açúcar
Brasil Colonial - Visão Geral
Colônia de exploração

Pacto Colonial
Avanços e recuos

Tensão e negociação entre poderes locais e a Coroa

Povoamento predominantemente litorâneo

Mão-de-obra escrava

A administração da colônia
A expedição de Martim Afonso (1532)
Fundação de São Vicente
Combate
Exploração
Povoamento do litoral

As capitanias hereditárias (1534-1808)
Delegação à iniciativa privada
Direito de governo x propriedade
Inalienáveis, indivisíveis e hereditárias
Sesmarias

As Câmaras Municipais
A questão da mão-de-obra
Meados do século XV: começa o tráfico
1537: Bula Papal
1549: Chegam ao Brasil os primeiros jesuítas
Disputas entre colonos, Igreja e Coroa
1570: primeira lei proibindo a escravidão de indígenas

A questão econômica
1546: 760 (15%)
1585: 13.000 (31%)
1590: 36.000 (59%)
O ciclo da cana?
1570-1620: conjuntura de expansão

1630: concorrência das Antilhas

1654: começa a crise do açúcar

1760: o açúcar representava 50% das exportações da colônia brasileira (contra 46% do ouro).

A cana-de-açúcar
Especiaria de origem indiana
Expansão do consumo na Europa
Expedição de Martim Afonso (1532)

Montagem da produção
Rio de Janeiro: cachaça
Pernambuco e Bahia
Solo
Clima
Facilidade do escoamento

Consumo e importação
Amsterdã, Hamburgo, Londres, Gênova

A administração da colônia
O Governo Geral (1549-1808)
Esforço de centralização administrativa
Auxílio às capitanias
Administração da justiça real

Sobreposição de legislações

Competências concorrentes

Autonomia local

Tensão entre poderes locais e a Coroa
A montagem dos engenhos


As razões para o início da colonização:
Concorrência

Decadência do comércio com as Índias

Descoberta de ouro e prata na América espanhola
A opção pela cana-de-açúcar
Experiência portuguesa na Madeira e nos Açores

Mercado consumidor europeu

Clima e território

O papel dos holandeses:
Investimentos
Transporte
Distribuição
Prevalece o comércio com as Índias
Em 1558, 2,5% dos rendimentos da Coroa vinham do Brasil

Exploração do pau-brasil
Feitorias

Escambo

Coroa e particulares

Período pré-Colonial (1500-1530)
O início da colonização
D. João III (1521-1557)
Universalis Cosmographia, 1507
Martim Afonso de Sousa
Açores
Chegada de Tomé de Sousa à Bahia
Arcadas Vestibulares - Prof. Renan Barbosa
A cadeia de crédito
Economia colonial desmonetizada

Cadeia de crédito entre senhores de engenho e traficantes de escravos

Mediação dos interesses feita pela Coroa

Parcela considerável da população livre
Alto investimento inicial
Flamengos, italianos, Coroa
Instituições beneficentes

A organização do trabalho
Turnos de 24h
Coordenação
Complexidade do trabalho e dos produtos necessários

Atividades complementares
Produção de alimentos
Pecuária
Expansão do território
Mão-de-obra livre
Fumo
Recôncavo baiano
Exportação
Moeda de troca
Cachaça
Rio de Janeiro
Moeda de troca
A primeira missa no Brasil
, Victor Meirelles, 1861.
Engenho com capela
, Frans Post, 1667
Navio negreiro
, Johann Rugendas, circa 1830
Representação de um engenho
A cana-de-açúcar
O sitema de
plantation
:

Latifúndio

Monocultura

Mão-de-obra escrava

Exportação

Contexto: mercantilismo
Full transcript