Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Apresentação Geral Comitê Facilitador da Sociedade Civil Catarinense para a RIO+20

Diálogos Sociais para Rio+20 e Cúpula dos Povos
by

Thaianna Cardoso

on 22 August 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Apresentação Geral Comitê Facilitador da Sociedade Civil Catarinense para a RIO+20

Orientação
Prof. Dr. Daniel José da Silva
Diálogos Preparatórios
Grupos Mobilizados:
Trabalhadores e Sindicatos;
Mulheres;
Comunidade Científica e Tecnológica;
ONG´s;
Lideranças Locais;
Povos Nativos;
Agricultores;
Crianças e Jovens;
Negócios e Indústria;
Grupos Religiosos.
Objetivo Geral
Facilitar o envolvimento da sociedade civil catarinense no processo transitório para o Desenvolvimento Sustentável posto em pauta na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio+20.
Objetivos Específicos
Difundir aos catarinenses os objetivos, princípios e resultados esperados da Rio+20;
1
2
3
4
Resultados
Esperados
Representar a sociedade catarinense e manifestar os seus anseios e as suas contribuições para o Desenvolvimento Sustentável;
Empoderar a sociedade catarinense para que contribua qualificadamente na construção dos documentos diretrizes para o comprometimento político renovado;
Estimular e fortalecer as conexões entre os atores da sociedade civil com o intuito de formar uma rede ativa que persista além da Rio+20.
1
2
3
4
Diálogos Sociais preparatórios regionais e um encontro estadual -
Santa Catarina+20;
Construção participativa de documentos oficiais, e balanço de sustentabilidade pela sociedade civil;
Elaboração de materiais pedagógicos, informativos, e realização de encontros de capacitação;
Estabelecimento de plataforma virtual de diálogo entre os atores sociais para a sustentabilidade.
METODOLOGIA DE DIÁLOGOS
Comitê Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Diálogos Sociais para a RIO+20
Mediando os diálogos
Alimentando com informações
Formação dos Comitês Locais
para Encontros Periódicos
Conferência Preparatória
SC+20
Comitê Local Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Araranguá
Comitê Local Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Chapecó
Comitê Local Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Joinville
Comitê Local Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Lages
Comitê Local Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Florianópolis
Encontro Preparatório da Sociedade Civil Catarinense para a RIO+20
Comitê Facilitador da
Sociedade Civil Catarinense
Florianópolis
Estratégia de Mobilização
Quem Somos
Um Compromisso de
Gerações
Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio+20
Reunião de
Chefes de Estado
Cúpula dos
Povos
15 à 23 de Junho
2012
20 à 22 de Junho
2012
Temas Geradores:
Economia verde para a erradicação da pobreza e diminuição das desigualdades sociais;
Governança para o desenvolvimento sustentável.
Apoio
Metodológico
Grupo Transdisciplinar de Pesquisa
em Governança da Água e do Território
Metodologia
Acordo Inicial
Comunidade de Aprendizagem
Economia de Experiência
Estratégias de Governança
Avaliação e Prospecção
Temas Geradores:

Água e Saneamento;
Planejamento Territorial; Educação e Cultura;
Agricultura; Economia Verde e Governança.
PEDAGOGIA DO AMOR
Atividade individual, onde cada participante escreve sua opinião sobre o conceito em questão, ou seja, o ponto de partida é sempre a realidade cognitiva e social das pessoas.

Atividade expositiva, com a introdução de um conhecimento previamente organizado e sintetizado pelo instrutor. Como no primeiro momento, esta é uma atividade individual onde cada participante lê e reflete sobre o conhecimento adquirido. Trata-se da valorização do conhecimento do outro.
Nesse momento o trabalho é coletivo (pequenos grupos). Busca-se a reflexão entre os conceitos iniciais de cada participante, ou seja, é um momento onde cada membro do pequeno grupo ouve os conceitos construídos nos dois passos anteriores.

Trabalho de síntese no qual o grupo, através do diálogo, deve chegar à um consenso sobre o conceito em questão. Neste momento, surgem as divergências dentro do grupo sobre o conceito e as palavras-chave que englobam esse conceito e, portanto, cabe as pessoas dialogarem e encontrarem o melhor caminho para que todas as pessoas do grupo possam se enxergar no conceito final do grupo.
Esse é o último momento da Pedagogia do Amor, onde cada um dos pequenos grupos irá apresentar sua proposição do conceito, ouvir as críticas e contribuições e por aproximações sucessivas constrói-se o conceito-síntese do grupo.
Momento 1: Revelação da Subjetividade
Momento 2: Contribuição da Diversidade
Momento 3: Construção da Intersubjetividade

Momento 4: Construção do Domínio Linguístico
Momento 5: Apresentação
Participação na Rio + 20
Outros Eventos
Diálogos Sociais Temáticos
Atividades com escolas
Pique-nique Rio + Você
Somos + 20
Ligando os pontos - Araranguá/SC
Pick it up!
Green Drinks
SC + 20
Conferência Preparatória
Outras cidades
Convergência da Juventude
Comitês Estaduais
Eventos Paralelos
Marcha dos Povos
Atividades Auto-gestionadas
Diversidade Cultural
Full transcript