Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

web 2.0 - novas ferramentas na sala de aula

No description
by

luís pereira

on 29 June 2015

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of web 2.0 - novas ferramentas na sala de aula

Web 2.
novas ferramentas da sala de aula
Organização escolar e pedagógica baseada em
Formas de produção desenvolvidas pela Revolução Industrial
Escolas como Fábricas de conhecimento
Diferentes departamentos
Um professor responsável por cada turma
Um director responsável pela escola
Alunos sentados em linhas
Toque de campaínha para indicar períodos de descanso
Horas fixas para iniciar e terminar a actividade
Fazer
Partilhar
Encontrar
Usar os sistemas, ferramentas e aplicações baseadas na Web para promover uma atmosfera que apoie a aprendizagem potenciando, nos contextos formais de aprendizagem, a criatividade emergente dos contextos informais.
(Sterling, 2008)
A interacção social é fundamental para o desenvolvimento cognitivo e as relações sócio-culturais são o primeiro passo para o conhecimento
(Vygotsky, 1978)
As pessoas aprendem de modo vicariante, observando as acções e resultados dos outros.
(Bandura, 1977)
A aprendizagem acontece sempre dentro de um contexto concreto, com actividades autênticas e dentro de uma comunidade de prática.
(Lave & Wenger, 1991)
Teorias da Aprendizagem Social
Que relação com a Educação?
Que caminho seguir?
A criação de conteúdos em Blogs, Wikis, Podcasts ou Mapas Conceptuais ajuda os alunos a processarem verbalmente a informação
Web-log ou Blog
Uma única página web composta por "posts", ou breves parágrafos de opinião, informação, entradas diárias pessoais, ligações (links), fotografias ou vídeos, ordenados cronologicamente do mais recente para o menos recente.
Wiki
Página web ou conjunto de páginas de web que podem ser facilmente editadas por quem tenha acesso, permitindo a criação de trabalho colaborativo.
A existência de links em estilo hipertexto fornece fácil navegação entre páginas.
Bibliografia:
Antonelli, P. (2009). Make, Share, Find: Web 2.0 and Informal Learning. The CU Online Handbook Teach differently: Create and collaborate. Disponível emhttp://cuonline.ucdenver.edu/handbook/(acedido em 24 de Outubro de 2009).
Bull, G., Thompson, A., Searson, M., Garofalo, J., Park, J., Young, C., & Lee, J. (2008). Connecting informal and formal learning: Experiences in the age of participatory media. Contemporary Issues in Technology and Teacher Education, 8 (2). Disponível em de http://www.citejournal.org/vol8/iss2/editorial/article1.cfm (acedido em 24 de Fevereiro 2010)
Moura, A. & Carvalho, A. A. (2010). Podcasts: potencialidades em educação. Revista Prisma.com. Disponível em http://prisma.cetac.up.pt/artigospdf/5_adelina_moura_e_ana_amelia_carvalho_prisma.pdf (acedido a 10 de Maio de 2011)
Bandura, A. (1977). Social Learning Theory. New-York, Prentice-Hall
Cofer, D. A. (n.d.). Informal workplace learning. Disponível em http://www.inspiredliving.com/business/wkplace-lrn.htm (acedido em 5 de Novembro de 2009)
Ebersbach, A., Glaser, M., Heigl, R. (2006). Wiki: Web Collaboration. Springer-Verlag: Germany.
Lamb, B. (2004). Wide Open Spaces: Wikis, Ready or Not. Educause Review Vol. 39, No. 5 (Sep/Oct 2004), pp. 36–48. Disponível em http://www.educause.edu/pub/er/erm04/erm0452.asp (acedido em 15 de Janeiro de 2007).
Lave, J. & Wenger, E. (1991). Situated Learning: Legitimate Peripheral Participation. Cambridge: Cambridge University Press.
Sterling, R. (2008, April 29). Writing, technology, and teenagers. Kojo Nnamdi Show. Disponível em “WAMU Public Rádio” http://wamu.org/programs/kn/08/04/29.php (acedido em 8 de Outubro de 2009
Vygotsky, L. (1978) Mind in society. The Development of Higher Psychological Processes. Cambridge, MA: Harvard University Press.
Comentando as entradas de blogs mantidos por jovens, Sterling (2008) sublinha que nem toda a escrita é brilhante mas que os alunos se empenham nas suas ideias e que é importante tentar capturar essa motivação para a sala de aula.
A sua facilidade de utilização, grande flexibilidade e livre acesso promovem o trabalho de grupo (Ebersbach et al., 2006; Lamb, 2004)
Podcasting (iPod+broadcasting)
Modo de difusão de emissões de rádio. Através de subscrição de um “feed RSS”, e com a ajuda de um programa específico, pode-se descarregar automaticamente para o computador ou o iPod as emissões de rádio ou outros ficheiros áudio previamente seleccionados e de seguida transferi-las
para um leitor de ficheiros MP3 e serem ouvidas onde e quando o utilizador pretender.
A sua utilização na aprendizagem de línguas estrangeiras pode tornar-se num recurso com grandes potencialidades, quer pedagógicas, quer motivacionais, dado ser uma tecnologia facilmente transportável e acessível a um grande número de jovens.
(Moura & Carvalho, 2010)
Social networking
O social networking permite que os alunos se liguem a outros alunos favorecendo a criação de comunidades de prática.
A utilização destas ferramentas promove interacções informais que, segundo os alunos, influenciam os resultados das suas aprendizagens formais.
(Lucas & Moreira, 2009)
Os sistemas de social bookmarking permitem a criação de listas de "favoritos" ou "bookmarks", guardando-os no servidor e podendo partilhá-las com outras pessoas.
Aprendizagem informal
As crianças e os jovens vivem em constante situação de aprendizagem, não só na escola mas principalmente fora dela.
(Antonelli, 2009; Lucas & Moreira, 2009).

Estudos efectuados em contextos laborais mostram que 70% da aprendizagem de uma função é adquirida através de actividades de aprendizagem informal.
(Cofer, n.d.)
A Web constitui-se como imensa uma rede aberta de conhecimento humano, o que implica a aprendizagem de novas competências de pesquisa e selecção de informação
Que obstáculos à adopção da Web na Educação?
Objectivos de aprendizagem visados;
Constrangimentos de tempo;
Aumento da complexidade da gestão em sala de aula que a exploração das tecnologias acarreta;
Constrangimentos ao acesso à Internet;
Modelos limitados de integração das tecnologias no ensino dos professores;
(Bull et al., 2008)
Aprendizagem ao longo da vida
www.facebook.com
www.ning.com
www.orkut.com
www.wikispaces.com
www.wikimedia.com
www.blogger.com
www.wordpress.com
www.podomatic.com
www.diigo.com
www.delicious.com
Social bookmarking
Serviços de agregação
Recolhem informação de vários sítios da Web, através de feeds RSS concentrando-a e publicando-a numa única página web.
Que solução?
Imaginação!
RSS (Really Simple Syndication)
Formato usado em muitas páginas web ou blogs que, através da criação e publicação destes feeds RSS automaticamente permitem que os utilizadores saibam sempre que um conteúdo é actualizado
www.netvibes.com
Ou continuaremos a ver este filme nas nossas escolas...
Vila Nova de Paiva ...2015
Luís Miguel Pereira
Permitem desenvolver competências de síntese e de organização da informação
Mapas conceptuais
www.cmaps.com
www.mindmeister.com
Full transcript