Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Biologia Marinha

No description
by

Bruna Schnor

on 4 September 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Biologia Marinha

Biologia Marinha
Introdução:
Amanda Sarmento nº 2
Bruna Schnor nº 9
Isadora Schmidt nº 20
Marina Matarazzo nº 30 Victoria Schnor nº 39

Importância do ambiente marinho.
Características físicas.
Classificação quanto a profundidade e a luminosidade.


Ambientes costeiros da zona eufótica.
Classificação dos organismos quanto a locomoção.
Peixes abissais
Importância :
Local com uma biodiversidade riquíssima.

Reposição do oxigênio no planeta.

Regulam as condições climáticas.

Absorvem grande quantidade de gás carbônico.

Fonte de recursos alimentares.

Fonte de recursos econômicos, através da pesca, navegação e extração de petróleo.

Produtos do nosso dia a dia são extraídos do fundo do mar.
Fatores de degradação:
Características físicas:
Classificação quanto a luminosidade
Classificação quanto a profundidade
Ambientes costeiros da zona eufótica
Classificação dos organismos quanto a locomoção
Peixes Abissais
Alguns projetos marinhos
Curiosidades
Bibliografia
A luz do ambiente marinho diminui com a profundidade e é dividida em:
Zona Eufótica ( presença de luz)

Zona Disfótica (pouca luz)

Zona Afótica ( sem presença de luz)
Zona Litorânea

Zona Nerítica

Zona Batial

Zona Abissal
O ambiente marinho é dividido em duas províncias:
Bentônica

Pelágica
Província Bentônica
Província Pelágica
Possui domínio de águas plenas

Afastada da costa e inicia-se no término da plataforma continental

Apresenta águas cristalinas e poucos seres vivos
Zonas Oceânicas (luminosidade)
Zonas Oceânicas (relevo)
Habitam grandes profundezas do mar.(Capacitados a viver em altas pressões)

Possuem luz no próprio corpo.

Dificuldades na reprodução.

Alguns apresentam hábitos carnívoros.
(Esqueleto leve e corpo elástico)


Seres que vivem na zona abissal e
apresentam modificações perante essa condição:
Necton:
Ex: peixes, mamíferos, lulas.
Conjunto dos animais aquáticos que se movem livremente na água, com o auxílio dos órgãos de locomoção, como as barbatanas ou outros apêndices.
Bentos:
Conjunto dos organismos marinhos que vivem no fundo do mar e podem ser fixos ou móveis (se arrastam).
Ex: algas, esponjas, estrelas-do-mar, ouriços-do-mar.
Profundidade:
Alguns tipos de peixes abissais:
Um dos fatores mais importantes para a distribuição dos organismos.
Os oceanos são dividos em quatro diferentes áreas de profundidade :
Zona Litorânea -
menor que 200 m.
Zona Nerítica
- atinge aproximadamente 200 m de profundidade.
Zona Oceânica
- de 200 a 2.000 m de profundidade.
Zona Abissal
- estende-se de 2.000 m até as maiores profundezas.
Temperatura :
Baixa amplitude térmica em relação a ambientes terrestres.
Temperatura Superficial da água- varia de acordo com as estações e as latitudes :
baixas latitudes
: quentes ao longo do ano, entre 25 a 30 graus C.

altas latitudes
: não ultrapassa 3 graus C

Termoclina.
Pressão Hidrostática :
Plânctons:
Projeto Peixe Boi



Projeto Tamar (conservação de tartaruga marinhas)



Projeto NEMA (monitoramento ambiental)





ONG Oceânica (conservação dos ecossistemas costeiros e marinhos)




Organismos com poder limitado de locomoção.
Transportados passivamente pelas correntes ou movimentos d'água.

Podem ser classificados em:
Bacterioplâncton

Fitoplâncton

Zooplâncton
É determinada pelo peso da coluna de água por unidade de área.
A cada 10 metros de profundidade, aumenta em 1 atm ( unidade atmosférica ao nível do mar).
Os organismos marinhos têm que suportar pressões bastante elevadas que podem chegar a 1.100 atm
Pressão hidrostática influencia a dissolução de carbonato de cálcio.
Luminosidade :
Parte da radiação é utilizada pelos produtores primários para o processo de fotossíntese.
A visão de alguns dos animais marinhos dependem diretamente da intensidade luminosa.
-
Zona Eufótica
- Zona Disfótica
- Zona Afótica
Quanto a penetração da luz, podemos dividir os oceanos em :
Salinidade :
Quantidade de sais dissolvidos, provenientes da ação erosiva de bilhões de anos das águas sobre os solos e rochas.
A salinidade é medida em partes por mil (%o), ou seja, é medida a quantidade de sal por litro de água.
Substratos Marinhos :
Entende-se por fundos marinhos, que são divididos em :
-
fundos moles ( lodosos ou arenosos)
- fundos rochosos
fundo rochoso
fundo arenoso
Correntes Marítimas:
Resultado da influência dos ventos.
Podem ser correntes quentes ou frias, interferindo na temperatura de localidades.
A utilização da força das ondas e das marés poderá vir a ser uma das melhores formas de produzir energias limpas.
Marés e Ondas :
Petróleo, combustíveis, produtos químicos que chegam ás águas dos oceanos.
Lixos materiais (plásticos, ferros, vidros entre outros)
Lançamento de esgoto doméstico e industrial
Deposição de resíduos radioativos.
Consequências para o meio ambiente :
Contaminação de peixes e outros animais marinhos.
Morte de aves, devido a contaminação dos peixes ou por entrar em contato com o petróleo.
Obrigada pela atenção
Devido à sua enorme abrangência, a Biologia Marinha já se tornou um curso de graduação em várias universidades brasileiras.

As esponjas marinhas retêm 88% do silício do oceano, um nutriente fundamental para a proliferação de microalgas e da vida marinha

Alguns peixes abissais são capazes de ver até 10 vezes melhor que os humanos.

O esqueleto das algas Crisoficeas é silicoso, assim, é retirado delas a "terra diatomácea", que é usada na produção de cremes dentais, na indústria auto-motiva (polidor) e na indústria cervejeira (filtrante).

http://www.coladaweb.com/biologia/ecologia/biociclos-aquaticos-talassociclo-e-limnociclo

http://oficinaexperimental.wikispaces.com/file/view/classificacao_ambientes_marinhos.pdf

http:/obviousmag.org/archives2011/11criaturas_abissais.html

http://www.mundoeducacao.com/biologia/peixes-abissais.htm

Livros
PEREIRA, Renato Crespo; GOMES, Abílio Soares .
Biologia Marinha
Edição. 2 ed. Editora Interciência. Rio de Janeiro, 2009.
629 p. ISBN 978-7193-213-5.
Mapa dos Ambientes Costeiros no Brasil
Ecossistemas Costeiros
Praias;

Manguezal;

Estuário.

Diversidade de Ecossitemas:
Apresentam:
Diversidade Biolgica;

Berçários Naturais;

Interesse Socioambiental.
Mangue Vermelho
Estuário em Picinguaba
Full transcript