Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Fisiocardio 2015

No description
by

romulo duffor

on 17 November 2016

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Fisiocardio 2015

SISTEMA NÃO-INVASIVO DE AFERIR A PRESSÃO
CODA
MEDIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
Invasivo
Telemetria
Pressão Arterial Direta
Desvantagens:
morbidade associada com a implantação
bateria com vida curta - requer substituição
aumento do estresse - transmissor pesado
comportamento anormal - 1 por gaiola
alto custo
não é possível fazer em grande escala
falta de mercado competitivo (alto custo)
Vantagens:
afere a pressão em animais livres
método válido - excelente correlação com a pressão arterial direta
MEDIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
Não-invasivo
MEDIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
Não-invasivo
Gravação do Volume de Pressão (VPR)
Clinicamente validado
Método Patenteado
Determina o volume de sangue da cauda do animal utilizando um
sensor
de gravação do volume da pressão e um
manguito de oclusão
.
Independe do pulso - animais pequenos e grandes.
Não possui artefatos em relação à luz do ambiente.
Compatível com ressonância magnética
Cor da pele do animal não é um fator importante.
Comprimento do sensor - resultado preciso
6 parâmetros: sistólica, diastólica, média da pressão, batimentos, volume e fluxo de sangue da cauda.
Consistente em animais acordados e anestesiados.
Pressão disatólica é mensurada e não estimada (calculada).
GRAVAÇÃO DO VOLUME DA PRESSÃO (VPR)
CODA
CODA Monitor
Mede 1 animal
Display colorido integrado
CONTROLADORES
CODA Standard
Mede até 2 animais, simultâneamente
Software em CD
CODA High Throughput
Alta Transferência
Mede até 8 animais, simultâneamente
Mede até 48 animais, com 6 controladores em rede
Software em CD
SOFTWARE
Fornece a medida em tempo real com a capacidade de exportar os dados (Excel ou outras planilhas).
Display em eixo X e Y
Display numérico
Fácil manuseio do dados (aceitar ou rejeitar os dados, colocar nomes)
Manguitos de Oclusão
Sensores VPR
5 tamanhos
4 tamanhos
Detentores
Plataforma de Aquecimento
7 tamanhos
Ajustável
Transparente - permite visualizar o animal
Cone de nariz escuro - reduz o estresse
Permite o livre movimento da cauda
Saídas de ar
Aquecimento infra-vermelho - penetra profundamente
Aquecimento uniforme
Ajustável - 3 níveis
Timer

Parâmetros de Monitoramento Fisiológico
Temperatura
Saturação do Oxigênio
Batimentos Cardíacos
Respiração
Selecionar e combinar os módulos
MouseSTAT
- Oximetria de Pulso e Batimentos Cardíacos
- Controlador
- Sensor (mouse ou rato)
- Almofada de aquecimento
MouseVent
- Ventilador automático
- Controla a ventilação por pressão ou volume
- Basta inserir o peso do animal e pressionar RUN!
RightTemp
- Monitora a temperatura/Controlador homeotérmico
- Aquecimento Infra-vermelho
- 2 almofadas e 2 sensores de temperatura
Capnoscan
- Monitora o CO2 expirado (capnógrafo)
- Leitura precisa em baixos volumes - animais pequenos
- Visualização em tempo real - média ou picos de níveis de CO2
- Display embutido
- Tempo-real
- Exportação de dados
(planilhas ou LabChart -ADInstruments)
- Alarme de segurança (sonoro)

PhysioSuite
Sistema de Anestesia
SomnoSuite
Sistemas Tradicionais
Econômico (<1ml/hora)
Seguro
Pré-calibrado Isoflurano

Controlador SomnoSuite
1 seringa de vidro (2ml-mouse ou 10ml-rato)
Filtro de carvão ativado
Tubos acessórios para conectar ao cone de nariz e à câmara
- Componentes:
- Opcionais:
Câmara de indução (mouse/rat)
Cone de nariz (mouse/rat)
Módulo MouseSTAT (saturação oxigênio/batimentos cardíacos)
Módulo MouseVent (diminui quantidade de gás - direto animal)
A metodologia da pressão arterial não-invasiva consiste em utilizar um manguito de oclusão na cauda do animal para interromper o fluxo sanguíneo. Após a deflação vários tipos de sensores podem ser utilizados para monitorar a pressão sanguínea.
Existem 3 tipos de tecnologias para a medição não-invasiva da pressão arterial, todas elas utilizando um manguito de cauda (
tail-cuff
):
Fotopletismografia
Piezopletismografia
Gravação do Volume da Pressão (VPR)
Não-invasivo
Fotopletismografia (PPG)
Tecnologia que utiliza uma fonte de luz para iluminar um pequeno ponto na cauda - gravação do primeiro sinal de um pulso na deflação do manguito de oclusão ou o desaparecimento do pulso na inflação do manguito.
Primeiro e mais antigo método
tail-cuff.
Piezopletismografia
Similar à PPG, utiliza cristais de cerâmica piezoelétricos.
Requer a mesma primeira aparição de um pulso na cauda para registrar a pressão arterial sistólica e a frequência cardíaca.
Mais preciso.
MEDIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
MEDIÇÃO DA PRESSÃO ARTERIAL
Não-invasivo
Desvantagens
Leitura baseada em apenas um único pulso.
Pressão Diastólica é estimada (calculada) e não mensurada.
PPG
pode causar queimaduras na cauda do animal. Apresenta dificuldade em aferir a pressão em animais de pele escura.
Componentes do Sistema:
Controlador CODA (Monitor, Standard, High Throughput) bomba automática de inflação e deflação
Software CODA (Standard, High Throughput)
Sensores VPR e manguitos de oclusão
Detentores
Plataforma de aquecimento
Suporte para o controlador
Você está monitorando seus animais?
5 fatores à serem considerados quando o animal está sob anestesia
1. Efeitos da anestesia.
2. Manter a profundidade da anestesia adequada.
3. Requisitos de procedimentos específicos.
4. Protocolo de estudo.
5. Diretrizes e recomendações para utilização de animais em ensino e pesquisa.
Effects of anesthetics on systemic hemodynamics in mice. Am J Physiol Heart Circ Physiol 287: H1618–H1624, 2004
Janssen, Ben J. A., Tijl De Celle, Jacques J. M. Debets, Agnieszka E. Brouns, Michael F. Callahan, and Thomas L. Smith.

1 - Efeitos da Anestesia
1% isoflurano
2% isoflurano
Quetamina-Xilazina
Q-X com isoflurano
Pentobarbital sódico
24% queda FC
38% queda FC
55% queda FC
60% queda FC
31% queda FC
Imediatamente antes do procedimento
Durante a conclusão do procedimento
Até os analgésicos do pós-operatório fazerem efeito

2 - Profundidade da Anestesia
A profundidade da anestesia deve ser mantida a um nível adequado
Técnicas para confirmar a profundidade da anestesia
Pinçamento dos dedos
Prender rapidamente a pele entre os dedos ou garras.
Não deve haver retração da pata.
Reflexo da pálpebra
Bater levemente o canto medial dos olhos.
Não deve provocar um piscar ou vibração dos olhos.
Movimento das vibrissas e orelhas
Não deve haver movimento das vibrissas e orelhas em resposta ao sopro suave.
Todas as técnicas acimas são testes subjetivos e a resposta do animal está sujeita à interpretação de um ou mais indivíduos.
Técnicas para confirmar a profundidade da anestesia
Monitoramento dos sinais vitais
A frequência cardíaca e respiratória podem aumentar se a profundidade da anestesia diminuir.
O monitoramento dos sinais vitais fornece uma avaliação objetiva que pode ser claramente documentada.
3 - Requisitos de procedimentos específicos
Além dos efeitos da anestesia como alguns procedimentos podem alterar o estado fisiológico do animal?
A hipotermia pode ocorrer devido à vasodilatação induzida pela anestesia.
A cirurgia que requer a abertura de cavidades afeta a temperatura corporal do animal.

4 - Protocolo de Estudo
Você está fazendo cirurgia de sobrevivência?
Monitoramento cirúrgico cuidadoso e atenção aos problemas aumentam a probabilidade de um resultado cirúrgico com sucesso.
Guia para o cuidado e uso de animais de laboratório - NIH
Você irá anestesiar várias vezes?
Grandes investimentos de tempo e recurso.
Quanto você está gastando em animais?
Alguns modelos experimentais específicos são caros.
5- Diretrizes e Recomendações paro o uso de animais
Guia para o cuidado e uso de animais de laboratório
NIH - 8a Edição - Pág. 122
For anesthesia delivery, precision vaporizers and monitoring equipment (e.g., pulse oximeter for determining arterial blood oxygen saturation levels) increase the safety and choices of anesthetic agents for use in rodents and other small species.
Produtos e Equipamentos destinados à pesquisa científica.
Atua há 12 anos no mercado brasileiro.
Possui sede em Miami com escritórios em São Paulo e Belo Horizonte.
LAB RESEARCH CORPORATION
PRAZO DE ENTREGA E TRANSPORTE
Apoio logístico integrado, prazo de entrega reduzido.
Permite transportar materiais sensíveis, mantendo a integridade do produto durante todo o processo.
PRODUTOS
Representamos marcas de renome internacional e sempre incorporamos novas distribuições para oferecer a melhor solução para os clientes.
Full transcript