Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

à procura da pauta perfeita

No description
by

Denise De Rocchi

on 4 April 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of à procura da pauta perfeita

Agenda Setting:
A mídia pauta as discussões da sociedade?
À procura da pauta perfeita
Está dentro do perfil do meu público?
passo a passo
Pra sambar na cara da sociedade e mostrar com quantas pautas se faz um bom programa de rádio (muitas, muitas pautas!)
Posso usar som e música para contar esta história?
Consigo fechar a matéria a tempo?
Repórter bom sai com uma pauta e volta com duas!
Olho na concorrência!
Agências de notícias são uma boa fonte para abastecer o noticiário nacional e internacional
O ouvinte já era uma fonte importante de sugestões para as emissoras. As redes sociais são mais uma forma de contato com eles.
Tenho como cobrir a pauta ao vivo ou por telefone?
Será por isso que tantos querem colocar seus temas como pauta nos meios de comunicação?
Esta linha de estudo questiona a influência que a mídia tem sobre os temas em debate. Para alguns, a mídia mostra ao público sobre o que debater e para outros autores, mostra inclusive como pensar sobre o assunto retratado.
Não sofra por ser um mero rádio-escuta: o que você monitora nas outras emissoras ajuda a compor a pauta. O pauteiro também acompanha os jornais e TVs para ficar por dentro do que acontece e não perder nada.
Se estamos acompanhando o que o concorrente faz e ele faz o mesmo conosco, não estamos todos fazendo exatamente as mesmas coisas?
Ela é a base de todo trabalho jornalístico, mas onde encontrá-la? Quais servem para o rádio?
É algo novo?
Atinge diretamente nosso público?
Abrange um grande número de pessoas?
Aconteceu na nossa região?
Estes são alguns critérios para definir se uma pauta deve ou não ser coberta por um veículo.
No rádio, devemos considerar ainda se o assunto pode ser contado sem o auxílio da imagem. Ter uma fonte que fale de forma clara também ajuda.
#partiupauta? #comofaz?
Assessorias de imprensa enviam diversas sugestões, mas nem sempre elas podem ser totalmente aproveitadas
Muitos órgãos públicos e estatais costumam manter agendas nos seus sites. Através delas, é possível se atualizar sobre cerimônias e coletivas de temas que possam virar pautas
O governo também tenta mostrar sua pauta positiva produzindo ele mesmo seus conteúdos
Caiu na rede, é pauta!
Os assuntos mais comentados ou declarações de celebridades/autoridades também podem virar pauta.
A regra sobre checar informações é mais importante do que nunca!
ao receber a pauta:
* pesquise sobre o tema
* veja o que já foi dito sobre o assunto
* prepare suas perguntas
Ainda assim, a pauta parece horrorosa? Será que outra fonte não seria mais adequada para falar disto? Será que outra abordagem não ficaria mais interessante? Às vezes só isto já basta.
Pautas bem completas (com sugestão de fonte, telefone, etc..) são o ideal. Mas na prática nem sempre é assim. A informação pode chegar na última hora e ser passada direto para o repórter
É um assunto importante?
Projeto Experimental de Rádio - Uniritter/Porto Alegre
professora Denise De Rocchi
"A rotina era frustrante. Chegava na redação e recebia uma tira de papel com uma sequência de tarefas a serem cumpridas. Ouvir o presidente da associação comercial, o representante dos produtores agrícolas e o líder de um sindicato de trabalhadores qualquer sobre a última medida econômica anunciada pelo governo. Sentava-me diante do telefone e, com a agenda na mão, disparava ligações para os escalados do dia. Duas ou três perguntas depois, repassava para a lauda a declaração do entrevistado, que transformaria em notícia no programa a seguir. (...) A cada entrevista me perguntava: para quem serviria aquela informação? O que mudaria na vida do cidadão? (...) Na época, responsabilizava a estrutura da emissora, que não oferecia espaço para coberturas jornalísticas em campo, limitando minha ação a um telefone. Com o tempo, notei que minha inexperiência e a falta de conhecimento dos temas abordados me impediam de argumentar com maior profundidade, e de questionar as afirmações dos entrevistados."
Milton Jung. Jornalismo de Rádio (pág. 104)
Full transcript