Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Morfossintaxe - Pós - 2013

March 2013 - Class 1
by

Denilson Sousa

on 13 April 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Morfossintaxe - Pós - 2013

Morfossintaxe Prof. Dr. Denilson Amade Sousa denisousa@gmail.com
Especialização Língua Inglesa e Tradução (da língua inglesa) Before anything else, we´ll do 2 activities apparently unrelated. Leituras / Readings Assista ao videoclipe abaixo, paródia de uma música do Daft Punk chamada "Technologic" Now, listen to the poem Now, watch it again and write down all "commands" you hear/see In pairs or trios, you have 5 minutes to TRANSLATE all commands you've written down. Big image from this prezi: what is it? who is it? how do you know? Now, read the poem and discuss the following with a partner:
What is it about?
or
What happened? 1 2 Cronograma O que essas atividades nos dizem? For NEXT class. Read chapters 1, 2 and 3.
Come up w ONE question per chapter!!! In groups, discuss: Check with the other members of the group if they have any questions about the text. If so, try to answer it together.
Look at the quotes:

"Good readers tend to have very large andsophisticated vocabularies in the language in which they are reading"

"Students who understand how words are formed, by combining prefixes, suffixes, and roots, tendto have larger vocabularies and better reading comprehension."

"Every kid in order to read a book and have good comprehension needs to know 80-90% of thevocabulary in the book."

Now answer: Do these students know morphology? Does MAX know morphology? On a scale from 0 to 10, how WELL do you think you read in English? Why? Who is she? Do you like her? What´s all the fuss about her lately? How would you translate this? or better, how do you think it was said in the original? Now, watch the video and answer:
How was it said in the original? ??? READINGS ALL the materials will be available through the link below “In linguistics, morphology refers to the mental system involved in word formation or to the branch of linguistics that deals with words, their internal structure, and how they are formed” (Aranoff & Fudeman, 2005: 2) Morphology - An overview Para bom entendedor meia palavra basta. Palavra de rei não volta atrás. Pesar as palavras, medir as palavras, pedir a palavra, empenhar a palavra, cortar a palavra, em quatro palavras, palavra de honra, santas palavras, última palavra...
São alguns provérbios e expressões que demonstram que, para o falante, a palavra é identificada como uma unidade formal da linguagem que, sozinha ou associada a outras, pode constituir um enunciado. Se para o leigo parece evidente reconhecer palavras, para o lingüista não é tão simples caracterizar a entidade que representa, aproximadamente, a primeira articulação da linguagem, aquela que se manifesta por meio de unidades significativas.

Para começar a compreender as palavras na perspectiva do lingüista, vamos partir da prática da gramática tradicional, segundo a qual são atribuídos dois significados ao termo 'palavra'. O primeiro deles poderia ser ilustrado pela resposta fácil à pergunta: quantas palavras há na frase "José contou muitas estórias"? Nenhum locutor de português vacilaria em afirmar que há quatro palavras. Por outro lado, se questionarmos o número de palavras da seqüência contou, contamos, contava, contávamos, contasse, provavelmente haveria alguma hesitação, e uma das respostas possíveis consideraria a existência de formas diferentes de uma mesma palavra; teríamos, então, o segundo sentido de palavra, decorrente de uma interpretação especial do conceito. Essa segunda acepção levaria em conta: (i) a forma vocabular, ou forma de palavra, e (i i) o lexema, a palavra como unidade abstrata, com significado lexical, CONTAR, no caso. É essa última a forma registrada pelos dicionários; corresponde à forma de citação padronizada, aquela que é empregada para a referência aos lexemas.

Essas primeiras observações já nos permitem esboçar uma parte das questões investigadas pela Morfologia - freqüentemente definida como a área da lingüística que estuda "a forma das palavras". Restaria acrescentar, para completar o domínio de investigação da morfologia, que, a partir de CONTAR, também podemos obter uma outra série de palavras: conto, contista, contador, conta, contagem. Embora sejam formas associadas a CONTAR, não podemos afirmar que sejam formas diversas do mesmo lexema, pois cada novo termo possui um significado lexical próprio e constitui, portanto, um novo lexema. Esse conjunto de palavras fonnou-se por um processo diverso daquele da seqüência anterionnente analisada (contou, contamos, contava, contávamos, contasse) pois criou novos itens lexicais. Na construção dos dois conjuntos de termos formados de CONTAR pudemos constatar a atuação de dois processos morfológicos distintos: a flexão, no caso de contou, contamos, etc. - produzindo "formas de palavras"- e a derivação, em conto, contista, etc. -produzindo novos "lexemas". O primeiro deles é objeto de estudo da Morfologia Flexional e o segundo, da Morfologia Lexical. Just for us to think about how hard it is to define a word: Is there more?
Yes, there is!!! :) https://www.dropbox.com/sh/rjs69zvarogpamy/yn9EcXJlN8 Overview 1 Overview 2 Morfossintaxe * * # 1 2
Full transcript