Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Armazenamento de Dados

No description
by

Ygor Rios

on 20 June 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Armazenamento de Dados

Depois este método foi mudado, devido à dificuldade de se contar mais do que quatro termos:

I II III IIII IIII IIII IIII IIII IIII


1 2 3 4 5 6 7 8 9 Participantes Márcio Gomes de Assis
Paulo Henrique S. Lemos
Raphael Rezende Reis
Ygor Rios A. Siqueira Orientadora: Miriam Pontello Introdução 2400 a.C a1500 d.C Os homens primitivos não tinham necessidade de contar, pois o que necessitavam para a sua sobrevivência era retirado da própria natureza, essa necessidade de contar começou com o desenvolvimento das atividades humanas, quando o homem foi deixando de ser pescador e coletor de alimentos para fixar-se no solo. No pastoreio, o pastor usava várias formas para controlar o seu rebanho e uma das formas era a pedrinha que era armazenada em um saco, ou seja, cada carneiro representava uma pedrinha. A palavra cálculo, é derivada da palavra latina calculus, que significa pedrinha, a correspondência unidade a unidade não era feita somente com pedras, mas eram usados também nós em cordas, marcas nas paredes, talhes em ossos, desenhos nas cavernas e outros tipos de marcação. Os talhes nas barras de madeira continuaram a ser usados até o século XVIII na Inglaterra. A palavra talhe significa corte. Hoje em dia, usamos ainda a correspondência unidade a unidade. Símbolos
numéricos I II III IIII IIIII IIIIII IIIIIII IIIIIIII IIIIIIIII
1 2 3 4 5 6 7 8 9 No começo da história da escrita de algumas civilizações como a egípcia, a babilônica e outras, os primeiros nove números inteiros eram anotados pela repetição de traços verticais, como: I II III IIII IIII I Um dos sistemas de numeração mais antigos que se tem notícia é o egípcio. É um sistema de numeração de base dez e era composto pelos seguintes símbolos numéricos: Contagem O ábaco é um objeto de madeira retangular com bastões na posição horizontal, eles representam as posições das casas decimais. Cada bastão é composto por dez “bolinhas”. As operações são efetuadas de acordo com o sistema posicional. O ábaco não resolve os cálculos, ele simplesmente contribui na memorização das casas posicionais enquanto os cálculos são feitos mentalmente. 1900 a 1960 Cartão Perfurado Em meados do sec. XX foi desenvolvido uma das primeiras fontes de armazenamento, o cartão perfurado, os equipamentos operavam através de relês.
Os cartões perfurados resolviam equações diferenciais. Computador Programável Em 1959 a IBM construiu um mainframe baseado em transistores, o “IBM 1401”. Foram vendidos 12.000 máquinas. O objetivo era substituir as máquinas de cartões perfurados.
Em 1960, ele provou ser um computador científico popular e cerca de 2.000 foram vendidos. Ele utilizava uma memória de núcleo magnético de até 60.000 dígitos decimais. Memórias de núcleo magnético Os primeiros discos rígidos eram além de robustos e de excepcional capacidade de armazenamento, porém medíocre quando comparada as capacidades atuais, eram caríssimos.
Com o tempo, outras versões eram criadas, com maior capacidade de armazenamento, novos materiais, e ocorreu disputas de mercado, com isso os preços começaram a ser mais acessíveis a todos. Disco de Vinil O disco de vinil surgiu no ano de 1948. Eles são mais leves, maleáveis e resistentes a quedas. Mas são melhores, principalmente, pela reprodução de um número maior de músicas, e pela sua qualidade sonora, além, é lógico, do atrativo de arte nas capas. CD-Magneto ópticos 1990 a 2011 CD-Magneto ópticos (CD-MO) é um formato de disco compacto que utiliza campos magnéticos para armazenamento de dados, também conhecido como "o Livro Laranja". Zip Drive Em 1994, foi criado o "Zip drive", que é um sistema de disco removível de média capacidade. Ele foi introduzido com uma capacidade de 100 MB, e com rapideza se tornou um sucesso com pessoas e empresas os usando para armazenar arquivos maiores que a capacidade de 1.44 MB de disquetes regulares.
Foi muito utilizado também para fazer backup de dados nas empresas. Com o tempo a Iomega aumentou a capacidade para 250 MB e depois para 750 MB. O DVD-ROM, é um tipo de midia utilizado para gravação de videos ou dados, geralmente tem capacidade de 4,7Gb ou 9Gb (dupla-camada). DVD-ROM O CD-RW é um disco óptico regravável que foi introduzido em 1997, eles possuem a mesma capacidade dos discos CD-R.
Um CD-RW pode ser gravado e apagado aproximadamente 1000 vezes, embora na prática esse número seja muito menor. CD-RW O Blu-ray foi desenvolvido com o objetivo de substituir o DVD. Este formato utiliza um disco diferente, que é gravado e reproduzido com um laser azul-violeta ao invés do tradicional vermelho.
Esse formato têm suas vantagens e desvantagens:
Vantagens: O Blu-ray tem maior capacidade de armazenamento, chegando a 25 GB com camada única ou 50 GB com dupla camada.
Desvantagens: Os discos, assim como os aparelhos para leitura, são mais caros para serem produzidos. Pen-Drive O Pen Drive, é um dispositivo de armazenamento constituído por uma memória flash tendo uma fisionomia semelhante a de um isqueiro ou chaveiro e uma ligação USB permitindo a sua conexão a uma porta USB de um computador. As capacidades atuais, de armazenamento, são de 64 MB a 256 GB. Uma vez encaixado na porta USB, o Flash Drive aparece como um disco removível, similar a um disco rígido ou disquete.
Alguns modelos podem reproduzir música MP3, gravar áudio, como um gravador de voz e sintonizar FM. HDs Externos O HD externo é como se fosse um pen drive, transportar arquivos (dados, músicas, vídeos e jogos), porém com capacidades absurdamente grandes, chegando até 2.5TB.
Mas esses HDs externos tornaram-se o objeto principal também para quem deseja fazer backup de seus arquivos. DVD-Vídeo e DVD-R Armazenamento
de Dados SISTEMA BINÁRIO Por volta do século III a.C., o matemático indiano Pingala inventou o sistema de numeração binário. Ainda usado atualmente no processamento de todos computadores modernos, o sistema estabelece que sequências específicas de uns e zeros podem representar qualquer número, letra ou imagem. 1501 a 1900 Hollerith: Trampolim para o Sucesso O tabulador de Hollerith consistia de quatro partes:
1º) Um furador que perfurava os cartões em pontos pré-determinados;
2º) Um leitor de cartões para conferir a posição dos furos;
3º) Um contador de cartões que exibia o número de cada furo à medida que as rodas de contagem giravam;
4º) Um classificador para separar os cartões de acordo com os furos. 1960 a 1990 Dísco Rígido Os primeiros “Disquete”, foi criado em 1967 por um funcionário da IBM, onde o mesmo teve a árdua tarefa de criar uma forma de levar as atualizações criadas na empresa para os clientes em que o gasto de produção fosse menor a 5 dólares. Então criou o Disquete, com capacidade de 80 kb, basicamente para leitura, mas com a pouca durabilidade dos discos, criou a capa que encobre os disquetes, o que se tornou sua principal característica. Disquete Primeiro modelo de Fita Cassete Em 1963, foi criado o primeiro modelo de Fita Cassete. Ela realizava gravação e reprodução de áudio, onde cada lado do Cassete poderia armazenar até 30 minutos de áudio em alta velocidade. Com o passar do tempo, seus desenvolvedores, implementaram recursos tecnológicos, trocaram o material e alojaram novas camadas magnéticas de materiais de melhor durabilidade, o que, conseqüentemente, deixou a qualidade do áudio razoável. Em 1980, foi criado o CD, desenvolvido pela "Phillips" e "Sony", com capacidade para armazenar até 700 MB ou 80 Minutos de mídia.
O que fez com que, os Disquetes, os discos de Vinil, a Fita Cassete e até mesmo os Super 8mm se tornassem obsoletos, baseando-se em capacidade, durabilidade, tamanho e qualidade de armazenamento de mídia. Tornando-se, então, a principal forma de armazenamento de dados portátil. CD (Compact Disc) No ano de 1954 as memórias de núcleo magnético rapidamente substituíram outras formas de armazenamento temporário, e dominaram até a metade da década de 1970.
Em 1956, a IBM vendeu seu primeiro disco magnético, RAMAC. Ela utilizou 50 discos de metais de 24 polegadas, com 100 trilhas por lado. Ele podia armazenar 5 megabytes de dados a um custo de US$10.000 por megabyte. http://www.laercio.com.br
http://www.google.com.br
http://www.dmwinfo.com.br
http://www.wikipedia.com.br
http://www.mundoeducacao.com.br
http://www.pessoal.sercomtel.com.br
http://www.historiadomundo.com.br
http://www.megasoft.inf.br
http://www.tudook.com
http://www.di.ufpb.br Fontes: Dispositivo de armazenamento é um dispositivo capaz de gravar
(armazenar) informação (dados). Essa gravação de dados pode ser feita
virtualmente, usando qualquer forma de energia. Um dispositivo de
armazenamento retém informação, processa informação, ou ambos. Um
dispositivo que somente guarda informação é chamado mídia de
armazenamento. Dispositivos que processam informações (equipamento de
armazenamento de dados) podem tanto acessar uma mídia de gravação
portátil, ou podem ter um componente permanente que armazena e obtém
dados. Tipos de dispositivos de armazenamento:
* Por meios magnéticos ( HDs , disquetes ).
* Por meios ópticos ( CDs , DVDs , etc).
* Por meios eletrônicos (SSDs) - chip - Exemplos: cartão de memória
e pen drive Ciência da Computação Curso: Em 1890 os cartões perfurados apareceram numa máquina construído pelo norte-americano Herman Hollerith para acelerar o processamento das estatísticas para o censo dos Estados Unidos. OBJETIVO Centro Universitário de Belo Horizonte A grande necessidade de estudar um armazenamento de dados, é conseguir desenvolver tecnologias que facilitem ao usuário métodos de armazenar seus dados e desenvolver também um aplicativo para recuperarem seus dados. Tendo como importante desenvolvimento dessa tecnologia, temos os dados/informações que por sua vez é um elemento identificado como uma forma bruta, mas sendo trabalhado, irá facilitar ao usuário reconhecê-lo não como um fator unitário bruto e sim um conjunto de informações. Os aplicativos de armazenamento de dados abrangem uma vasta variedade de necessidades e objetivos, de pequenas ferramentas como uma agenda, até complexos sistemas empresariais para desempenhar tarefas com a função de ênfase em contabilidade, de muitos programas de correio eletrônicos e organizadores pessoais baseando-se em tecnologias padronizadas de armazenamento de dados. Hoje ha uma grande variedades de armazenamento de dados, desde simples tabelas armazenadas em um único arquivo até gigantescos dispositivos de armazenamento de dados com muitos milhões de registros, armazenados em salas cheias de discos rígidos, tornando-se uma ferramenta segura e eficaz na recuperação e organização de qualquer possível informação que o usuário determinar. Cada vez mais a competitividade é acirrada no mercado, fazendo as organizações buscarem alternativas que forneçam formas inovadoras, que os tornem mais pró-ativas, estruturadas e inseridas neste contexto. Justificativa O objetivo do trabalho é informar a partir de uma linha do tempo a evolução do Armazenamento de Dados desde 2400 a.C. até 2011 e mostrar quais os tipos de armazenamento de dados que surgiu nesse período. Agora o nosso site: De forma coerente com a trajetória da evolução, a proposta de implantação dos Armazenamentos de Dados não surgiu do acaso. Ela foi criada durante um razoável tempo, no momento em que a nossa região começava a tomar ciência da viabilidade e necessidade da utilização do armazenamento dentro dos seus mais variados segmentos socioeconômicos. Atualmente, á necessidade do ser humano para armazenar seus dados é enorme, devido a sua ocupação. CONCLUSÃO http://www.pesquisaarmazenamento.xpg.com.br Blu-ray
Full transcript