Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Termalismo em Portugal

No description
by

Bernardo Marreiros

on 17 February 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Termalismo em Portugal

O Termalismo em Portugal
Portugal Continental:
* S. Pedro do Sul;
* Monte Real;
* Curia;
* Pedras Salgadas;
* Caldas do Gerês;
* Melgaço.

Açores:
O termalismo;
Termas do
Varadouro -
encerradas
Abandonadas
Termas do Carapacho
As Termas do Carapacho localizam-se no lugar do Carapacho, na freguesia da Luz, na ilha Graciosa, nos Açores.
Enquadradas numa zona balnear, com piscina natural, as termas são muito concorridas por pessoas que buscam os múltiplos benefícios das suas águas quentes.
Esta estância termal encontra-se junto ao mar, no sopé da elevação vulcânica de maior altitude da ilha que culmina na Caldeira da Graciosa, onde se encontra outro dos pontos turisticos mais procuradas da ilha: a Furna do Enxofre.
Com origem no aquífero subjacente à Furna do Enxofre, as suas águas são cloretadas, sódicas, sulfatadas, cálcicas, hipersalinas, cloretada sódica bicarbonatada muito rica em sais de magnésio e com um PH de 7,2. Emergem a uma temperatura de cerca de 40°C.
A sua utilização terapêutica remonta pelo menos à década de 1750 na profilaxia de doenças reumáticas, de pele, do fígado e de colites, sendo a forma de tratamento mais usual os banhos de imersão.
Termas da Ferraria
Ribeira Grande
Esta ribeira é alimentada por nascentes de água quente de origem termal que caem formando cascatas com água acastanhada devido à grande abundância de ferro existente na água.
É de salientar a abundância de caldeiras, fumarolas e afloramentos rochosos de cores variadas.
O seu ponto de maior altitude encontra-se nos 628 metros e faz parte dos contrafortes do Vulcão do Fogo, cuja cratera se encontra alojada a Lagoa do Fogo.
Na zona central do vale encontra-se uma caldeira de águas ferventes de grandes dimensões, cujas águas em tons azul claro estão em continua ebulição com a consequente desgasificação para o meio ambiente.
No edifício termal do século XIX e no outro lado da via, existe uma "fumarola" junto à qual foi construído de três tanques de pedra para receberem água quente natural e grelhadores para refeições ao ar livre.
Caldeira
Fumarola
O Termalismo
O termalismo é um método natural de tratamento alternativo à medicina que recorre às águas minerais para fazer as curas. A variedade de componentes químicos da água e o seu equilíbrio permite obter propriedades que ajudam a curar doenças e feridas.
O recurso à água como agente terapêutico é impossível de datar dado que foi iniciado pelos povos que habitavam nas cavernas, depois de observarem o que faziam os animais feridos. Dando conta que alguns tipos de água serviam para curar doenças ou feridas, o Homem começou a tratá-la como objeto de culto. Nas civilizações greco-romanas o termalismo tornou-se bastante popular. Na "Odisseia", de Homero, Ulisses já fazia referência às vantagens dos banhos termais.
O século XX acabou por ser o de implantação definitiva do termalismo, ajudado por estudos que comprovaram a utilidade e os benefícios deste tipo de tratamento. Pela primeira vez, a hidroterapia foi disciplina de medicina nas escolas, tendo começado na Áustria. Também os estudos sobre a água feitos por geólogos ajudaram a credibilizar o termalismo. Assim, no final do século XX, numa sociedade dominada pelo stress, o Homem procurou alguma tranquilidade, o que também é proporcionado pelas termas.
* Termas do Carapacho;
* Termas da Ferraria;
* Termas das Caldeiras da Ribeira Grande.

O Turismo termal parte integrante do Turismo balnear ocorre exclusivamente onde se utiliza a água com temperatura alta. Tendo como função principal o tratamento de saúde, o seu uso hoje estende-se ao lazer, este tipo de turismo é usado para curar várias doenças, tais como, doenças do fígado, obesidade, diabetes, hipertensão arterial, entre outras.
O termalismo em Portugal;
Termas da
Ladeira Velha
Em Portugal
As termas em Portugal têm como slogan “Termas de Portugal – Fonte de Energia”.
Este slogan é, de facto, exemplificativo da importância do termalismo como atividade de reconhecido efeito terapêutico na cura ou prevenção de variadíssimas mazelas, físicas ou espirituais, provocadas por um quotidiano muitas vezes árduo e penoso.
O termalismo em Portugal parece querer voltar a atingir um lugar de destaque no panorama turístico português.
As unidades termais encontram-se, regra geral, associadas a locais de imensurável beleza natural e, fruto da sua antiguidade, encerram em si um charme muito especial e verdadeiramente acolhedor.
Passar férias nas Termas de Portugal é, também, a oportunidade de visitar locais de reconhecida riqueza histórica e saborear os mais requintados paladares gastronómicos das regiões onde elas se inserem.
Em Portugal Continental existem cerca de 40 termas e nos Açores mais 8.
Trabalho realizado por:
Bernardo
Marreiros
nº6
Filipe
Ferreira
nº9
Jincheng
Chen
nº10
Considerado um caso único no mundo, devido à existência de água salgada termal com um teor de enxofre muito elevado, as águas da Ferraria, além de curarem problemas de reumatismo e nevrites, são também usadas para tratar de doenças de outros foros.
Com o investimento recentemente concluído, foi possível manter a traça original do edifício original e, em simultâneo, dotá-lo de evoluídos equipamentos, o que permitiu criar um moderno SPA Termal, que concilia o conceito tradicional de termas com fins terapêuticos e medicinais a uma vertente mais moderna de turismo termal e de técnicas de fisioterapia, relaxamento e bem-estar.
Conclusão;
Bibliografia.
Conclusão:
A cura termal é um dos mais antigos tratamentos terapêuticos e com mais provas dadas, assente na utilização das propriedades naturais das águas termais. Reconhecido desde 1986 pela Organização Mundial de Saúde, é usado para aliviar a dor e tratar afecções crónicas.
As principais vantagens da cura termal assentam no facto de proporcionar ao paciente um tratamento não agressivo, preventivo e sem efeitos secundários, fruto das características das águas termais.
Bibliografia:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Turismo_termal
http://www.termasferraria.com/spa/aguas.php
http://www.cvarg.azores.gov.pt/geologia-acores/enquadramento-geoestrutural/Paginas/default.aspx
Manual do Aluno
http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Termas_de_Portugal
http://www.parquepedrassalgadas.com/pt/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Termas_de_Portugal
http://www.aguasdogeres.pt/
http://pt.wikipedia.org/wiki/Categoria:Termas_de_Portugal
S. Pedro do Sul
As Termas de São Pedro do Sul localizam-se no Distrito de Viseu, região Centro e sub-região de Dão-Lafões.
Os principais benefícios do termalismos resultam de uma significativa diminuição da dor, uma clara melhoria da mobilidade, um menor consumo de medicamentos e uma conquista sensível de confiança e autonomia.
Estes benefícios da cura termal prolongam-se durante vários meses, prova da eficácia da medicina termal.
Para prolongar e consolidar os benefícios da cura termal, um crescente número de termalistas repete, regularmente, uma ou duas vezes por ano, conforme os casos, a sua cura termal.
Monte Real
A Terma de Monte Real localiza-se na freguesia portuguesa do concelho de Leiria, com 12,23 km² de área e 2 936 habitantes,e a água do Termal tem os seguintes aspetos:
Aparelho Digestivo:
A Água Termal de Monte Real tem uma ação estimulante do funcionamento intestinal e vesicular. Saliente-se que esta ação terapêutica perdura muito para além do período de tratamento, sendo que por vezes o seu efeito só se faz sentir após concluída a terapia.
No Aparelho Locomotor - Reumático/Músculo - Esquelético
O enxofre existente na Água Termal é absorvido através da pele, tornando-se benéfico para as articulações contrariando o seu natural processo degenerativo.
Curia
A Terma da Curia localiza-se na freguesia de Tamengos do concelho de Anadia, onde se podem encontrar as famosas termas com o mesmo nome.
As águas minero-medicinais das Termas da Curia são de natureza sulfatada cálcica e magnésica e são especialmente indicadas no tratamento de doenças como a gota, pedra nos rins, infecções urinárias, hipertensão arterial, reumatismo, problemas de coluna, artrite entre outros.
PEDRAS SALGADAS
Distrito
: Vila Real
Concelho
: Vila Pouca de Aguiar
Freguesia
: Bornes de Aguiar
NUT 1
: Portugal Continental
NUT 2
: Norte
NUT 3
: Alto Trás-os-Montes
Unidade Geomorfológica
: Maciço Antigo (Granito, Xisto, Calcários cristalinos e Quartzitos)
As Termas de Pedras Salgadas situam-se na freguesia de Bornes de Aguiar, Vila Pouca de Aguiar,Portugal.
A água é hipersalina, bicarbonatada, sódica, gasocarbónica, ferruginosa e silicatada com uma temperatura de 15°C e pH de 6,3.
Tem como indicações terapêuticas: afecções do aparelho digestivo associadas ao fígado e à vesícula biliar, do aparelho respiratório e metabolico-endócrinas.
O sucesso das termas começou quando a família real escolheu a localidade de Pedras Salgadas como destino de férias. D. Maria Pia, o rei D. Fernando e D. Carlos descobriram uma pequena localidade no interior norte de Portugal a 1263 metros de altitude que conserva um microclima especial e dá origem a uma "água com vida".
Mas só mais tarde, em 1871, se iniciou a exploração deste recurso tão escasso quanto natural, que começou logo a ganhar prémios internacionais. Destes, destaca-se a distinção que alcançou logo dois anos depois em Viena de Áustria.
CALDAS DO GERÊS
Distrito
: Braga
Concelho
: Terras de Bouro
Freguesia
: Vilar da Veiga
NUT 1
: Portugal Continental
NUT 2
: Norte
NUT 3
: Cávado
Unidade Geomorfológica
: Maciço Antigo (Granito, Xisto, Calcários cristalinos e Quartzitos)
As Termas do Gerês situam-se na vila do Gerês, freguesia de Vilar da Veiga, Concelho de Terras de Bouro.
As referências históricas das Termas do Gerês remontam à época dos Romanos, mas apenas no início do século XVIII é construído o primeiro Estabelecimento Termal.
As Termas do Gerês ocupam, actualmente, um dos lugares cimeiros na escala de frequência das Estâncias Termais Portuguesas, graças aos investimentos significativos que tem vindo a efectuar, criando novas valências, de onde se destaca o SPA TERMAL, com uma moderna piscina aquecida, ginásio, massagens e programas de estética termal.
Hoje, as Termas do Gerês são especialmente recomendadas para tratamento do fígado, vesícula, obesidade, diabetes, hipertensão arterial e reumatismos crónicos.
Para além da cura termal tradicional são proporcionados programas específicos de bem-estar termal, relaxamento, manutenção, reeducação dietética, emagrecimento e anti-stress, devidamente acompanhados por profissionais especializados.
Melgaço
Distrito
: Viana de Castelo
Concelho
: Entre Monção e Melgaço
Freguesia
: Paderne
NUT 1
: Portugal Continental
NUT 2
: Norte
NUT 3
: Minho-Lima
Unidade Geomorfológica
: Maciço Antigo (Granito, Xisto, Calcários cristalinos e Quartzitos)
Localizada num dos mais belos recantos do Norte português, o Parque Termal do Peso ou Estância Termal de Melgaço situa-se na freguesia de Paderne, lugar do Peso, entre Monção e Melgaço - Fronteira de S. Gregório.
A história documentada das Termas foi iniciada com o primeiro registo no município de Melgaço em 1884. Em 1885, engarrafaram-se as primeiras águas, tendo Adriano Cândido Moreira solicitado, quatro anos depois, licença para a sua aplicação terapêutica.
A água é mineralizada, gasocarbónica, bicarbonatada, cálcica/magnesiana e ferruginosa, com uma temperatura de 15°C e pH de 6.
As termas de Melgaço estão indicadas no tratamento da diabetes de maturidade e hipercolesterolemia.
Atualmente a exploração e engarrafamento de água é propriedade da Unicer que em 2007 engarrafou 116 mil litros de água, dos quais perto de um terço seguiu para exportação.
www.youtube.com/watch?v=Yqd8mKk9XsE
https://www.youtube.com/watch?v=SI3AAFKg9OA#t=137
Full transcript