Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Barramentos - descrição e implementação

Sistemas Digitais 3 - 5º período do curso técnico de eletrônica do CEFET/RJ
by

Alberto Lima

on 8 July 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Barramentos - descrição e implementação

Barramentos: descrição e implementação Quinto Período Professor Alberto de Lima Curso Técnico de Eletrônica Interfaceamento interno Sinais de barramento Fonte: Floyd, Thomas L. Sistemas digitais [recurso eletrônico] : fundamentos e aplicações . 9. ed. Porto Alegre : Bookman, 2007. I/O multiplexados Conexão de dispositivos a um barramento Em computadores o microprocessador controla e se comunica com as memórias e os dispositivos I/O via estrutura de barramento interno. Um barramento é multiplexado de forma que qualquer dos dispositivos conectados a ele possa enviar ou receber da dos de outros dispositivos. Um dispositivo que transmite é freqüentemente denominado de fonte, e um dispositivo que recebe é freqüentemente denominado de aceitador. Num instante qualquer existe apenas uma fonte ativa. Por exemplo, a RAM pode estar enviando dados para uma interface de I/O sob o controle do microprocessador. Os barramentos podem ser classificados em dois tipos quanto ao tipo de controle Síncrono Assíncrono "o microprocessador geralmente gera todos os sinais de controle e temporização. Os outros dispositivos sincronizam então suas operações através dos sinais de controle e temporização". "os sinais de controle e temporização são gerados em conjunto pela fonte e pelo aceitador. O processo do estabelecimento conjunto de comunicação é denominado handshaking" Handshaking Buffers tristate são normalmente usados para interfacear as saídas de um dispositivo fonte com um barramento. Geralmente mais de uma fonte é conectada em um barramento, porém apenas uma pode ter acesso de cada vez. Todas as outras fontes têm que estar desconectadas do barramento para evitar contenção de barramento (choque de dados). Operação de um buffer tristate Alguns dispositivos que enviam e recebem dados combinam linhas de entrada e saída, denominadas de portas de I/O, as quais têm que ser multiplexadas e interligadas ao barramento de dados. Buffers tristate bidirecionais fazem a interface desse tipo de dispositivo com o barramento Cada porta de I/O tem um par de buffers tristate. Quando a linha SND͞RCV(Send͞Receive),
que controla o envio (send) e a recepção (receive), é nível BAIXO, o buffer tristate superior de cada par é habilitado de forma que o dispositivo funciona como um aceitador recebendo os dados do barramento. Sistemas Digitais 3 Exercícios Determine o sinal na linha do barramento mostrado para as formas de onda de
entrada de dados e habilitação mostradas. Na Figura abaixo, os dados das duas fontes são colocadas no barramento sob o controle da linha de seleção (sinal S). Dada forma de onda de seleção, determine as formas de onda no barramento de dados para o código de saída do dispositivo indicado.
Full transcript