Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Vidros de Segurança

No description
by

Matheus Turchet

on 31 October 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Vidros de Segurança

Vidros de Segurança

História

Vidro Temperado
Descoberta do Vidro
- não se sabe ao certo
- mercadores fenícios: nitrato de sódio + areia + fogo = vidro (líquido)
Idade da Pedra
- obsidiana
5000 A.C.
Egito

- Já faziam contas coloridas e opacas de vidro
1500 A.C.
Egito:

- Começaram a produzir peças ocas
-Modo de fabricação: Matriz de areia + aglomerante

Síria e Fenícia:

-Desenvolviam virdros coloridos (óxidos metálicos na pasta)
250 A.C.


- Método de Sopragem do Vidro
Barateou a produção de artigos de vidro e contribuiu
para difusão dos mesmos

Vidro translúcido (impurezas do ferro)
1300
Veneza:

- Vidro moldado à rolo(Oriente-Cruzadas)
-Técnica de sopro por cilindros(Veneza)
1665
-Colbert fundou a Cia Manufactures de St. Gobain:

Definição e Composição
-O vidro é uma substância inorgânica, homogênea e amorfa , obtida através do resfriamento de uma massa a base de sílica em fusão.
sopro sobre a forma de cilindros
eram abertos aplainados e polidos
técnica do vidro plano fundido diretamente
-O vidro é composto principalmente por sílica, óxidos fundentes, estabilizantes e substâncias corantes
1810
Brasil
- Primeira fábrica de vidro brasileira ( Salvador)- Real Fábrica de Vidros da Bahia
conflitos da independência
1865
-Adoção de fornos Siemens( indústria de aço)
-Adoção de tanques para conter material fundido
-Adoção de máquinas para cortar e soprar o vidro

Produção
Existem, naturalmente, diversos métodos para se obter, desde os mais rudimentares, até os mais técnológicos
Situação no Brasil
-As matérias primas são obtidas a partir da areia, barrilha, calcário e feldspato, principalmente
Vidro Laminado
Características:
Resistência mecânica e térmica
Fratura em cacos arredondados

1901/1914
- Processo Fourcault:estiramento em folhas no sentido vertical
1920
-Processo Libbey-Owens- Colburn:estiramento em folhas no sentido horizontal
Fourcault X Colburn
Vantagens Colburn:
não precisa de debiteuse
não apresenta tantos defeitos
1931
Etapas atuais (tecnológicas)
-Mistura das matérias primas
-Mistura é fundida com precisão no forno
-Após fundido, é derramado em um tanque de estanho
-"Banho Float"
-Recozimento
-Após o resfriamento, o vidro apresenta superfícies polidas e paralelas
- Cortes
-Introdução dos tijolos de vidro:
leveza
isolamento térmico
controle de luz
Etapas artesanais
-Aqueciam a matéria prima
-Modelavam a partir das técnicas de sopro ou de rolo
Desvantagens:
superfície da lâmina não ser tão brilhante devido ao rolo dobrador


Areia (sílica)
-Obtida através da extração de leitos de rios e várzeas
-No Brasil, 70% da areia são produzidos em leito de rios
-A produção de areia para a construção civil está disseminada por todo território brasileiro
Calcário (CaCO3)
-é encontrado extensivamente em todos os continentes, e é extraído de pedreiras, de depósitos que variam em idade.
-as reservas lavráveis de calcário no Brasil chegam a 43,7 bilhões de toneladas
-a atual produção brasileira de calcário estaria assegurada por mais de quatrocentos anos.

Barrilha (NaCO3)
-não há no momento produção de carbonato de sódio no país, o que leva a necessidade da total importação do mesmo
-atualmente todo o montante de carbonato de sódio importado é trazido diretamente dos Estados Unidos
Feldspato
-extração de rochas

-reservas brasileiras de aproximadamente 48 milhões de toneladas, com a produção atual que é em torno de 115 mil toneladas

-reservas: 400 anos
Vidro Aramado
Produção
Têmpera térmica:
Aquecimento e resfriamento controlado
Ocorrência de quebra
Chapas planas
Têmpera química:
Banho em sais fundidos
Raios atômicos maiores substituem menores
Vidros curvos
Apresentação
Tipo de vidro de segurança formado pela intercalação de vidros uma placa metálica
Consequências
Produção de tensões no vidro
Impossibilidade de ser cortado ou modelado
Situação no mercado brasileiro
1980 introdução do vidro no mercado
Anos 2000
Expansão acontecendo ainda hoje
Sua Fabricação é similar a do vidro Impresso (float), mas acrescenta-se a malha de aço na massa de vidro durante a produção
Produção
Maior resistência a impactos
Vantagens
Mantem o espaço indevássavel, mesmo que o vidro se quebre
Graças a malha metálica, o vidro se mantém preso à placa
Aplicação
NBR 7199 : “é necessária a utilização do vidro temperado nas seguintes aplicações: boxes, portas, divisórias, portas de armários, janelas e basculantes, quando projetada para o exterior a mais de dois pavimentos, com projeção a 25 cm da fachada”
Sistemas sem caixilhos
Indústria automobilística
Composição
- Lâminas interligados por camada de Polivinil-Butiral









- "Efeito teia de aranha"
- Fragmentos ficam presos no butiral e PVB pode ser distendido.
Definição
Desvantagens
Não pode ser manipulado
"Quebra espontânea"
Produção
Ainda, esse tipo de vidro tem alta resistência a elevadas temperaturas
Exemplo, o vidro SGG ARAMADO, da Saint Gobain, que tem classificação RE 60 segundo a norma NBR 14925, ou seja, resiste de 60 a 89 minutos ao fogo.
- Nitrato de celulose, acetato de celulose, PVB

- 1-> chapas são preparadas montadas
2-> levadas para a estufa
3-> pré remoção de ar
4-> autoclave (10 a 15 atm e 100ºC)

- Temperatura e umidade controladas
Aplicações
- Simples : reduzir risco de quedas e risco de fissurações

Ex.: Fachadas de edifícios, vitrinas, divisórias, portas, janelas, guarda corpos.

Aplicações
Alinhamento entre segurança e design
A NBR 7199 (Projeto, Execução e Aplicações de Vidros Na Construção Civil) exige vidros laminados ou aramados para situações em que o vidro pode cair e se quebrar
O vidro aramado é indicado para compartimentação de ambientes
Aplicações
Múltiplos : utilizado em lugares que são mais exigidos

Ex.: Carros blindados, guaritas blindadas, aeroportos, piscinas, pisos.
Normas
NBR 14697 - métodos experimentais e cuidados para vidro laminado; metodologia de classificação.

NBR 7199


Situação no Brasil
Pelo falo do vidro translúcido permite bem-estar no ambiente, e por possuir um grande leque de fabricação do quesito de cores e superfície estampada, sua aplicação alia a segurança com a beleza.
- É recomendado para piso de vidro, porém pouco utilizado no Brasil nesse caso - norma em desenvolvimento
- Grande gama de aplicações possibilita uma grande utilização na construção civil
- Mercado ainda em expansão
Por conta disso, há a demanda de vidros aramados em diferentes projetos arquitetônicos, segundo grandes empresas distribuidoras desse material. Por exemplo, varandas, jardins de inverno e salas de jantar, entre outros.
Ainda, a aplicação de vidros aramados são feitas em grandes estruturas, claras boias, janelas
Felipe Aranha - 146031
Luiz Guilherme Cerigatto - 148789
Marco Antonio Bortolotto - 147182
Mateus Akira Yamaoka - 148842
Matheus Turchet - 147361
Turma B - 31/10/2013

Bibliografia
Sites:

http://www.dnpm.gov.br/assets/galeriadocumento/balancomineral2001/feldspato.pdf
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAAfXMAI/carbonato-sodio
http://www.mme.gov.br/sgm/galerias/arquivos/plano_duo_decenal/a_mineracao_brasileira/P27_RT38_Perfil_do_Calcxrio.pdf
http://www.mme.gov.br/sgm/galerias/arquivos/plano_duo_decenal/a_mineracao_brasileira/P22_RT31_Perfil_de_areia_para_construxo_civil.pdf
http://www.cebrace.com.br/v2/vidro/processo-fabricacao
http://www.andiv.com.br/downloads/rep-esp/ovidroplano_451_jul2010_o_vidro_que_salva.pdf
http://www.ebah.com.br/content/ABAAAepOMAH/industrias-viidro
http://www.dequi.eel.usp.br/~acsilva/8%20-%20Vidro.pdf
http://www.andiv.com.br/normas_vigentes.asp
http://www.arquitetonico.ufsc.br/o-vidro-e-sua-aplicacao-na-construcao-civil
http://edificaacoes.files.wordpress.com/2011/04/apo-vidros-completa-publicac3a7c3a3o.pdf
http://www.saint-gobain-glass.com.br/sgg-aramado.asp?prod=construcao_civil
http://www.vidroshowaguasclaras.com.br/vidro-aramado.php
http://www.vidroshowaguasclaras.com.br/vidro-aramado.php#ixzz2jAJ1Ds00
http://www.saint-gobain-glass.com.br/coberturas.asp

Livros:

PETRUCCI, Materiais de Construção

Obs.: Contato com Art Vidros & Box e com IDEAL ALUMINIOS
Umas das aplicações, o vidro SGG ARAMADO, citado é a compartimentação de ambientes, graças a sua RE 60.
Situação atual no mercado e visão de futuro
Segundo contato com empresas especializadas em vidros, o aramado possui uma grande vantagem em relação ao custo benefícios do produto, tendo em comparação o vidro laminado. Contudo, em relação a vidros de segurança, a procura por vidros aramados é baixa no mercado, atendendo majoritariamente clientes com projetos empresariais, como estufas e solicitação pelo corpo de bombeiros.
Tendo em vista o mercado de Campinas, onde foi realizado o contato, a tendência é que o vidro aramado continue estável nas vendas.
Full transcript