Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

aula ti 02

some concepts of mediakeepers
by

Jorge Rocha

on 20 September 2011

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of aula ti 02

mediação e mediadores no capítulo anterior:
ecossistemas de mídias emergentes
relação entre agentes participativos
a) entre sujeitos
b) entre sujeitos e mídias digitais
c) produção entre mídias Comunicação interpessoal
estimular a audiência a construir reputação em comunidades virtuais
criar conexões com outros interagentes,
criar conteúdo em um meio colaborativo. no capítulo de hoje: mediadores Conceito clássico de mediador, vindo dos meios de comunicação de massa: gatekeeper
“Aprimoramento”conceitual: gatewatcher
Esfera pública relacional: cartógrafo da informação Gatewatcher:
coleta ou seleção de informação?
combina as funções de um repórter com as de um bibliotecário informacional. Gatewatcher:
além de entrevistar e checar fontes, analisar dados, produzir conteúdos, também é o responsável por organizar informação, inclusive a desenvolvida pela audiência em sistemas digitais. Mediação: “persuadir, prescrever e reforçar; de guiar a reflexão e reflexividade; de focar e informar; de contar e articular memórias; de apresentar, revelar, explicar; de dar acesso e participação; de ouvir, falar e ser ouvido” Cardoso (2007). O caso
UOL - TAM esfera pública relacional:
“espaços de formação de opinião que se processam pela troca de argumentos mediados pela comunicação em rede ou comunicação mediada por computador” (BRITTES, 2004) Cronograma:
11h05: foto enviada por um internauta que assinava Junior Ferrarye
11h19: UOL publicou foto
12h20: destaque na home
12h48: Primeiro comentário de um internauta sobre fotomontagem
???: Consulta à Gerência de Interface
13:45: foto foi retirada e aviso sobre erro foi colocado Análise:
como atuou o gatewatcher nessa cobertura colaborativa? cartografia da informação:
“A partir do momento em que os leitores se tornam os seus próprios contadores de histórias, o papel de gatekeeper passa, em grande parte, do jornalista para eles. (...) Mas os jornalistas adicionaram a função de cartógrafo ao seu papel e, na biblioteca universal que é a Internet, também se tornarão autenticadores e desenhadores para aqueles que seguem os mapas que eles desenham” (HALL, 2001 apud Aroso, 2005). Mediador: “capaz de trabalhar em conjunto com a audiência, no sentido de produzir, enquadrar e tornar pública uma estratégia de comunicação não mais atrelada aos processos massivos” (ROCHA, 2006, 2007). além de ocupar-se das funções atribuídas ao gatewatcher, deve interagir com demais agentes participativos que compõem determinadas comunidades em ambientes digitais. Mediação webjornalística “como um processo de organização de significados em uma rede interrelacional comunicativa” “As ações do mediador apropriadas a este meio incluiriam a criação de facilidades e espaços para que os indivíduos possam se expressar e se reunir. Incluiriam ainda a capacidade de conter múltiplas informações e distribuí-las rapidamente segundo cada indivíduo” (VAZ, pág. 56)
Full transcript