Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Pedro Nava e a Construção do Texto

No description
by

Marcos Morelli

on 14 June 2013

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Pedro Nava e a Construção do Texto

Pedro Nava e a Construção do Texto
Cecília Contani Baraldo
Marcos Morelli

Pedro Nava, ao inserir as respostas de seus companheiros do Grupo do Estrela em um diagrama, organizou uma SEMIOSE DO POSSÍVEL.

Maneira de recuperar dados para evitar incoerências.

A SEMIOSE DO POSSÍVEL preenche uma lacuna de raciocínio de modo diagramático.

"Num diagrama [...] o significante apresenta como significado uma analogia icônica no que concerne às relações entre suas partes."
Diagrama da convivência do Grupo Estrela
(1915 - 1930)
A solução oferecida pelo diagrama está no fato de que este acaba por construir-se numa analogia icônica acompanhada de uma definição de traços relacionais.
Diagrama de Nava
Todos são criadores
Criatividade é a combinação daquilo que se conhece com elementos originados de outras áreas de experiência.

Provisionamento: qualquer ação de registro praticada pelo autor a fim de contribuir com o texto.

No provisionamento de registros, o universo das coisas antecede ao universo da linguagem e esta resultará de multiplas transformações.

O método do provisionamento consiste em armazenar da maneira mais prática e imadiata possível qualquer elemento que será utilizado na composição do texto.

Os ajustes que ocorrerão no texto serão apoiados pelo provisionamento e não necessariamente por puros procedimentos sintáticos isolados.
Pedro Nava: um médico memorialista?
Toda obra é a representação e fruto do reencontro de um momento da vida cotidiana do criador, qualquer que seja seu objeto.

Nava era capaz de ver conexão onde existe a conexão, era capaz de olhar para si próprio.

O ato de criação é um processo contínuo de revelação de si e de novas realidades.
Tarefa de um escritor: vencer-se
É necessário aprender (apropriar-se) do que será escrito.

"Essa aprendizagem de nossa ignorância é positiva já que nos tornamos conscientes da ignorância de que éramos inconscientes." Morin (2000:76)

A tarefa do artista consiste na elaboração de ansiedades. Essa ansiedades devem ser controladas, pois promovem o bloqueio e configuram a resistência à mudança.
A semiótica permeia o trabalho
Os elementos bissociativos, como as memórias registradas de Nava, unem-se com as palavras e com sua articulação textual, formando um texto.

As palavras, neste caso, surgem apoiadas em imagens que, conectadas, permitem que o movimento do pensamento, ao progredir, seja revestido de formas de expressão.

A frase não alcança de imediato a extensão de uma ideia ou efeito que se deseja produzir, se operações com outros códigos não lhe derem sustentação.
As interfaces de Nava
A interface de Nava com as artes plásticas
"Pode-se sentir, aqui, a mão do desenhista apoiando a mão do escritor [...]."
A interface de Nava como memorialista
Em tempo de Nava
O processo criativo na literatura
Full transcript