Loading presentation...

Present Remotely

Send the link below via email or IM

Copy

Present to your audience

Start remote presentation

  • Invited audience members will follow you as you navigate and present
  • People invited to a presentation do not need a Prezi account
  • This link expires 10 minutes after you close the presentation
  • A maximum of 30 users can follow your presentation
  • Learn more about this feature in our knowledge base article

Do you really want to delete this prezi?

Neither you, nor the coeditors you shared it with will be able to recover it again.

DeleteCancel

Make your likes visible on Facebook?

Connect your Facebook account to Prezi and let your likes appear on your timeline.
You can change this under Settings & Account at any time.

No, thanks

Nota Fiscal Eletrônica(NFe)

Os requisitos necessários e o processo envolvido para emitir uma Nota Fiscal Eletrônica(NFe).
by

Anderson Nascimento

on 24 October 2014

Comments (0)

Please log in to add your comment.

Report abuse

Transcript of Nota Fiscal Eletrônica(NFe)

Nota Fiscal
Eletrônica

Diante desse
paradigma, tais pontos
são importantes.
Obrigado por sua atenção!
Forma pela qual se emite uma NFe quando não há conexão com os WebServices da SEFAZ.
Contingência
Anderson Elias
anderson.elias.nascimento@gmail.com
Fluxo do processo
Outras atividades
O Futuro da NFe ou NFe 3.1
O que é NFe?
Documento de existencia apenas digital.
Objetiva documentar operações de circulação de mercadorias ou uma prestação de serviços.
Os contribuintes se responsabilizam por enviar suas informações fiscais para os servidores on-line.
Os responsáveis pela coleta das NFes são os servidores estaduais representados pelas Sefaz (Governo).
O que é NFe?
Há necessidade de obter autorização para esta prática.

(AIDFe - Autorização de Impressão de
Documetos Fiscais Eletrônicos).

Processo que envolve o uso de tecnologias.
Tais como:
XML - eXtensible Markup Language
SOAP - Simple Object Access Protocol
Certificados Digitais
Exemplo de XML
Exemplo do SOAP
SOAP é um protocolo para acessar um Web Service.
Certificado Digital
Tecnologia que provê mecanismos de segurança capazes de garantir autenticidade, confidencialidade e integridade às informações
eletrônicas.
Certificado Digital
Autoridades Certificadoras

Serasa, Caixa Economica Federal,
Serpro, etc...
Certificado Digital
Tipos de Certificados e-CNPJ para NFe

A1 - Válido por 1 ano (Multi-usuário)
Formato de arquivo.

A3 - Válido por 3 anos (Mono-usuário)
Cartão que necessita de um token.
Fluxo do processo
Emissor gera o XML e coloca no lote.
Verifica status do serviço.
Consulta se o destinatário está OK.
Envia lote para o servidor e aguarda o recibo.
Aguarda processamento do lote na Sefaz.
Realiza consulta do lote.
Fluxo do processo
Caso o lote não seja aprovado, verificar e corrigir erros dos dados.
Sendo aprovado, é obtido número de protocolo de retorno.
Cria o XML Destinatário.
Imprimir o DANFE
Envia XML ao destinatário por email.
Serviços disponíveis nos WebServices
Recepção da NFe
Cancelamento da NFe
Inutilização de numeração de NFe
Consulta atual da NFe
Consulta do status do serviço
Consulta de Cadastro
DANFE
Documento Auxilar da
Nota Fiscal Eletrônica
Contém a chave numérica de 44 posições.
Acompanha a mercadoria em trânsito (emitente, destinatário, valores, etc.)
Auxilia na escrituração das operações.
Colhe a firma (assinatura) do destinatário para comprovar a entrega.
FS
FS-DA
DPEC
SCAN
O Formulário de Segurança é usado quando há problema de conexão à internet do contribuinte, ou indisponibilidade da Sefaz.
Alternativa mais simples.
Somente é emitido o DANFE de posse do formulário de segurança.
Após o problema ter sido resolvido, o contribuinte envia a NFe à Sefaz.
Contingência
FS
Similar ao modelo do FS, o Formulário de Segurança de Documento Auxiliar foi concebido para aumentar as atividades dos pontos de vendas do Formulário de Segurança.
Estes Formulários são adquiridos através das gráficas homologadas pela Receita Federal do Brasil.
Contingência
FS-DA
Declaração Prévia de Emissão em Contigência é o registro prévio do resumo da NFe emitida.
Permite a impressão do DANFE em papel comum.
Sua validade está condicionada à posterior transmissão da NFe para a Sefaz, que pode aprovar ou não.
Contingência
DPEC
O Sistema de Contingência em Ambiente Nacional é liberado pela Sefaz de origem onde informa o período que estará disponível.
O DANFE é impresso em papel comum.
Não é necessário transmitir para Sefaz de origem.
Séries específicas (900-999).
Contingência
SCAN
Contingência
Cancelamento de uma NFe

Inutilização de um Número

Carta de Correção Eletrônica(CCe)

Conhecimento de Transporte Eletrônico(CTe)
Cancelamento
O prazo para cancelar uma NFe é de 24 horas após a emissão da mesma.
Só pode acontecer se o produto e ou mercadoria ainda estiverem no estabelecimento.
Uma vez cancelada não tem valor fiscal, porém continua sendo escriturada.
Inutilização
O número a ser inutilizado, deve ser seguido de sua série.
Ao ser inutilizado, o número não pode ser reutilizado.
Há um registro que pode ser consultado na Sefaz de origem de todos os números inutilizados.
Carta de Correção Eletrônica
Pode ser emitida para "corrigir" alguns erros de preenchimento da NFe.
É vedada a correção dos dados que determinam o imposto.
Base de cálculo e alíquota ICMS, preço, quantidade, valor da operação ou prestação, data de emissão ou saída, entre outros.
O prazo máximo para emitir uma CCe é de 30 dias apartir da emissão da NFe.
Conhecimento de Transporte Eletrônico
Agrupa todas as NFe em um único documeto DACTE.
Redução de tempo de parada nos postos fiscais de fronteiras.
Melhoria nos processos de fiscalizações.
Amplia a transparência das transações.
Abrangerá todos os contribuintes que já estão emitindo o documento eletronicamente e também àqueles que passarão a fazê-lo de agora em diante.
Registrar todos os eventos ocorridos durante todo o ciclo de vida do documento fiscal.
Os eventos podem ser iniciado pelo emitente, destinatário, fisco ou outros envolvidos neste processo e terá um número de protocolo.
Alguns Eventos Previstos
Confirmação do Recebimento
Registro de Saídas
Registro de Passagem
Saída para Exportação
Destino Final Importação de Mercadoria
Desconhecimento da Operação
Devolução da Mercadoria
Visto da NFe
Registro de Veículos
Roubo de Carga
e Outros...
Capacitação técnica dos colaboradores.

Tecnologia como meio de entrega do serviço.
Armazenamento, segurança, continuidade do negócio.
Mudança do perfil dentro da empresa.
Gestão da Informação.
Gestão de Riscos.
E mais mudanças virão.
É de responsabilidade do emitente, enviar o XML ao destinatário no ato da emissão da NFe.

O Emitente tem de guardar todos os XMLs em um prazo de 5 anos.
Versão 3.1
Futuro...
Outras mudanças do Código de Barras para o QRCode.
Apresentação:
Anderson Elias
Graduado em Sistemas de Informação (FMN)
MBA em Gestão de TI e Comunicaçãos (FMN)
Mestre em Ciências da Computação (UFPE)
Coordenador de EAD pela Sec. de Educação de PE
Gestor de TIC na Moinho Petinho Ind. e Com. Ltda.
anderson.elias.nascimento@gmail.com
Full transcript